Criaturas & B.O.W.s | Plant 42

Plant 42A Plant 42 é uma mutação acidental ocorrida com uma planta na propriedade Spencer, após um acidente que ocasionou o vazamento do T-Virus nos laboratórios do Centro de Pesquisas Arklay. Um processo de crescimento extraordinário se iniciou pouco depois do acidente, e ela recebeu este nome por estar no “ponto 42” da mansão, de acordo, portanto, com sua localização.

Imediatamente, os pesquisadores que ainda estavam vivos no local começaram a pesquisá-la, e constataram que o T-Virus não apenas causara mudanças significativas em sua anatomia, como também lhe dera inteligência suficiente para se utilizar de seus instintos mais básicos e se proteger de possíveis agressores. A planta passou, pouco depois, a se alimentar dos pesquisadores, e graças a um aquário recém-destruído, onde eram mantidos tubarões para as pesquisas com o vírus, sua reserva de água também estava garantida. Ela mantinha, portanto, suas raízes no porão do laboratório, onde ocorrera a destruição do aquário.

O pesquisador Henry Sarton foi o primeiro a tomar nota dos comportamentos da Plant 42, assim como também foi o responsável por criar um relatório especial, detalhando a criação de um componente químico capaz de enfraquecer e finalmente liquidar a planta, se aplicado diretamente na raiz. Esta fórmula foi nomeada pelos cientistas de V-Jolt. É possível, porém, que os cientistas não tenham tido tempo de experimentar o componente na planta, e tenham morrido antes tanto por se tornarem presas dela como por ação do vírus ou das demais mutações e armas biológicas espalhadas pela propriedade.

Os membros da Equipe Alpha dos S.T.A.R.S. acabam ficando responsáveis pela destruição da Plant 42, quando finalmente a encontram na Guardhouse/Residence.


Estratégias:

Independente da versão (clássica ou remake), a Plant 42 é um inimigo bastante forte e opressor. Em ambas, especialmente ao jogar com Chris, a criação da V-Jolt é fundamental para auxiliar em sua destruição.

plant42-1Fórmula da V-Jolt no Resident Evil original de 1996:
1. Encha uma garrafa vazia (empty bottle) com água (na pia) e outra com UMB nº2. Combine-as para obter o NP-003.
2. Coloque o UMB nº4 em uma garrafa e combine-o com o NP-003, para ter o UMB nº7.
3. Encha uma garrafa com UMB nº4 e outra com UMB nº2, e combine-as para ter o Yellow-6.
4. Combine o UMB nº7 com o Yellow-6 para ter o UMB nº13.
5. Finalmente, faça outra solução de NP-003 (água mais UMB nº2), e misture com o UMB nº13, para ter a poderosa fórmula V-Jolt.

Fórmula da V-Jolt na versão Remake de 2002:
1. Encha uma garrafa vazia (empty bottle) com água (na pia) e outra com UMB nº3. Combine-as para obter o NP-004.
2. Encha a garrafa vazia com Yellow-6 e combine-o com o NP-004 para obter o UMB nº10.
3. Em outra garrafa vazia, misture água com o Yellow-6 para obter o UMB nº7.
4. Combine o UMB nº10 e o UMB nº7 para a criação do VP-017.
5. Encha outra garrafa com o UMB nº3 e misture-o com o VP-017, para obter a poderosa fórmula V-Jolt.

*Cuidado para não errar a ordem dos componentes na criação da V-Jolt, já que qualquer equívoco pode ocasionar a criação de um produto tóxico que envenenará o personagem. Isto vale para as duas versões do jogo.

Depois de utilizar a V-Jolt na raiz da planta, no subsolo inundado, siga de volta para a sala onde se localiza seu bulbo e a finalize. Alguns ataques da planta podem ser letais, como o ácido que ela lança e seus tentáculos que podem agarrar ou chicotear o personagem. Opte sempre pelas armas mais fortes que tiver.

Jogando com Jill (em ambas as versões), dependendo de como seu jogo tiver decorrido até a batalha contra a Plant 42, é possível que Barry apareça para matá-la para você, equipado com um lança-chamas. Jogando com Chris, contudo, você terá que enfrentá-la sozinho, pois Rebecca só aparecerá para criar a fórmula para você, já que Chris não sabe manusear produtos químicos.