Livro Traduzido | Biohazard 4 Incubate (DVD Book)

Confira a tradução na íntegra do livro Biohazard 4 Incubate DVD-Book, uma espécie de prequel de Resident Evil 4, que conta um pouco de como aconteceu a infecção no Pueblo com o parasita Las Plagas, por obra do culto Los Illuminados.

Veja também: Biohazard 4 Incubate (filme completo)


Encubar:
Fertilizar um ovo (óvulo)
Para eclodir, multiplicar-se, crescer;
(Projeto) Incorporação gradual;
(Doença) Encubação.

Pensamentos malignos caem como gotas em um rio cristalino.
Eles silenciosamente formam ondulações na água e pouco depois o rio estará manchado como se fosse por lodo. O coração puro se perde, manipulado e preso por correntes como por uma maldição.

Há uma vila, guiada por ensinamentos malignos, uma vila de tristeza. Não há flores na estrada, nem vozes alegres, nem traço de calor de vida é encontrado em lugar algum. A única pista a respeito de quem eram os aldeões que costumavam viver aqui está em rascunhos e bilhetes espalhados e deixados para trás.

Nesta vila,

As pessoas estimavam os mais velhos, seus vizinhos e os rostos sorridentes de suas crianças. É uma vida simples e alegre, onde as pessoas trabalham duro para manter os velhos costumes e tradições. Uma vida pacífica. Durante esta época adorável, eu nasci, e voltei à terra. Eu amo esta vila.

Eu queria que ela tivesse continuado assim para sempre. Às vezes eu paro para pegar emprestados os escritos dos aldeões, e leio as coisas a respeito desta vila maravilhosa, para passar para as crianças ainda não nascidas das próximas gerações.
Tanto os homens quanto as mulheres trabalhavam duro na vila.
Quando chegava a época de plantio, a vila inteira ficava ocupada com os preparativos.
No refrescante sol matinal, o sino tocaria, e as pessoas viriam das fazendas. Gotas de suor brilhavam ao sol nas testas dos homens que cultivavam o solo. As mulheres cantavam e conversavam umas com as outras, mas elas também estavam ocupadas ajudando no plantio. Ao meio-dia, todos se sentavam e descansavam, e comiam o almoço que estava preparado para eles. O pão assado fresquinho preparado pelas esposas dos homens os ajudava a se recuperarem de sua fadiga. E então, era hora de voltar ao trabalho.

Para os aldeões, trabalhar no campo era como criar crianças.
Com o amor dos aldeões, e a bênção da natureza, eles teriam uma boa colheita em breve.
Para mim era assim também. Até as crianças começavam a ajudar cuidando das vacas e galinhas desde cedo. Como eram apenas crianças, era um trabalho duro transportar os baldes cheios de leite que os homens tiravam das vacas. Os laços sanguíneos na vila eram fortes, podia-se dizer que a vila era como uma grande família. Era uma ligação forte, que fazia com que todos na vila ajudassem uns aos outros. Todos os garotos da vila sabiam que quando crescessem, ajudariam a vila a prosperar com o melhor de seus talentos.

Meu pai era um homem de poucas palavras, mas tinha pulso firme para ordenhar as vacas, e me deixava experimentar um pouco de leite de seus dedos. Tinha uma doçura leve, e um sabor muito rico. Era delicioso. Em algumas horas, iríamos tomar este leite em casa.

Na tarde de nosso dia de folga, um de meus amigos nos convidou para jantar.
Ele estava trabalhando numa escavação no antigo castelo nas redondezas. Como estava muito feliz por poder participar de um trabalho tão importante, ele nos contou a respeito e demonstrou orgulho. Eles tinham muitos pratos deliciosos enfileirados. As para mim, o maior prazer estava em nos sentarmos juntos, como uma família. Também nesta casa, eles valorizavam a mobília e os talheres antigos, e cuidavam bem deles. Levavam uma vida simples, assim como a nossa família, mas a modo como organizavam tudo era muito legal.

