Personagens | Alex Wesker

Ano de nascimento: 1960
Tipo sanguíneo: Desconhecido.
Altura: 1,77m
Peso: 54kg

Aparições (Menções) em títulos da série:

Biohazard / Resident Evil 5 (2009)
Biohazard / Resident Evil Revelations 2 (2015)


Biografia e Participação na Série:

Alex Wesker nasceu de forma natural e provavelmente cresceu como uma criança normal, mas a sua existência é marcada por ter sido uma das treze escolhidas para um projeto confidencial idealizado pelo fundador da Umbrella, Ozwell E. Spencer, cuja utopia era a de criar um mundo habitado por uma raça superior de seres humanos, doutrinados sob suas ideologias, onde ele governaria como um Deus. Além disto, todos os escolhidos para o experimento, chamado de Projeto W, seriam eventualmente expostos ao vírus Progenitor.

O que Spencer não previra, porém, era que nem todas as cobaias se adaptariam ao vírus: a maioria morreu, e somente dois indivíduos sobreviveram: Albert Wesker, que inicialmente ingressou na Umbrella como trainee de pesquisador, mas posteriormente forjou sua morte e traiu a companhia para trabalhar em seus próprios planos escusos, e Alex, a quem Ozwell acolheu como uma protegida e até a nomeou como pesquisadora-chefe da Umbrella, a cargo justamente do Projeto W.

Após a falsa morte de Albert e a descoberta de sua traição, Alex se tornou o seu único trunfo para que o seu sonho um dia se tornasse realidade. Com o avanço da idade e sua saúde se deteriorando, porém, Spencer via o seu projeto de vida a cada dia mais longe de acontecer, mas tendo a última criança Wesker ao seu lado, ele achou que poderia contar com ela para tentar rever a situação: com seus recursos financeiros praticamente ilimitados, ele patrocinou uma pesquisa em busca da imortalidade. Para isto, Alex se mudou para uma remota ilha de raízes soviéticas, onde conseguiu convencer a população a trabalhar para ela. O que eles não sabiam era que seriam as cobaias do projeto.

Diferentemente de Albert, Alex, ao se injetar com o vírus Progenitor, como processo importante do Projeto W, não adquiriu poderes especiais. Com o passar do tempo, aliás, ela ficou gravemente doente, e sua condição só piorava, e logo compreendeu que os seus dias estavam contados. Decidiu então que, em vez de agir em prol de Spencer, que já estava velho e condenado à morte, ela deveria aproveitar a saúde que ainda tinha para trabalhar em benefício próprio. Com isto, ela cortou a comunicação com Spencer e “desapareceu”, levando o projeto consigo.

Em 2006, Spencer acabou sendo assassinado por Albert, em seu próprio castelo na Europa. Spencer manteve a existência de Alex em segredo, afirmando a Albert que a única criança Wesker sobrevivente do projeto era ele. Três anos depois, em 2009, ao saber da morte de Albert pelas mãos dos agentes da BSAA, Chris Redfield e Sheva Alomar, Alex tratou de providenciar que uma amostra do vírus criado por ele, o Uroboros, fosse enviada a ela. Alex continuou trabalhando em seu projeto, criando um vírus que agia conforme o medo do hospedeiro: somente aqueles que pudessem ter controle sobre o medo poderiam sobreviver. E era exatamente de uma pessoa assim que Alex precisava para que seus planos dessem certo.

Em 2011, ela decidiu iniciar os testes finais para seu vírus, chamado de T-Phobos. Com este teste, ela planejava encontrar o hospedeiro perfeito que pudesse se adaptar perfeitamente ao vírus, ou seja, alguém que dominasse e superasse o sentimento de medo dentro de si. Um de seus cúmplices era Neil Fisher, um dos superiores atualmente a cargo da Terra Save e antigo discípulo da ideologia de Morgan Lansdale, ex-líder da organização FBC, e cúmplice no “Pânico em Terragrigia” em 2004, junto com o grupo radical terrorista Il Veltro. Lansdale havia sido preso em 2005, e a FBC desmantelada. Neil havia ficado a cargo de encontrar as cobaias perfeitas para o teste de Alex, e selecionou membros da própria ONG para serem abduzidos durante um coquetel e levados secretamente à ilha onde Alex estava.

