Artigo Traduzido | Extra Files: Creature Encyclopedia

0

Em Outubro de 2013, em comemoração ao primeiro aniversário do jogo Resident Evil 6, a Capcom lançou a nova seção Extra Files na sua rede social para os jogadores da série. Estes arquivos extras, divididos em Creature Encyclopedia e Digital Archives, consistem em aprofundar o jogador e o fã em diversos aspectos da franquia, desde personagens e fatos da trama até produtos lançados no mercado.

Confira a tradução destes arquivos logo abaixo.
→ Veja também: Extra Files | Digital Archives


ZumbiZUMBIS (T-VIRUS)

Descrição: Zumbis são humanos ressuscitados dos mortos, por infecção do T-Virus. Sintomas do T-Virus incluem mutação e decomposição progressiva da pele. Eles são conhecidos como “Zumbis” por conta de sua aparência grotesca e cadavérica. Eles perambulam em busca de carne humana, sua única fonte de nutrição, já que precisam constantemente de grandes quantidades de energia para sustentar o súbito aumento na demanda metabólica. Apesar de pequenas quantidades de danos não conseguirem deter um zumbi, eles podem ser eliminados ao destruir a cabeça.
Notas: Os zumbis mostrados em RE1 são os mais conhecidos, mas há vários tipos de zumbis, como os zumbis policiais e as garotas zumbis “sensuais”, usando uma regata, em RE2. Personagens como Edward, Forest e Brad dos S.T.A.R.S. também acabam zumbificados. Steve, em Code Veronica, é tragicamente forçado a matar seu pai zumbificado na cena que talvez seja a mais emocionante da série.


HunterHUNTER (T-VIRUS)

Descrição: Uma B.O.W. de combate com pele escamosa e garras compridas e afiadas como lâminas, criadas ao utilizar o T-Virus para cruzar DNA reptiliano e outros com um óvulo humano fertilizado. Enquanto zumbis são o resultado de infecção intencional do T-Virus, o convenientemente nomeado Hunter foi especificamente planejado e persegue incessantemente seu alvo com sua força superior e incrível agilidade.
Notas: A presença opressiva do Hunter vem sendo um elemento da série desde RE1 ao aparecer o primeiro Hunter, quando o jogador retornava da casa de hóspedes (guardhouse) à mansão. Eles vêm perseguindo jogadores incessantemente desde então, e sua notoriedade como um dos inimigos mais fortes também é bem merecida. Quem sabe quantos jogadores foram vítimas das longas garras de um Hunter, enquanto tentavam fugir de um, como se fosse apenas um zumbi? Como esperado de um projeto de pesquisa de armas, uma variedade de Hunters foi eventualmente desenvolvida, incluindo o Hunter Alpha, Hunter ß e Hunter Gamma, cada um com suas próprias características.


El GiganteEL GIGANTE (PLAGA)

Descrição: Criado pela implantação da Plaga (os parasitas antes confinados sob o Castelo Salazar) e por manipulação genética, o El Gigante, como seu nome em espanho sugere, tem quatro vezes o tamanho de um ser humano normal. Apesar de ser dotado de incrível força e resistência, sua inteligência é severamente delibitada – Ganados que não mantêm distância dele são geralmente mortos por sua fúria cega, e os poucos Gigantes foram criados por causa desta brutalidade incontrolada.
Notas: Gigantes são encontrados em três batalhas memoráveis em RE4. O primeiro encontro marca pelo impacto de ver o Gigante pela primeira vez, e o cão que aparece heroicamente (dependendo das ações anteriores do jogador) para distrair o Gigante sem dúvidas fez muitos sorrirem. O terceiro encontro, que faz o jogador enfrentar dois Gigantes de uma vez só, certamente também se fixou nas mentes de muitos jogadores. Apesar de não ser obrigatório enfrentar o Gigante que aparece durante o segundo encontro, jogadores hardcore de RE4 irão querer derrotá-lo pela quantidade de ‘pesetas’ deixada.


