Criaturas & B.O.W.s | Web Spinners, Black Tiger, Giant Spider

spider-creatures-1Primeiramente, é importante salientar que, assim como os Cerberus e os cães zumbis, há também dois tipos de aranhas infectadas pelo T-Virus: as que foram propositalmente utilizadas como cobaias nos experimentos com o vírus e as que foram contaminadas acidentalmente, tanto durante o acidente nos laboratórios da mansão quanto no vazamento viral em Raccoon.

As aranhas utilizadas como cobaias do T-Virus foram chamadas de Web Spinners (tradução: Fiandeiras de Teias). Sua principal característica é o imenso tamanho que atingiram, além de seu veneno contendo o T-Virus poder ser lançado a grandes distâncias. Apesar do apelido dado, elas cresceram tanto que perderam a capacidade de fiar teias para capturar suas presas, e agora as atacam diretamente, com a agressividade típica de infectados com o T-Virus, mas ainda podem se locomover por paredes e tetos.

Há uma espécie diferenciada da Web Spinner que foi chamada de Black Tiger (tradução: Tigre Negro). Seu crescimento e sua agressividade foram potencializados por mutações causadas pelo T-Virus, e por isso ganharam este nome especial. Ao contrário da Web Spinner, a capacidade de fiar teias foi recuperada. Elas podem ser facilmente encontradas na área subterrânea da mansão.

Uma terceira categoria de aranhas pode ser encontrada também na Ilha Rockfort e no Complexo de Pesquisas da Antártida. Conhecidas simplesmente como Giant Spiders (tradução: Aranhas Gigantes), elas são de cor esverdeada e possuem um corpo mais fino e sem pêlos. Não se engane, porém, com sua aparência mais frágil: elas possuem um potente veneno e agarram suas presas com as patas, sugando-lhes o sangue. Alexia Ashford, hospedeira do vírus T-Veronica, tem o poder de controlar a maior delas.


Estratégias:

Com as Web Spinners e Aranhas Gigantes, a principal estratégia é sempre a de ignorá-las e apenas correr, economizando munição e tempo. No entanto, em alguns momentos, acaba sendo necessário matá-las, e as melhores armas são sempre as explosivas. Bazucas e Grenade Launchers são as melhores opções. Evite muita proximidade e não fique face a face com elas, evitando, assim, ser atacado com o seu potente veneno e ficar no status POISON (envenenado).

Um maior cuidado deve ser tomado com as Giant Spiders quanto à proximidade: o ataque de agarrar e sugar o sangue de suas vítimas pode tirar muita energia, então evite confronto com elas e, se for necessário, não hesite em matá-las. Estes dois tipos de aranhas têm uma característica em comum: todas elas, depois que morrem, soltam pequenas aranhinhas de seu interior; em vez de matá-las, apenas saia e entre novamente na sala.

CerberusA Black Tiger exige maior atenção do que as demais aranhas: ela é um dos principais inimigos do jogo, e um dos mais fortes também. Seu veneno é bem mais potente e ela é muito maior e mais rápida do que todas as outras aranhas encontradas no jogo. No Remake, ficou mais fácil enfrentá-la, talvez até pela jogabilidade menos comprometida pelas limitações gráficas, mas, no Resident Evil clássico, especialmente sem a mira automática, fica bem mais complicado enfrentá-la. Faça o possível para atacá-la pelas laterais, e nunca de frente. Mantenha sempre distância e carregue uma boa quantidade de ervas e sprays no inventário. Não deixe de observar seu status sempre que for atacado.

A maior das Giant Spiders, encontrada no complexo da Antártida, em Resident Evil CODE: Veronica, pode ser facilmente ignorada. Contudo, se desejar matá-la, a mesma tática das Web Spinners deve ser aplicada a ela.