Criaturas & B.O.W.s | Nemesis T-Type

Em essência, o Nemesis é uma arma biológica da espécie Tyrant, já que a sua base viral é o T-Virus. O que os diferencia, neste caso, é que o Nemesis possui um parasita alojado em seu sistema nervoso, o NE-Alpha, o que lhe permite assimilar e seguir ordens simples, além de portar armas e ter uma capacidade regenerativa fora do comum. O nome Nemesis vem da deusa da Vingança na mitologia grega, mas ele também é conhecido como Pursuer (Perseguidor), por continuar no encalço de seu alvo até eliminá-lo.

O Nemesis foi um projeto desenvolvido pela filial européia da Umbrella, em paralelo às pesquisas que vinham sendo desenvolvidas com o Tyrant no Complexo de Arklay. O início de suas pesquisas data de meados de 1988, 10 anos antes do Incidente da Mansão.

Em Setembro de 1998, ele é enviado à cidade de Raccoon com a tarefa de eliminar os S.T.A.R.S. sobreviventes do incidente, acontecido há dois meses. Enquanto os zumbis se espalhavam pelas ruas, o Nemesis caçava seus alvos, e o primeiro deles foi Brad Vickers, ex-piloto da Equipe Alpha, responsável por resgatar os sobreviventes da mansão de helicóptero. Brad é morto diante da presença de Jill Valentine, que passa a ser o novo alvo de Nemesis a partir deste momento, o que se torna uma verdadeira caçada, enquanto Jill tenta, a todo custo, encontrar uma forma de fugir da cidade.

O Nemesis passa por duas transformações durante a sua missão em Raccoon. Após perder o seu lança-foguetes durante um confronto com Jill na Clock Tower, ele é ferido e também perde o seu casaco limitador. A partir deste momento, ele cria tentáculos e os utiliza para atacar seus alvos, que passa a ser qualquer um que entrar em seu caminho, inclusive membros da U.B.C.S., esquadrão de mercenários enviado pela Umbrella a Raccoon. Com os tentáculos, ele passa rasteiras e agarra seus alvos, jogando-os violentamente contra o chão várias vezes.

Em sua terceira fase, após perder para Jill em um confronto na estação de tratamento de água, ele se torna uma massa disforme, sem os membros. Suas capacidades regenerativas ainda estão ativas, e ele se alimenta de um Tyrant morto para recuperar massa orgânica. A partir desta fase, ele passa a expelir e lançar uma espécie de ácido contra Jill, a sua vítima principal. Apesar de sua inteligência estar comprometida, ele ainda está determinado a eliminá-la a qualquer custo.


Estratégias:

Primeira fase: O Nemesis te persegue ao longo do jogo todo, em determinados momentos. Em outros, você pode optar por fugir por conta própria ou por opção do próprio jogo. A cada confronto nesta fase onde você conseguir derrubá-lo, ele deixa partes de itens (as armas Desert Eagle e Western Shotgun e um kit de sprays). Se decidir por enfrentá-lo, opte por armas fortes, atire e corra, pois ele corre muito rápido, até por ser muito maior do que Jill. Se tiver dominado a arte da esquiva, use-a sem moderação.

Batalha na Clock Tower: Neste momento, Jill estará infectada pelo T-Virus, contaminação causada pelo próprio Nemesis. Esta é uma das batalhas mais críticas contra ele, porque Jill está mais lenta (como se estivesse no Caution), sua energia está comprometida e seu status não muda. Se utilizar a opção PULAR DA JANELA (Jump out of the Window), Carlos lhe dará uma munição de gelo (Freeze Rounds) da Grenade Launcher. Uma boa tática é usar a Flame Rounds (munição de fogo), e a Freeze em seguida, causando uma espécie de choque térmico no Nemesis. Depois, você pode finalizá-lo com a Magnum ou Shotgun. Também é uma boa saída economizar pólvoras A e B e combiná-las para formar a C, depois fazendo a combinaçao C+C+C e criando bastante munição de Magnum. A batalha demora um pouco mais, mas Magnum é Magnum!

Segunda fase: Quando Carlos estiver voltando do Hospital para a Clock Tower, levando a vacina para Jill na capela, Nemesis aparecerá com os tentáculos. Não tente enfrentá-lo, apenas corra até Jill e use com rapidez a vacina nela. Ele reaparecerá para um novo confronto contra Jill na estação de tratamento de água. Neste momento, você pode matá-lo de duas formas: existem válvulas que lançam ácido nele; você pode atraí-los até elas, atirar ou dar uma facada, abrindo a torneira e lhe causando danos. Ou você pode ir pela forma tradicional e usar Magnum ou Grenade Launcher; mantenha a distância, atire e corra, evitando de tomar rasteiras de seus tentáculos. Cuidado, porque a batalha tem um tempo correndo.