Ganado CultistaGANADO CULTISTA (PLAGA)

Descrição: Ganados são humanos implantados e controlados pelas Plagas, parasitas que antes estavam confinados sob o Castelo Salazar. Apesar de humanos implantados com as Plagas perderem a habilidade de raciocinar independentemente, depois que o parasita se anexa ao seu sistema nervoso central, eles retêm sua inteligência e são capazes de se comunicarem e compreenderem uns aos outros. O tipo de Ganado que se desenvolve após a implantação depende do hospedeiro humano – em particular, Ganados são adeptos do culto dos Los Illuminados.
Notas: Ganados são inteligentes, o que claramente os distingue dos zumbis, que só obedecem aos mais rudimentares instintos de sobrevivência. Ouvir alguém gritando para você em linguagem humana – mesmo aquela que é incompreensiva – resulta em um tipo de medo que é inteiramente diferente do que se sente ao enfrentar zumbis. Incidentalmente, os Ganados falam espanhol, e todas as suas frases realmente significam algo – descobrir o que significa pode ser uma experiência esclarecedora, para dizer o mínimo…


Executioner MajiniMAJINI EXECUTOR (PLAGA EVOLUÍDA)

Descrição: O incrivelmente forte Majini Executor (Executioner Majini) é o resultado da implantação do parasita Plaga Tipo 2 em indivíduos com físico superior. A implantação aumenta a força e resistência originais do indivíduo, permitindo-os carregar um enorme machado criado ao prender uma corrente de guilhotina a um poste; o machado é usado em qualquer um que for tolo o bastante para recusar a implantação da Plaga. Este Majini tem um nome realmente apropriado…
Notas: Apesar das formidáveis dimensões do Majini Executor e de seu machado serem instantaneamente reconhecíveis agora, durante o desenvolvimento, era o Majini da Motosserra quem carregava o machado e tinha a honra do título de “Executor”. Os espetos grudados no Executor foram adicionados no último minuto para aumentar a sua aparência já ameaçadora. Você pode encontrar notas similares e comentários sobre o desenvolvimento no livro “The Art of Resident Evil 5” (A Arte de Resident Evil 5).


LickerLICKER (T-VIRUS)

Descrição: Lickers são o resultado de uma mutação causada pela progressão da infecção do T-Virus em um corpo humano hospedeiro zumbificado. Eles foram assim nomeados pela equipe do Departamento de Polícia de Raccoon por suas línguas peculiarmente compridas. Tendo perdido completamente todo o sentido da visão, os Lickers são incapazes de rastrear sua presa visualmente; para compensar, eles têm o sentido da audição superdesenvolvido, e atacarão as vítimas com suas línguas e garras ao menor som.
Notas: Apesar de os Lickers serem originalmente o resultado de uma mutação não intencional, eles foram adotados como B.O.W.s devido ao seu potencial, e estão entre as criaturas mais famosas de Resident Evil, graças às suas habilidades de escalar paredes e suas línguas compridas. Muitos jogadores se lembrarão do choque de serem surpreendidos por uma sala cheia de Licker ßs, após abrir os portões de uma certa área em Resident Evil 5. Miguel, o “gênio” por trás da criação do Licker ß, também esteve altamente envolvido na pesquisa do vírus Uroboros.


LurkerLURKER (T-VIRUS)

Descrição: Uma B.O.W. criada durante a pesquisa inicial do T-Virus, quando testes de compatibilidade de várias espécies com o vírus resultaram em vários experimentos falhos. O Lurker foi o resultado do teste de compatibilidade com um anfíbio – especificamente, um sapo. Apesar de altamente agressivo, sua baixa inteligência impediu sua implementação como B.O.W. – Lurkers não demonstram desenvolvimento cerebral após a infecção com o T-Virus e não podem ser controlados, um problema sério para o seu uso como arma. Acredita-se, portanto, que anfíbios não são suficientemente compatíveis com o T-Virus, e a falha de um projeto posterior baseado em anfíbios, o Hunter Gamma, leva a uma conclusão semelhante.
Notas: Lurkers aparecem em RE0 e, apesar de serem limitados por natureza a regiões de água, a visão do que parece ser um sapo enorme pode ser um tanto perturbadora. O ataque com sua língua comprida os torna parecidos com o Licker, mas o que diferencia o Lurker é o fato de que eles engolem o jogador inteiro depois que atacam. É uma boa ideia garantir que seu parceiro esteja bem armado em áreas onde o Lurker aparece, já que este ataque causa morte instantânea, se for bem sucedido.


