Entrevista | Stephanie Sheh, dubladora de Rebecca em Umbrella Chronicles

0

2007: Dubladora de Rebecca Chambers, em RE: The Umbrella Chronicles.
2008-2009: Co-diretora de dublagem, em Resident Evil 5.

Olá, Stephanie. Obrigada por falar conosco, estamos muito orgulhosos disto. Então, primeiramente, gostaríamos de saber como surgiu a oportunidade de trabalhar na série Resident Evil.
Liam O’Brien foi chamado para dirigir o quinto jogo, no entanto, como Liam era um dublador muito ativo, era coisa demais para ele assumir, já que Resident Evil 5 é um jogo grande. Liam é um jogador ávido, então ele realmente queria dirigi-lo, foi quando ele sugeriu que eu dividisse as tarefas de direção com ele. Acho que a Capcom ficou feliz com os resultados, porque Liam e eu temos dirigido vários jogos desde então. Algumas vezes dividimos, outras ele dirige e outras eu dirijo.

O que você acha da personagem Rebecca Chambers que você interpretou quando trabalhou como dubladora em Umbrella Chronicles?
Eu gosto da Rebecca, porque ela não se cansa nem se aborrece com nada que está acontecendo. As coisas continuam loucas e novas para ela. Ela tem um equilíbrio interessante entre ser capaz e forte, mas também inocente.

Você acha que tem algo em comum com a Rebecca Chambers? Quanto de você mesma foi colocado na voz de personagem?
Quando me chamaram pela primeira vez para fazer a voz da Rebecca, eles queriam mesmo que eu fizesse parecida com uma voz anterior da Rebecca, então eu estava bem nervosa. Estava mais preocupada em fazer parecido com as vozes anteriores do que com qualquer outra coisa. Agora estou um pouco mais confortável com a personagem. Gostaria que ela aparecesse mais na história, porque poderíamos ver como ela cresce e amadurece, mas acho que a franquia favorece as novas personagens mais sensuais.

Você poderia nos contar um pouco sobre o trabalho que fez com Liam O’Brien em Resident Evil 5? Como foi a experiência?
Liam e eu somos grandes amigos há muito tempo. Na verdade, nós nos chamamos de irmão e irmã. Temos gostos criativos muito parecidos, então trabalhar com ele foi fácil.

Você já jogou algum Resident Evil? Você tem personagens favoritos?
Sim. Mas sou terrível jogando. O primeiro que eu joguei foi o 2. Meus amigos me faziam jogar, porque eu sempre ia na direção dos zumbis, em vez de fugir deles, e eles achavam aquilo hilário. O jogo também me assustava muito, então eles achavam aquilo engraçado.

Como diretora de dublagem, você prefere trabalhar com personagens do bem ou do mal? Há uma diferença entre eles em termos de direção?
Eu nunca dirijo ou atuo como um personagem mau para ser “mau”. Vilões geralmente não estão pensando “ei, eu sou malvado”, eles estão preocupados demais tentando atingir seus objetivos como poder em uma corporação ou mais dinheiro, seja lá o que for. Então você foca em quais são seus objetivos e desejos, e suas atitudes vêm do ponto de vista deles e do que eles querem. Mas pode ser mais divertido dublar vilões, porque dificilmente algum de nós é tão egoísta assim em nossas vidas cotidianas.

Você acredita que hoje em dia as produções de jogos estão tão grandiosas quanto as de Hollywood?
Bem, acho que os jogos estão mais em voga, sim, mas ainda não acho que são tão populares quanto os filmes de Hollywood. Em termos de orçamento, isto realmente depende. Alguns jogos tem orçamentos imensos, outros não.

Quando você decidiu seguir esta carreira de dublagem, alguém te inspirou de alguma forma? Você tem algum ídolo?
Eu só queria ser atriz, isto aconteceu e eu acabei virando dubladora. Então as pessoas que eu admirava não eram necessariamente pessoas da dublagem. Eu realmente gostava das antigas estrelas de Hollywood, como Vivien Leigh.

Como você deve saber, Resident Evil foi adaptado para o cinema, mas muitos fãs ficaram decepcionados, porque os filmes contam uma história diferente. Você viu os filmes? O que acha deles?
Eu vi o primeiro Resident Evil e também o Afterlife. Eu penso neles como uma coisa separada dos jogos. Fiquei empolgada de ver alguns dos personagens como Claire e Chris no último filme. Eu curti o filme, mas se eu o estivesse dirigindo, definitivamente teria feito algumas coisas de forma diferente.

