Tradução | Entrevista com Masachika Kawata sobre Resident Evil 7 (YugaTech)

0

YUGATECH: Haverá um modo Mercenaries ou algum modo Extra com algo semelhante ao Tofu?
KAWATA: Resident Evil 7 não terá modos online. Então, por exemplo, em Resident Evil 5, nós focamos no jogo cooperativo online, que foi bem recebido. Mas o conceito-chave de Resident Evil 7 é o terror, então, desde o começo, achamos que jogar sozinho criaria uma melhor experiência de terror.
Sobre itens que sejam homenagens a jogos anteriores de Resident Evil, não há nada tão forte quanto [Tofu], mas haverá outros itens como as ervas que, se você jogou os jogos de RE no passado, saberá como são usadas.

YUGATECH: Haverá combate com vários inimigos, já que os trailers e demos só mostraram confrontos de um contra um?
KAWATA: Sim, há situações onde é você contra vários inimigos. Só para reforçar, não haverá situações onde você estará contra 20 ou 30 inimigos, como em RE6, mas não será sempre 1 contra 1.

YUGATECH: Qual foi o jogo anterior que teve maior influência em RE7?
KAWATA: Resident Evil 1, não o remake, porque foi a primeira vez que estavam criando algo, então vamos capturar este sentimento. Por exemplo, quando se recria algo, o objetivo principal é o de refinar, para melhorar o que já tem. Para RE1, se tratava de criar algo novo.

YUGATECH: Devemos esperar para ver as mudanças feitas aqui em futuros títulos, como a visão em primeira pessoa?
KAWATA: Realmente depende dos objetivos do título. Definitivamente não vamos só olhar o que os títulos futuros precisam, mas também como os fãs aceitam esta mudança, então se se tornar popular entre eles, provavelmente continuaremos utilizando.

Resident Evil 7

YUGATECH: Este será um jogo de exploração limitada ou terá capítulos com pontos automáticos de salvamento?
KAWATA: O jogo é uma experiência linear, mas não significa que só há um caminho, então não será dividido em capítulos. Porém, quanto ao salvamento, há um sistema de auto-save, só para você não precisar reiniciar tão longe se morrer. Também haverá salas com salvamento manual. Só para reforçar, dependendo da dificuldade que você escolher, o sistema de salvamento também varia. Se você escolher a dificuldade mais difícil, o sistema de salvamento não será tão legal com você.

YUGATECH: O que a série está fazendo para se diferenciar de outros títulos do mesmo gênero?
KAWATA: Um elemento-chave é o universo de Resident Evil de 20 anos, então este se passa depois de Resident Evil 6. Pode parecer que mudou muito, mas aquelas coisas importantes a Resident Evil estão lá, e os fãs de Resident Evil continuam voltando para vivenciar o universo RE.

YUGATECH: RE7 focará sua trama em pontas soltas deixadas por jogos como RE6 e Revelations 2? Como o universo de RE se encaixa em RE7?
KAWATA: Revelations é usado como o nome sugere, para contar histórias intermediárias, então temos coisas de histórias passadas sendo respondidas aqui, e isto é algo que se pode esperar deste jogo, só não podemos dizer o que é agora.

YUGATECH: Haverá outra atualização da demo? Já que a Lantern é focada no terror, quais são os outros aspectos do jogo?
KAWATA: Planejamos, sim, atualizar a demo na PSN para os jogadores experimentarem os outros aspectos do jogo. Não temos uma data fixada [para a atualização], mas com certeza será antes do jogo sair.

YUGATECH: A demo estará disponível para outras plataformas?
KAWATA: Sim, gostaríamos que fosse para outras plataformas também.

YUGATECH: A RE Engine seguirá para outros títulos da Capcom e até para portáteis, ou será exclusivo de RE?
KAWATA: A RE Engine é aplicável para qualquer jogo em que quisermos usar. Mas foi especificamente criada para alta capacidade, então provavelmente não serve para dispositivos móveis.

YUGATECH: Uma última coisa, conte-nos sobre o RE2 Remake ou a ideia de um remake do Outbreak.
KAWATA: Há outro produtor trabalhando no RE Remake 2, que está trabalhando pesado agora. Tudo o que posso dizer é que esperamos poder ter informações para mostrar em breve.
Criar o Outbreak foi uma grande tarefa para a Capcom. Foi um jogo singular com online e outros elementos do tipo. Para criar um sucessor, seria necessário muito planejamento da Capcom para fazer funcionar. Contudo, estamos sempre ouvindo o que os fãs querem, então isto pode ser o incentivo para criarmos uma sequência para este jogo.

Fonte: YugaTech

COMPARTILHAR