NdesuNDESU (PLAGA EVOLUÍDA)

Descrição: Uma B.O.W. de tamanho colossal criada ao utilizar os dados obtidos a partir do El Gigante desenvolvido na Europa, Ndesu tem a honra de ser a maior criatura humanoide implantada com a Plaga. Apesar de ser neutralizada ao destruir as cinco Plagas presentes em seu enorme corpo, a tarefa não é fácil, graças à incrível resistência da Plaga. A força sobre-humana do Ndesu também lhe permite quase que sem esforços erguer e lançar objetos incrivelmente pesados, como postes telefônicos e jipes militares.
Notas: O Ndesu recebeu este nome a partir do mítico ogro canibal da África Central e é encontrado no momento em que o jogador espera um descanso, quando ele repentinamente esmaga um membro da BSAA com o pé. A perseguição no carro é semelhante a um jogo de tiro – o movimento restrito imposto pelo jipe, combinado com o impacto do Ndesu, quando ele se aproxima, cria uma experiência notável de tensão. Irving revela sua falta de profissionalismo ao libertar o Ndesu em uma espécie de vingança infantil: um verdadeiro executivo nunca desperdiça seus próprios recursos de forma tão inconsequente.


StingerSTINGER (T-VIRUS)

Descrição: O Stinger (Ferrão) é a B.O.W. em forma de escorpião que sofreu um crescimento incrivelmente rápido devido a administração do T-Virus. Enquanto o vírus faz o corpo todo crescer o suficiente para atingir três metros, reforça o exoesqueleto e deixa suas pinças duras o bastante para cortar aço, o ferrão característico no rabo do escorpião não produz veneno, e ainda há muito espaço para melhorias como B.O.W.. Devido a um defeito na carapaça, atacar a cabeça revela a fragilidade do exoesqueleto ao redor.
Notas: O Stinger aparece na sala de arte do segundo andar a bordo do Ecliptic Express, um trem de luxo em estilo europeu. A combinação do vagão do trem com o enorme tamanho do Stinger resulta inevitavelmente na maioria de seus ataques serem direcionados à cabeça, e seu ponto fraco ficar exposto. De certa forma, dá até para sentir pena do Stinger: se a batalha se passasse em um lugar maior, como um campo, ele teria mais chances, e o jogador teria um desafio maior.


U-8U-8 (PLAGA EVOLUÍDA)

Descrição: Uma das B.O.W.s criadas pelo projeto de desenvolvimento de armas com a Plaga. Ele vem protegido por uma imensa carapaça de vários metros de comprimento, essencialmente uma arma dentro e fora dela, e possui garras de três metros, que ele usa em combate corpo a corpo para efeito devastador. A área do ventre, naturalmente usada para incubação, abriga pequenas B.O.W.s. Apesar de serem erroneamente consideradas como uma forma larval do U-8, elas são, na verdade, uma espécie de B.O.W. completamente diferente.
Notas: Assim como o Stinger, anteriormente mostrado, e no que parece ser o desino de todas as B.O.W.s com blindagem, o U-8 também sofre de um ponto fraco na carapaça. De acordo com um arquivo encontrado no jogo, uma versão melhorada do U-8 com uma carapaça totalmente formada, conhecida como U-8 Prime, também foi produzida, mas falhou em aparecer no jogo. Durante o desenvolvimento, outra versão do U-8, conhecida como U-8 Turno, foi planejada. Esta versão abriria mão da blindagem em favor de velocidade, mas acabou nem sendo incluído no jogo, nem mesmo nos arquivos do jogo.


