Tradução | Entrevista com Jun Takeuchi sobre Resident Evil 7 (Famitsu)

0

Famitsu: Vejo que você queria que o jogo fosse acessível aos novos jogadores, mas ainda causando medo nos jogadores avançados de Resident Evil. O quão difícil foi desenvolver os componentes de jogo mencionados?
Jun Takeuchi: Ouvimos muitas opiniões dos fãs de RE dizendo que queriam que criássemos um “Survival Horror apropriado sem foco em ação”. Somado ao que eu disse antes, sou um grande fã de Evil Dead do Sam Raimi e queria pensar neste filme como uma base para RE7.

Famitsu: Vocês desde o começo cogitaram numerar este novo título como Resident Evil 7?
Jun Takeuchi: Nós queríamos numerar o jogo desde o início, mas quando tivemos que explicar nossos planos à gerência, ficamos com bastante medo! (risos) Muitos jogos atuais focam no co-op/multiplayer, e mesmo assim todos nós sabemos que o jogos de terror de verdade não precisam destes componentes. Queremos que as pessoas se sintam sozinhas, e se sentir sozinha cria desconforto!

Famitsu: Este jogo é puramente baseado no terror, mas como vocês conseguiram desenvolver um jogo com pura atmosfera de terror, e ainda adicionando elementos de ação no jogo para a sua progressão?
Jun Takeuchi: Não pensamos em balancear os dois. Queríamos criar uma sensação de terror para, quando o jogador ouvisse os personagens vindo até ele, queríamos que ele reagisse como se fosse na vida real. É isto que causa medo e é o que quisemos recriar.

Famitsu: Com este novo passo na franquia “RE”, presumo que poderão dar um passo novo quando se fala do próximo jogo.
Jun Takeuchi: Todos os membros da equipe querem estar no mesmo nível dos fãs, “Resident Evil = Biohazard” e “Biohazard = Resident Evil”. Queremos que os fãs do jogo de todos os cantos do mundo sintam isto quando se sentarem para jogar nossos jogos.

Fonte: Play-Asia (tradução jap-ing)

COMPARTILHAR