Personagens | Ada Wong

Ano de nascimento: 1974 (24 anos em 1998)
Tipo sanguíneo: AB
Altura: Desconhecida.
Peso: Desconhecido.

Aparições em títulos da série:

Biohazard / Resident Evil 2 (1998)
Biohazard / Resident Evil 4 (2005)
Biohazard / Resident Evil: The Umbrella Chronicles (2007)
Biohazard / Resident Evil: The Darkside Chronicles (2009)
Biohazard / Resident Evil: Operation Raccoon City (2012)
Biohazard / Resident Evil: Damnation (2012) – Filme em CG
Biohazard / Resident Evil 6 (2012)


Biografia e Participação na Série:

A história de Ada Wong na série vem desde o jogo de estréia, mas a única referência que temos a ela é o seu nome. Conhecíamos, então, uma certa “ADA”, namorada de um dos pesquisadores do Complexo de Pesquisas Arklay, nos subsolos da Mansão Spencer. John deixa uma carta para sua namorada Ada, informando-lhe que está contaminado com o T-Virus e pedindo para que ela cumpra alguns favores a ele, caso chegasse a ler a carta. A verdade é que ela é uma espiã, que se aproximou de John unicamente para obter informações sobre a Umbrella e suas pesquisas, e se aproveita desta fachada para eventualmente se infiltrar nos laboratórios da companhia, seja pessoalmente ou por intermédio de informações que conseguia arrancar do ingênuo John.

Dois meses após o Incidente na Mansão, em Julho de 1998, Ada se aproveita de sua fachada como namorada do pesquisador da Umbrella para cumprir uma nova missão: sob ordens de Albert Wesker, que forjara a própria morte para trair a Umbrella e se vender para uma nova organização, ela deveria se infiltrar em Raccoon, chegar ao laboratório subterrâneo da Umbrella e obter uma amostra do G-Virus, sendo pesquisado no local pelo brilhante cientista William Birkin. Em meio à sua missão, ela conhece Leon S. Kennedy, policial novato na época dos acontecimentos em Raccoon. Ada percebe que pode utilizar Leon ao seu favor, já que a cidade está em verdadeiro caos e tomada por mortos vivos e outras criaturas, e logo consegue tirar vantagem da presença de Leon para chegar ao jornalista Ben Bertolucci, para tentar extrair informações da localização do laboratório e de como chegar até lá. Passando pelos esgotos, o caminho que eventualmente a faria chegar ao laboratório subterrâneo, ela é alvejada por Annette Birkin, a esposa de William. Para proteger Ada, Leon se joga sobre ela e acaba levando um tiro em seu lugar. Em uma discussão com Annette, ela descobre que John contraiu o T-Virus e morreu. Annette ameaça atirar em Ada depois de ver o pingente de sua filha Sherry em seu pescoço, que havia deixado o pingente cair enquanto fugia pela delegacia, mas Ada só percebe a importância do pingente ao abri-lo, e então compreende o motivo da fúria de Annette: ali dentro, havia uma amostra do G-Virus. O que Ada não poderia imaginar é que ela se aproximaria tanto de Leon que acabaria se envolvendo além da busca pela sobrevivência e da conclusão de sua missão, e os dois acabam se apaixonando. Mesmo lutando contra seus sentimentos e fatalmente ferida depois de um ataque da criatura em que Birkin se transformou ao se injetar com o G-Virus, ela se sacrifica para salvar Leon quando ele é encurralado por um dos Tyrants T-103 lançados na cidade pela Umbrella. Gravemente ferida por um ataque do Tyrant, ela desfalece nos braços de Leon.

A história de Ada não termina aí: apesar de seus ferimentos extremamente graves, ela não estava morta, ao contrário do que pensou Leon quando a deixou no laboratório. Ada se aproveitou de sua falsa morte para completar sua missão, mas antes, mesmo com o aviso constante de autodetonação do complexo, ela ainda arruma tempo para ajudar Leon em sua batalha contra o Super Tyrant em que o T-103 se transformou, jogando para ele um lança-foguetes que encontrara no local.

Antes que o laboratório vá pelos ares, ela segue novamente pelos esgotos de Raccoon, em direção a um hotel chamado Apple Inn, onde se encontraria com seu contato depois de adquirir a amostra do G-Virus. Infelizmente, seu contato já estava morto quando ela chegou ao ponto de encontro, e em uma conversa com Wesker pelo computador, Ada é informada de que, apesar dos problemas que ela causara ao se envolver com o policial Leon, sua sobrevivência era importantíssima para a organização. Wesker, então, a presenteia com uma arma de gancho, que ela poderia usar para chegar a locais mais altos com facilidade e rapidez, e a informa da existência de um último helicóptero deixando a cidade em alguns minutos. Era a última chance de Ada deixar a cidade, antes que um míssil autorizado pelo governo varresse Raccoon definitivamente do mapa. Por fim, a espiã cumpre sua missão com sucesso, entregando a amostra do G-Virus para a organização de Wesker.