BandersnatchBANDERSNATCH (T-VIRUS)

Descrição: Um protótipo de B.O.W. derivado de humano, desenvolvida mais como um Tyrant de uso geral, dando ênfase no lado prático, em vez de tentar produzir a arma perfeita. Seu atributo mais distintivo é a habilidade de estender seu braço direito flexível quase instantaneamente, uma característica até agora nunca vista em B.O.W.s humanoides. Enquanto isto garante ao Bandersnatch certas vantagens ao perseguir seu alvo, ele, por outro lado, sofre de falta de mobilidade por conta da atrofia de seus membros inferiores, o que causa um impacto em sua adequação como soldado a ser despachado rapidamente.
Notas: Apesar do tamanho de seu braço direito lembrar William Birkin após ele se infectar com o G-Virus, o Bandersnatch é mais agressivo. Seu braço pode ser usado não apenas para ataques, mas também para se mover por andares inteiros. Subir correndo um lance de escadas pode enganar a maioria das criaturas, mas o Bandersnatch não pára. Mesmo isto parecendo óbvio, seu braço poderoso só pode atacar com o lado direito, e seu braço esquerdo é virtualmente inútil, então se aproximar pela esquerda é a escolha correta ao lidar com um Bandersnatch.


NosferatuNOSFERATU (VÍRUS T-VERONICA)

Descrição: O que um dia foi Alexander, o sexto líder da família Ashford. Alexander se transformou um um monstro brutal após falhar em assimilar o vírus T-Veronica administrado por sua própria filha, Alexia. O vírus induziu ao crescimento de tentáculos e fez seu coração ficar exposto sobre suas costelas. Veneno também é produzido dentro de seu corpo e reage com o oxigênio, produzindo uma névoa tóxica. A natureza letal de Nosferatu fez com que ele fosse mantido sob a Base da Antártida por quinze anos.
Notas: Considerando o quanto a trama gira em torno das relações familiares – por exemplo, Alexia usando seu pai como cobaia, Steve sendo forçado a matar seu próprio pai, Chris tentando resgatar sua irmã Claire, e Alfred sofrendo de dupla personalidade por sua irmã Alexia – a “família” poderia muito bem ser considerada o subtema por trás de Code Veronica. Tente jogar o jogo mais uma vez mantendo isto em mente, e você poderá ver as coisas de uma forma diferente.


CerberusCERBERUS (T-VIRUS)

Descrição: O Cerberus é uma B.O.W. criada ao administrar o T-Virus em um Doberman, uma raça canina de grande porte apropriada para uso militar. Apesar dos efeitos do vírus incluírem  considerável deterioração da pele, a velocidade, habilidade de saltar, resistência e agressividade do Cerberus evoluem substancialmente, e ele retém a característica canina de ser excelente ao atacar em grupo. Seu baixo custo, sua eficiência como arma e seu excelente custo-benefício tornam o Cerberus um sucesso extraordinário.
Notas: Apesar de os cães de Resident Evil serem, sem dúvida, familiares à maioria dos fãs, alguns jogadores podem não estar cientes de que há, na verdade, dois tipos diferentes. O Cerberus descrito acima foi desenvolvido como B.O.W., mas outros cães na série simplesmente sofreram zumbificação acidental após ingerir, por exemplo, comida contaminada com o T-Virus, e são geralmente conhecidos simplesmente como Cães Zumbis. Ambos são igualmente considerados como alvos difíceis de mirar, por seus movimentos rápidos e errantes.


Monster SteveSTEVE MONSTRO (VÍRUS T-VERONICA)

Descrição: A forma modificada de Steve Burnside após ser capturado e injetado com o vírus T-Veronica por Alexia Ashford. Os efeitos desfigurantes do vírus dificultam o discernimento de qualquer traço humano além de seu rosto. Sua mente, porém, não foi completamente tomada, e ele é capaz de recuperar o controle de si mesmo para defender Claire com sua própria vida.
Notas: Há diversos exemplos de humanos que mutaram após serem injetados com um patógeno, como William Birkin, que se infecta com o G-Virus, Irving, que faz o mesmo com uma amostra dominante do parasita Plaga, e Excella, que é injetada à força com o vírus Uroboros. Steve, graças aos seus sentimentos por Claire, foi um dos poucos a conseguir recuperar a consciência depois de infectado, o que pode explicar por que ele continua sendo um personagem popular, apesar de só ter aparecido em um único jogo.


