Criaturas & B.O.W.s | Blob

Estas criaturas eram cobaias de experimentos realizados nos porões do castelo de Ozwell E. Spencer na Europa. Eles eram conduzidos por Patrick, o mordomo da propriedade, a mando do próprio Spencer, em pessoas mantidas em prisões secretas. Patrick administrava o vírus nelas, checava suas condições e reportava ao seu mestre, sem nada questionar, apesar de ficar com pena daquelas pessoas, que gritavam dia e noite dentro das celas.

Não se sabe qual foi o vírus utilizado em seus experimentos, mas o objetivo de Spencer era encontrar urgentemente uma fórmula para a sua imortalidade, já que estava no fim de seus dias, velho e doente, mas ainda não havia almejado o seu desejo máximo de se tornar um deus.

Os Blobs não alcançaram o resultado esperado nos experimentos, mas acabaram se tornando uma espécie de guardiões do lugar, recebendo, inclusive, o “nome” de Guardiões da Insanidade (Guardians Of Insanity, em inglês). Eles andam munidos de enormes âncoras, porque o castelo fica bem próximo a um depósito do ancoradouro, e de alguma forma eles obtiveram estes objetos, e os usam para atacar suas vítimas.

Sua aparência é grotesca, como se seu rosto tivesse derretido. Em suas costas, existe uma imensa protuberância, onde há uma espécie de olho, que não pára de se mexer em momento algum. Suas vestes são um capuz, que esconde o que deveria ser o seu rosto deformado, e os restos de uma calça ou bermuda, rasgada e ensanguentada. Seus pés contém grilhões arrebentados, assim como também possuem correntes pendendo, saindo de suas costas.

Estes inimigos são exclusivos do conteúdo extra Lost In Nightmares, de Resident Evil 5. Em meados de Agosto de 2006, os agentes da BSAA, Chris Redfield e Jill Valentine, realizam uma operação de busca no castelo de Spencer, após anos de investigações de seu paradeiro. Eles encontram o local abandonado e tomado pelos guardiões, que vagam pela residência. Posteriormente, eles encontram Spencer morto pelas mãos de Albert Wesker.


Estratégias:

Os confrontos com os Blobs se dividem em dois momentos: antes e depois dos agentes perderem seus equipamentos. Na primeira fase, ainda armado, a recomendação é mirar diretamente no olho amarelo que eles têm na parte de trás de sua protuberância, para causar uma espécie de parada no inimigo, mas isto é melhor realizado se estiver jogando em co-op (online ou offline), pois enquanto você vai para as costas do inimigo, o outro jogador o ataca pela frente.

Granadas também ajudam a derrubá-lo, e aí você pode realizar um golpe físico com botão de ação ao se aproximar. Não fique muito perto dele, ou será golpeado com a âncora ou agarrado pelo pescoço, o que pode até causar morte instantânea. Algumas vezes também, ao serem atingidos, eles liberam uma substância ácida, que pode te causar danos se você estiver perto demais.

Na segunda fase, depois que Chris e Jill perdem seus equipamentos em uma queda, não é possível confrontar os Blobs com armas. Você deve atraí-los para armadilhas: enquanto um gira a manivela para levantar a plataforma com espinhos, o outro deve chamar atenção do Blob e conduzi-lo até o lugar, para que a plataforma desabe sobre ele e o mate. Fazer isto libera os pedaços de um emblema para progredir no jogo. Quanto maior a dificuldade escolhida no início do jogo, mais emblemas você precisará obter para abrir a passagem, mas no total há quatro Blobs e quatro armadilhas nesta parte.

Durante todo o caminho pelos porões e depois pelo labirinto, há corpos de cobaias caídos no chão, que te agarram quando você passa por eles. Muito cuidado para não ser agarrado por um deles enquanto confronta ou chama atenção de um Blob, pois ele vai se aproveitar disto para te golpear.