No jardim lá fora, eles tinham um pequeno canteiro de flores. Eles pararam em fila diante dele, e eu peguei meu pincel. Como agradecimento pelo jantar, eu pintei um retrato que eles poderiam dar ao seu bebê quando ele crescesse. Eles todos sorriram timidamente. Obrigada por seus doces rostos sorridentes!
Nesta vila, havia um conto que passava de geração para geração. Era um conto de louvor, do primeiro lorde do castelo, que combateu o paganismo neste lugar. Graças a este lorde, esta vila existe, e podemos continuar vivendo em paz. Geralmente, este conto é contado por avós para seus netos, enquanto a mãe e o pai da criança estão no trabalho. Na casa ao lado, a vovó contou para sua neta, enquanto plantava. E um dia, aquela neta provavelmente também seria uma avó, e contaria o conto para sua neta da mesma forma.

O verdadeiro lorde do castelo era um homem de um forte senso de justiça, que protegia os aldeões. Mas o atual lorde, Sir Ramon…
O tempo da colheita havia chegado!
Parece que haveria um grande excelente da colheita este ano, que poderíamos vender a um bom preço na cidade vizinha. Com este dinheiro, poderíamos comprar coisas que não são encontradas na vila, como gasolina. Os aldeões trabalhavam todos juntos para carregar o caminhão com a safra excedente, e apesar de ser um trabalho duro, as crianças também ajudavam. O motorista pisou no acelerador, e o caminhão se foi. Crianças devem ser valorizadas, é o que todos na vila crescem sabendo. Todos desejam apenas que suas crianças cresçam fortes e saudáveis.

Quando todo o trabalho estava feito, o sol já estava se pondo.
Amanhã é o festival da colheita! Eu deveria ir dormir cedo hoje e acordar cedo amanhã.
Hoje é a celebração da colheita. Uma cerimônia para agradecer a natureza por nossa boa safra. Comer bem, o quanto quiser, dançar em círculo, e depois de toda a diversão, deitar-se no chão e observar o chão estrelado. E mesmo sendo tarde da noite, as crianças têm permissão para ficar acordadas e brincar pelo tempo que agüentarem. Como é um dos dias festivos da vila, os pais estão dispostos a deixar as crianças ficarem acordadas apenas esta noite. E como todos trabalharam tão duro, eles aproveitam este dia especial juntos.
Algumas pessoas lêem em voz alta as estórias que escreveram, famílias se reúnem e cantam em coral, e algumas pessoas contam para aquele alguém especial o que sentem por ela. E finalmente, o homem com o violão toca sua canção e canta sua canção de agradecimento pela boa colheita. Enquanto ele canta, até mesmo as pessoas mais tímidas da vila participam, e sorriem enquanto a vila se une em felicidade.

Por alguma razão, o chefe da vila não apareceu este ano. Mas, provavelmente o Sr. Mendez esteja na igreja com o padre, trabalhando duro e não conseguiu vir, suponho.

Por aqui, muitas pessoas se juntam para cozinhar. Todos partilham de forma justa. Usamos a safra que cresce na vila, leite das vacas, ovos das galinhas, peixes dos rios, ingredientes que compramos coletivamente na cidade, e então todos levam sua parte para casa. Meu irmão, que morava aqui perto, carregava seu caminhão com suas coisas, e nós dois íamos embora com o sol nos iluminando através das folhas. Ouvíamos pássaros cantarem, olhávamos as flores do lado da estrada, e nos divertíamos conversando o caminho todo para casa. A família do meu irmão saía para encontrá-lo, e enquanto ele acenava para eles, nós dois e o cavalo acelerávamos o passo enquanto elas entravam em casa. Ele amarrava o cavalo no portão. Ele carregava algumas coisas de nosso falecido pai que meu irmão ficara a cargo de cuidar. Já era minha hora de voltar para casa, mas tinha sido ótimo passar um tempo com meu irmão.

Como o chefe da vila havia anunciado que ele queria que todos da vila nos reuníssemos na igreja no próximo Domingo, eu lembrei minha esposa e minha filha que tínhamos que ir.
Depois que o chefe da vila havia terminado, o Lorde Saddler começou seu sermão.
Lorde Saddler era uma pessoa que o chefe da vila respeitava e reverenciava, e era o líder da organização religiosa Los Illuminados. Ele havia vindo para cá especialmente pelo nosso bem, dos aldeões, e fez um maravilhoso sermão que durou horas. Em vez de apenas tentar purificar o sangue pecaminoso de descrentes como nós, ele tentou nos ensinar como limpar nossa alma, e encontrar o verdadeiro caminho para a felicidade.