Entre as cobaias selecionadas por Neil estavam os membros da Terra Save Claire Redfield, Moira Burton, Gina Foley, Edward Thompson, Pedro Fernandez, Gabriel “Gabe” Chavez; e a garotinha Natalia Korda, que ele mesmo salvara durante o incidente em Terragrigia. Para não causar suspeitas, ele se “incluiu” na lista e foi para a ilha. Todas as cobaias usariam um bracelete que monitoraria a ação do T-Phobos injetado em seus organismos. Neil acreditava que Natalia era uma garota especial, por ter presenciado a tragédia de Terragrigia e a morte de seus pais e ainda ter descrito a explosão da aquápolis como “bela”, sem falar na facilidade com a qual a garota se adaptou à sua nova vida em um dos complexos da Terra Save, onde passou a morar após seu resgate. Para Neil, Natalia havia dominado o sentimento do medo dentro de si, e poderia ser o organismo perfeito que Alex procurava.

O objetivo de Alex era encontrar a pessoa perfeita para receber a sua “essência”: Alex sabia que sua saúde se esvaía dia após dia, e planejava transferir a sua mente, suas memórias e sua personalidade para um novo corpo. Não demorou muito para ela ter certeza de que Natalia era realmente a escolhida, quando a menina logo se adaptou ao T-Phobos sem sofrer mutação. Ela, então, também já infectada com o T-Phobos, pediu a Neil que trouxesse a garota até ela, dopando-a e a colocando em uma cápsula, onde ficaria em uma espécie de sono criogênico durante seis meses. Neste período, sua influência seria inserida em Natalia, para que ela despertasse como uma nova Alex, que daria continuidade à sua existência. Pouco depois, seu laboratório é invadido por Claire e Moira, e só o que a separa das jovens é um vidro blindado. Após um confuso diálogo, Alex atira na própria cabeça, enquanto a torre entra em autodestruição e a dupla foge.

Alex acreditava que havia dominado o medo dentro de si, mas sentiu medo ao puxar o gatilho, e o T-Phobos em seu organismo agiu, causando uma horrenda mutação. Quando despertou, seu corpo estava se deteriorando e ela estava se tornando um abominável monstro. Para seu desespero ainda maior, ela acreditava que Natalia não havia absorvido suas memórias e, portanto, devia ser eliminada. Durante seis meses, a aparência de Alex foi ficando cada vez mais bizarra: seus cabelos caíram, restando alguns poucos tufos em sua cabeça, sua coluna estava corcunda e ela agora necessitava de um respirador artificial.

Seis meses após a sua “morte” na torre, ela confronta Barry Burton, o pai de Moira, e Natalia, enquanto os dois observavam uma pintura dela ao lado de seu irmão Albert. Ela tenta matá-los, mas eles fogem. Algum tempo depois, ela conhece reencontrar os dois, lançando Barry para longe e agarrando Natalia, para matá-la com suas próprias mãos. O inesperado, porém, acontece, e Alex descobre, ao olhar dentro dos olhos de Natalia, que seu experimento na menina deu certo. Assustada, ela foge, mas fica ainda mais convicta de que Natalia deve morrer, por rejeitar as memórias implantadas nela. Ela atrai Barry e a garota para sua mansão no subsolo de uma área de mineração sob a ilha, enquanto envia a Natalia mensagens de ameaças através do bracelete.

Quando a dupla finalmente chega ao seu laboratório, ela se injeta com o Uroboros, o mesmo vírus que Albert Wesker utilizou para tentar confrontar Chris e Sheva, pouco antes de morrer. Alex já estava no limite de sua condição física e psicológica, e o Uroboros era o seu último trunfo. Durante o confronto contra Barry, ela cai e ele e Natalia se aproximam; ela aproveita este momento para jogar Barry para longe e agarrar Natalia e finalmente matá-la, mas disparos vindos do alto, provocados por Moira, a impedem. Os três fogem e Alex segue em seu encalço, encurralando-os em um precipício. Claire surge em um helicóptero, armada com um rifle, disparando contra Alex. Natalia e Moira embarcam na aeronave, enquanto Barry fica em solo para finalizar Alex, com a ajuda de Claire do helicóptero. Após perseguir Barry em vão pelas minas, ele e Claire finalmente colocam um fim em sua vida de uma vez por todas.

Natalia é adotada pela família Burton e passa a viver com eles. Dois anos se passam, e a família não desconfia que, dentro daquela menina inocente, está a essência diabólica de Alex Wesker, despertando mais e mais a cada dia.