Chainsaw GanadoGANADO DA MOTOSSERRA (PLAGA)

Descrição: Ganados são humanos com a amostra subordinada do parasita Plaga. Ganados com Motoserra se adaptaram melhor à Plaga injetada, se comparados aos Ganados normais, e isto lhes deu força física e resistência incríveis. Seu apetite por destruição é evidente pela maneira como ele maneja sua grosseira motosserra e persegue implacavelmente qualquer coisa que acredite ser um inimigo.
Notas: Vestindo uma camiseta suja, suspensórios e um saco sobre a cabeça, o Ganado da Motosserra é qualquer coisa, menos normal. As Irmãs da Motosserra, cujas cabeças são cobertas por faixas, e o grande Ganado da Motosserra, que carrega uma motosserra com duas lâminas, são outros exemplos de Ganados de Motosserra. Como o último só aparece no Mercenaries, os que não o viram ainda deveriam tentar jogar o modo extra.


Jack KrauserJACK KRAUSER (PLAGA)

Descrição: Uma ex-soldado americano e ex-parceiro de Leon em uma única missão, Krauser se uniu a Wesker após sua exoneração do exército e foi ordenado a se infiltrar no culto dos Los Illuminados. Foi o próprio Krauser quem conduziu o rapto da filha do Presidente dos EUA, Ashley. Apesar de a ordem de Krauser ser de obter a amostra da Plaga, ele ficou seduzido por seu poder e voluntariamente recebeu a variante dominante para adquirir habilidades super humanas. Após um confronto com seu antigo parceiro Leon, Krauser decide acertar as contas de uma vez por todas através do combate, mas acaba sendo derrotado.
Notas: Apesar de a rivalidade com Leon ser a maior razão para sua fama, ele também é um dos personagens disponíveis para uso no The Mercenaries. Como sua arma principal é um arco-e-flecha, ele pode atacar sem ter que parar para recarregar, e o ataque de seu inestimável braço esquerdo pode derrotar qualquer inimigo com um só golpe, uma habilidade útil ao realizar combos.


CorvoCORVOS (T-VIRUS)

Descrição: Corvos podem sofrer infecção secundária ao ingerir carne contaminada com o vírus e atacar agressivamente humanos sem hesitar. Apesar de corvos saudáveis serem geralmente espantados por sons altos, corvos infectados raramente são detidos até pelo som de um tiro, presumivelmente outro efeito do T-Virus. Como potencial vetor pelo ar, corvos são uma perigosa ameaça durante epidemias, já que podem drasticamente aumentar a área de infecção.
Notas: Veteranos de RE1 com certeza estarão se lembrando dos corvos na galeria de quadros, apesar do fato de matar corvos em RE5 ser uma distração lucrativa.


GarradorGARRADOR (PLAGA)

Descrição: Garradores são o resultado dos experimentos de fortalecimento corporal com a Plaga e, como tal, demonstram incríveis habilidades físicas. Eles têm grandes garras afiadas afixadas em cada um de seus braços. Como os Garradores atacam cruelmente qualquer coisa que entre em seu campo de visão, suas pálpebras foram pregadas, e eles ficam seguramente presos em celas até serem necessários. Para compensar sua cegueira, eles tem o sentido da audição aguçado. Usando isto, eles podem localizar com precisão seus alvos e desmembrá-los com suas garras.
Notas: RE4 e RE5 trazem inimigos com pontos fracos em destaque, que precisam ser revelados se alguém quiser ter a esperança de derrotá-los. Estes pontos geralmente se manifestam como o parasita Plaga, e o Garrador não é exceção (a Plaga está localizada em sua espinha). Se você não atacar a Plaga na espinha do Garrador, causará apenas um décimo do dano que poderia. Então, em vez de um ponto fraco, a Plaga pode ser considerada como o *único* local de dano.