Quem você gostaria de ver fazendo o papel de Rebecca Chambers nas telonas?
Hmm… Não tenho certeza. Não pensei muito sobre isto. Ela teria que ser uma atriz jovem que pudesse agüentar toda a ação.

Você pode nos contar a respeito de seus planos e trabalhos futuros? Você tem algum projeto sendo executado agora? Algum deles relacionado à série Resident Evil?
Bem, Resident Evil: Revelations para 3DS sairá em breve e eu trabalhei nele. Acho que é tudo o que eu posso dizer. O bumbum da Jill fica ótimo em 3D.

Você gostaria de mandar uma mensagem para nós, fãs da série Resident Evil?
Obrigada por todo o seu apoio. Espero que a franquia possa continuar. Eu sempre amei os jogos, porque eles me assustavam e acho incrível a Capcom ser capaz de continuar contando estas histórias. É como um outro mundo paralelo e isto é tudo graças aos fãs.


Original Interview in English:

Hello, Stephanie. Thanks for your time talking to us, we are very proud of it. So, first of all, we would like to hear from you how the opportunity to work on the Resident Evil series came to you.
Liam O’brien was asked to direct game 5, however, since Liam was a working voice actor it was too much of a time commitment for him to take on, since Resident Evil 5 is a large game. Liam is an avid gamer so he really wanted to direct, that’s when he suggest that I split the directing duties with him. I think Capcom was happy with the result because Liam and I have been directing the varies games ever since. Sometimes we split a game sometimes he does one and sometimes I do one.

What do you think about the character Rebecca Chambers you have been able to play the role of when you work in Umbrella Chronicles as a voice-over actress?
I like Rebecca because she’s not jaded or bored of anything going on. Things are still crazy and fresh for her. She has an interesting balance of being capable and strong but also innocent.

Do you think you have something in common with Rebecca Chambers? How much of yourself did you put into Rebecca’s voice?
When I was first asked to voice Rebecca they really wanted me to match an earlier Rebecca so I was pretty nervous. I was more concerned with matching the previous voice than anything else. Now I am a bit more comfortable with the character. I wish she’d appear more in the stories because we could see how she grows and matures, but I think the franchise favors the sexier new characters.

Could you tell us a little about the work you did with Liam O’Brien in Resident Evil 5? How was the experience?
Liam and I have been great friends for a long time. In fact we call each other brother and sister. We have very similiar creative tastes so working together was easy.

Have you ever played any Resident Evil game? Do you have any favorite characters?
Yes. But I am terrible at it. The first game I played was 2. My friends used to make me play because I would always walk into the zombies instead of away and they thought that was hilarious. The game also scared me so they thought that was funny.

As a voice-over director, do you prefer to work on good or bad characters? Is that a difference between them in terms of direction?
I don’t ever direct or act a bad character to be “bad”. Villains in general are not thinking “hey I”m evil” they are too busy trying to achieve a goal like power over a corporation or more money, whatever it is. So you focus on what their goals and wants are, and their attitudes all come from their point of view and what they want. It can be more fun to voice villains though, because hopefully none of us are that selfish in our every day lives.

Do you believe that nowadays the games productions are as big as the Hollywood ones?
Well I think games are more mainstream yes, but I still don’t think it’s as popular as hollywood movies. In terms of budget that really depends. Some games have huge budgets others don’t.

When you have decided to follow this voice-over career, did anyone inspire you somehow? Do you have any idols?
I just wanted to be an actor, it happened that I ended up as a voice actor. So people I looked up to were not necessarily voiceover people. I really liked old Hollywood stars like Vivien Leigh.

As you must know, Resident Evil has been adapted to movies, but many fans got disappointed about it, because the movies tell a different story. Have you seen the movies? What do you think of them?
I saw the first Resident Evil and also Afterlife. I thought of it as a separate thing for the game. I was excited to see some of the characters like Claire and Chris in the latest movie. I enjoyed the film, but if I were directing it there are a few things I’d definitely do differently.

Who would you like to see performing Rebecca Chambers on the big screen?
Hmm…I’m not sure. I haven’t thought too much about it. She’d have to be a younger actress that could still hold her own with all the action.

Could you tell us about your future plans and works? Do you have any projects going on right now? Any projects related to the Resident Evil series?
Well, Resident Evil: Revelations for 3DS will be out soon and I worked on that. I think that’s all I can say. Jill’s butt looks great in 3D.

Would you like to send a message for us fans of the Resident Evil series?
Thank you for all your support. I hope the franchise is able to continue. I’ve always loved the games cuz they scared me and I think it’s awesome that Capcom is able to keep telling these stories. It’s like a whole other world that is ongoing and it’s really to the credit of the fans.

COMPARTILHAR