Seis anos após os eventos em Raccoon, em 2004, ela volta a ser contratada por Wesker, desta vez para se infiltrar em uma vila rural na Espanha e obter a amostra do parasita conhecido como Las Plagas, em posse de Osmund Saddler, líder de um culto local conhecido como Los Illuminados. Lá na vila, ela encontraria o seu contato, um pesquisador chamado Luis Sera, que vinha trabalhando para os Los Illuminados na pesquisa das Plagas. Assustado com as reais intenções do culto e com o poder dos parasitas, ele tentou pedir ajudar a um velho amigo, mas o e-mail foi interceptado por Ada. Por ironia do destino, Leon também estava no local, em busca da filha do presidente americano, que havia sido raptada pela seita. Ao chegar, a vila está em verdadeiro caos com a presença de Leon, e para ganhar tempo em sua missão, ela toca o sino da igreja dos Los Illuminados, fazendo com que os aldeões sigam para o local e, consequentemente, deixem a área livre para que ela cumpra seu trabalho. De certa forma, o fato de ter tocado o sino da igreja também ajudou a salvar Leon do apuro em que se encontrava, cercado por tantos Ganados, aldeões infectados pelo parasita. Apesar de estarem em lados opostos, Ada ainda mantinha sentimentos por ele.

Com os aldeões fora do caminho, ela precisava encontrar Luis, mas infelizmente Leon o encontrou antes e os dois foram aprisionados pelo chefe da vila, Bitores Mendez. Para complicar ainda mais as coisas, Leon também fora injetado com o parasita, e os sinais da infecção iam surgindo progressivamente depois do ovo de Plaga eclodir dentro de seu corpo. Algum tempo depois, Luis é morto por Saddler quando estava prestes a levar a amostra para Ada, e a espiã finalmente se revela a Leon. Ela precisava de um Plano B para chegar à amostra e concluir sua missão.

Além de Ada, Wesker também contava com a presença do ex-soldado do Comando de Operações Especiais do governo americano e ex-parceiro de Leon, Jack Krauser, na busca pela amostra. Krauser conseguira ganhar a confiança de Saddler ao cumprir a tarefa de sequestrar a filha do presidente americano, Ashley Graham, e levá-la para a vila. Quando Krauser recebe de Wesker a ordem de eliminar Leon, Ada percebe que está na hora de partir indiretamente para o lado do agente americano e ajudá-lo a tirar o parasita do corpo e fugir de lá com Ashley. Depois de Leon enfrentar Krauser, tomado pelo poder de uma Plaga Controle, é a vez de Ada acabar definitivamente com ele. Com Krauser fora do caminho, e posteriormente com Leon e Ashley livres do controle da Plaga, após terem conseguido destruir as Plagas dentro de seus corpos, a única coisa que faltava mesmo era obter a amostra.

Durante um confronto entre Leon e Saddler no resgate de Ashley, Ada consegue salvá-los, mas é capturada por Saddler. Ela é salva por Leon, que se envolve em uma última batalha com o líder do culto, agora totalmente tomado pela Plaga Controle e transformado em uma imensa criatura. Com o local prestes a ser destruído, cabe a Ada ajudar Leon a dar um fim em Saddler e fugir a tempo. Ela encontra um lança-foguetes e, assim como fez no dia em que conheceu Leon em Raccoon, jogou para ele a arma. Assim, eles finalmente matam Saddler. O agente se aproxima da amostra da Plaga Controle que estava em posse do sacerdote, mas Ada imediatamente rouba a cápsula dele, partindo em um helicóptero, mas não sem antes garantir a fuga de Leon e Ashley e lhe jogar a chave de um jet-ski. A missão estava concluída, mas Ada tinha outros planos. A Plaga Controle que obtivera de Saddler e que deveria ser entregue a Wesker iria para outra organização para a qual trabalha, enquanto que Wesker receberia um presente diferente: uma mera amostra de Plaga Subordinada.

Em 2006, o traficante de armas biológicas e diretor da refinaria de petróleo da Tricell na África, Ricardo Irving, obteve informações de um homem chamado Patrick sobre o paradeiro do último fundador vivo da Umbrella, Ozwell E. Spencer. A intenção de Patrick, mordomo de Spencer, era fazer com que a informação chegasse até Ada, que ele sabia que tinha contato com Albert Wesker. Ela repassa a informação obtida de Irving, e Wesker segue até o local onde Spencer atualmente se encontra. Após a morte de Wesker em 2009, durante operação da BSAA na África, Ada admite sentir um vazio com o fim do vilão.