Descrente… Fico pensando se ele também era.
Meu amigo, que nos convidou para o jantar, é. Logo depois disto, sua personalidade havia mudado completamente, de calmo para violento. Era assustador… Se alguém não vai aos sermões, não poderá encontrar o caminho para a felicidade.

O organização religiosa, Los Illuminados, estava lá para nos proteger, e nos salvar de nós mesmos. Uma ação bem generosa, uma ação maravilhosamente generosa!

Para purificar nosso sangue pecaminoso, nossos corações tinham que se tornar um só. Tínhamos que botar um fim à nossa linhagem sanguínea impura. Todos os aldeões ficaram em fila, para receber o sangue sagrado. Agora, era a vez do meu irmão. De repente, ele olhou para mim e gritou “Irmão! Me ajude!”. Ele estava se recusando a participar da cerimônia. Para todos nós aldeões nos tornarmos um só, era obrigatório que ninguém se recusasse. Todos os presentes consultaram o gentil chefe da vila e o Lorde Saddler a respeito do que fazer. Depois de terem falado com a família do meu irmão, eles também aceitaram a cerimônia, meu irmão aceitou pouco depois.

Neste dia, os aldeões souberam da verdade. O primeiro Lorde do castelo ficou com inveja dos Los Illuminados, e tentou ficar no caminho de suas boas ações. E o Lorde Ramon, para restaurar as relações com a organização religiosa, havia contribuído grandemente para a causa deles. O que significava que o conto passado de geração para geração era nada mais que uma grande mentira.

Fico pensando se o obstáculo estava fora do caminho deles agora… Minha esposa tossiu, e deixou a preocupação surgir em seu rosto. Pouco depois de jantarmos, minha filha de repente começou a espumar pela boca! Seu rosto estava desfigurado como por uma terrível dor, e seus membros estavam tremendo furiosamente! Eu tenho que ajudá-la! Oh, meu Deus, o que eu deveria fazer!?
Minha filha… minha preciosa filha… está MORTA!
Eu olhei para minha esposa, ela apenas continuou com um inexpressivo olhar em seu rosto. Simplesmente não posso acreditar no que acabou de acontecer… Eu me recuso a acreditar!

Minha cabeça começou a doer, como se estivesse prestes a rachar em duas. Era como se todo o sangue do meu corpo estivesse fervendo como uma febre terrivelmente dolorida. No momento seguinte, eu repentinamente ouvi a voz de minha filha na minha cabeça, e meu corpo inteiro começou a tremer. “Seu lixo sem valor!”

Eu corri até a casa de meu irmão o mais rápido que pude. Havia algo de errado com seu filho. Ele estava doente de cama, e em volta de sua boca havia evidências de estar tossindo sangue. Eu perguntei a ele e ele disse que seu corpo inteiro doía. Seus olhos se fixaram em mim, manchados de insanidade, e eu tapei meus ouvidos, tentando evitar suas palavras de dor.

Nos dias seguintes, todas as crianças na vila haviam morrido. Nossas preciosas crianças haviam partido, não havia sobrado uma sequer. Nenhuma…

O número de adultos que estavam enlouquecendo, ou que haviam perdido todos os sinais de emoção, estava crescendo rapidamente. Alguns ficavam fazendo coisas estranhas, alguns se recusavam a comer, e outros ficavam resmungando como se estivessem amaldiçoando alguém, sumiam por um tempo, e depois voltavam.

Nesta manhã… Eu também tossi sangue.
Nós recebemos uma mensagem do chefe da vila.
“A vida do Lorde Saddler pode estar em perigo. Se alguém começar a bisbilhotar aqui, mate-o.”
Mate quaisquer intrusos à vista!

A cabeça de um dos homens à minha frente se dividiu em duas.

Para nosso grande Lorde Saddler!
Por favor, abençoe-nos com sua próxima ordem!
A vila agora está tomada pelo medo.
Com pessoas que perderam seu rumo, pessoas conspirando, pessoas que buscam conflitos.


Créditos:

→ tradução japonês-inglês pelo fansite internacional The Horror.
→ tradução inglês-português por Monique Alves para o Resident Evil Database.