Terceira fase: Em sua última fase, já todo deformado, a sua única preocupação é ativar as baterias do canhão de raio e, depois, atraí-lo para a região dos disparos. Mantenha certa distância para não tomar danos dos ácidos que ele expele. Esta batalha também tem tempo contado, afinal, um míssil está vindo em direção à cidade.

Tiro de misericórdia: Você pode simplesmente ignorar a sobrevivência teimosa do Nemesis e ir embora, ou ir pela opção de exterminá-lo de vez. Uma animação mostrará Jill atirando nele, até finalmente matá-lo.

Batalhas em Resident Evil 3 de 2020:

Prédio em Demolição: esta é a primeira batalha obrigatória com Nemesis, e se divide em duas partes, sendo a primeira dele com o lança-chamas e a segunda sem. Na primeira parte, alguns tiros de Grenade Launcher com munição explosiva já destroem o tanque em suas costas, mas aproveite enquanto ele estiver mirando em você (mantenha distância) ou para cima para atirar, pois ele pode desviar das granadas. Na segunda parte, foque em atirar com a Espingarda para não desperdiçar granadas com as esquivas do Nemesis e muito cuidado principalmente com o golpe em que ele corre na sua direção, então, quando ele se preparar para correr, apenas corra para manter distância segura.

Pátio da Torre do Relógio: o Nemesis virou uma criatura gigantesca e com movimentos bem brutos. Ele tem duas fases nesta batalha obrigatória, e na primeira você precisa acertar tiros o bastante até ele começar a correr feito um maluco em volta do cenário. Quando ele começar a fazer isto, e esta é a segunda parte da batalha, equipe-se das Minas (munições azuis da G. Launcher) e atire quando ele parar, ou atire em um lugar do cenário em que ele vai passar para explodir quando ele se aproximar: ele vai cair no chão e você pode trocar de arma (para a espingarda ou pistola) e atirar no parasita pulsando no peito. Repita o processo, mas evite atirar quando ele subir no topo da torre, porque nem sempre a mina vai chegar até lá e a munição é rara (e não pode ser fabricada com as pólvoras).

“Arena” do NEST 2: Basicamente um repeteco da luta anterior, mas com algumas diferenças. A primeira fase é a mesma coisa, mas ele tem um golpe chato com o braço que é bom não ficar tão longe para evitar que ele faça. Na segunda fase, ele vai ficar correndo feito maluco pelo cenário e vai sempre se esconder atrás de uma pilastra. O Carlos acha que está ajudando muito narrando onde ele está escondido, para que você acerte os postes de força e ele voe no chão, assim você pode atirar no parasita pulsando no peito. Cuidado com os zumbis que aparecem na arena durante o pique-esconde do Nemesis, pois eles acabam sendo mais chatos do que o Nemesis propriamente dito.

Batalha Final: Nesta batalha, quanto maior a dificuldade do jogo, mais a esquiva deve estar bem treinada para não tomar até ataques que causem morte instantânea. Basicamente, o Nemesis está gigantesco e ataca com seus braços gigantescos. Você deve ativar a arma e dar o primeiro tiro, que fará as baterias sobrecarregarem. O pior ataque dele é o urro seguido da patada, pois o urro desestabiliza a Jill e nem sempre a esquiva funciona logo em seguida. Outro ataque para cuidar é quando ele “passa o rodo”, varrendo o cenário com o braço. Quanto maior a dificuldade também, mais rápidos são seus ataques. A melhor arma para destruir as bolas pulsantes nele para fazê-lo parar por alguns momentos é a pistola. Quando ele cair, empurre as baterias para que a arma de raio possa voltar a funcionar depois do primeiro tiro. Quanto maior a dificuldade do jogo também, mais rápido ele recobra a consciência e os ataques, então fique ligado. E muito cuidado quando ele estiver caindo ao destruir todas as bolotas, pois o seu braço, na hora da queda, causa dano e até morte instantânea.

Algumas dicas extras: Granadas são muito efetivas para que ele caia, deixe algum item e fique parado por alguns segundos. Usar os geradores para dar choque também te ajudam a ganhar algum tempo extra para uma fuga quando for o caso. Além disso, a esquiva é mais fácil contra o Nemesis do que com os zumbis, por incrível que pareça!