Em Fevereiro de 2011, Ada se envolve em uma guerra civil na República Eslava Oriental, passando-se por agente da BSAA para chegar perto da governante, Svetlana Belikova, e conseguir uma amostra avançada do parasita Las Plagas. Centenas de Plagas eram mantidas secretamente no palácio do governo, e vendidas aos rebeldes para que Belikova pudesse atingir seus planos de fazer com que sua nação ganhasse uma posição na ONU. Passando-se por membro da BSAA, Ada fornece informações a Svetlana sobre as armas biológicas usadas na guerra, mas sua identidade é eventualmente descoberta e ela é presa. Esta captura, porém, ajuda Ada a se infiltrar nos níveis subterrâneos do palácio, onde descobre o local de “cultivo” das Plagas. Posteriormente, ela se encontra com Leon, que havia tido suas férias interrompidas e fora mandado à República Eslava Oriental para ajudar a conter a guerra civil, mas tem sua missão vetada depois que o parlamento exige que todos os americanos deixem a região imediatamente. Leon se nega a partir, e, por fim, acaba se unindo temporariamente a Ada contra Svetlana e seu exército. Mais uma vez, a espiã tem sucesso em obter a amostra das Plagas, mas a pessoa quem a contratou e o destino do parasita são desconhecidos.

Em 27 de Junho de 2013, Ada é contatada por um antigo conhecido para quem trabalhava, Derek C. Simmons, Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos. A relação profissional entre Ada e Derek terminou assim que ela descobrira que Simmons havia sido um dos responsáveis pela operação de destruição da cidade de Raccoon, em 1998. Derek ordena que Ada se infiltre em um submarino, onde encontrará mais informações para a razão do contato. Ela logo descobre que o sistema de segurança do submarino reconhece sua voz e suas digitais, e encontra instruções de uma missão dada seis meses antes, mas que ela nunca recebera.

Ada logo descobre que seu contato não é Derek, e sim uma impostora chamada Carla Radames, que assumira sua forma através de um novo tipo de vírus, o C-Virus, criado pela própria Carla anos atrás. Depois do rompimento com Ada, Derek enlouquece e fica obstinado em criar uma “nova Ada”, utilizando centenas de cobaias até descobrir que Carla, uma brilhante pesquisadora, era a candidata genética perfeita para seu experimento. Utilizando o C-Virus e os genes da espiã, ele enganou Carla e fez com que ela renascesse como Ada, sendo posteriormente treinada a exaustão para acreditar que era a verdadeira. O que Derek não previra, no entanto, era que Carla ainda mantinha um resquício de si mesma no fundo de sua mente, e este resquício foi suficiente para despertar nela um grande desejo de vingança contra ele. Assim, Carla criou a Neo-Umbrella, uma organização terrorista, que utilizava o C-Virus e com ele pretendia causar um imenso caos no mundo, destruindo o “equilíbrio global” tão ansiado por Derek e a obscura e antiga sociedade secreta da qual ele era o líder, a Família. As ordens de missão encontradas por Ada no submarino haviam sido dadas à falsa Ada, para que encontrasse Jake Muller, filho de Albert Wesker, na República da Edônia, no Leste Europeu, em 24 de Dezembro de 2012.

Carla utilizaria a Ada Wong original como seu bode expiatório, fazendo com que ela fosse considerada culpada pelos ataques. Imediatamente depois de saber da existência de sua sósia, Ada contata Derek, e segue para a China, onde a Neo-Umbrella utilizou o C-Virus para causar um imenso ataque terrorista na cidade de Lanshiang. Mas a desordem mundial não era o único desejo sombrio de Carla: ela precisava do sangue de Jake para fortalecer o C-Virus e utilizá-lo em Derek. Um dos subordinados da Neo-Umbrella consegue injetar a forma aprimorada do vírus em Simmons, que pouco depois começa a sofrer mutações, enquanto Carla acaba sendo encontrada e morta por membros da Família. No entanto, pouco antes de sua morte, ela se injeta com o C-Virus aprimorado e sofre uma nova mutação instantes depois, transformando-se em uma imensa criatura, mas sendo destruída definitivamente pela verdadeira Ada, na noite de 30 de Junho. A morte de Carla, contudo, não significa o fim da Neo-Umbrella, e Ada segue em direção à descoberta de todos os detalhes por trás do caso. Ao longo de sua jornada, ela se encontra com Leon e sua parceira, Helena Harper, e acaba se unindo a eles contra as mutações desenfreadas de Derek. Antes de partir para seu destino final, ela deixa um helicóptero preparado para Leon e Helena, além de dados que incriminam Simmons oficialmente no ataque à cidade americana de Tall Oaks. Chegando finalmente à sede da Neo-Umbrella, na Quad Tower, em Tatchi, ela destrói o local e uma última crisálida prestes a eclodir, acabando de uma vez por todas com o legado de Carla e colocando um ponto final à sua história com Derek Simmons.