ColmillosCOLMILLOS (PLAGA)

Descrição: Cães com o parasita Plaga que andam em bandos, atacando intrusos em hordas. Seu nome significa “presas” em espanhol, que são sua arma primária, e que cresceu a um tamanho em que quase saltam de suas bocas. O parasita também ira ocasionalmente romper a pele das costas do Colmillo e usar seus tentáculos para atacar. Suas habilidades caninas de batalha foram aprimoradas com maior agressividade e resistência, graças à assimilação da Plaga.
Notas: Há duas variantes de cães infectados por Plaga, Colmillos (RE4) e Adjule (RE5), e eles são formatos de forma um tanto diferente: enquanto os Colmillos apresentam apenas presas aumentadas, o Adjule tem um conjunto de presas afiadas nas duas metades de sua cabeça dividida. Seria interessante saber se esta diferença é por causa do tipo de cão infectado, ou por causa da variante diferente de Plaga utilizada (as Plagas aprimoradas de RE5 são resultado de pesquisas de B.O.W.).


Giant MothMARIPOSA GIGANTE (T-VIRUS)

Descrição: Uma mariposa usada para experimentos que escapou do laboratório de pesquisas da Umbrella. Apesar de a infecção do T-Virus ter aumentado consideravelmente o tamanho de seu corpo, as asas não foram afetadas no mesmo grau, e ela só consegue voar por pouco tempo. Mesmo com movimentação limitada, porém, ela não deve ser subestimada, já que o número e a toxicidade de suas escamas também foram altamente aprimoradas. Sua forma larval é conhecida como Mariposa Bebê.
Notas: Apesar do efeito mais conhecido do T-Virus ser a zumbificação, como pode ser observado em humanos, o gigantismo também é comum. É um efeito que se mostra na Mariposa Gigante e em outras criaturas anteriormente descritas, como o escorpião gigante Stinger. Versões gigantes de criaturas familiares são suficientes para provocar um tipo visceral de medo, o que piora quando aplicada em criaturas já assustadoras, como as mariposas.


IvyIVY/HERA (T-VIRUS)

Descrição: Formalmente chamada de Plant 43, a Ivy é uma B.O.W. desenvolvida a partir da análise de dados coletados da Plant 42, a planta acidentalmente criada na casa de guarda do laboratório Arklay. Como resultado de cultivo seletivo, a planta é capaz de locomoção independente e pode atacar e farejar a presa com o uso de seus dois tentáculos. Além disto, o bulbo em forma de cabeça lança um fluido contendo enzimas digestivas que podem incapacitar suas vítimas. Heras possuem uma habilidade excepcional de se adaptar ao ambiente ao redor, adaptando-se quase que imediatamente até às toxinas no ar.
Notas: Apesar de plantas carnívoras serem encontradas no mundo real, sua existência é limitada a respostas básicas ao estímulo externo. Devido a administração do T-Virus e a outras pesquisas relacionadas às melhorias de B.O.W., através de um processo que poderia ser definido como evolução, Heras possuem uma inteligência primitiva. Assim como o vírus Uroboros, o T-Virus tem o efeito de acelerar o grau evolucionário de espécies infectadas.


Plague CrawlerPLAGUE CRAWLER (T-VIRUS)

Descrição: Uma B.O.W. desenvolvida ao manipular geneticamente múltiplas gerações de espécies de insetos infectadas com o T-Virus. Criado no início da pesquisa do T-Virus, o Plague Crawler tem cerca de dois metros de comprimento e possui patas gigantes, letais, em forma de foice. Apesar de não ser apropriada para uso em combate real, e de pesquisas futuras terem sido canceladas e os espécimes destruídos, um certo número de Plague Crawlers conseguiu escapar do Complexo de Treinamento Executivo da Umbrella, então não se pode dizer que a espécie está completamente extinta.
Notas: Manipular os genes de criaturas para melhorá-las ou produzir uma nova espécie é um processo que ocorre na vida real, mas o uso do T-Virus produz resultados mais drásticos, como a mutação esporádica das características de uma criatura, ou o surgimento de múltiplas criaturas em um único organismo. Junto com o gigantismo e com a acelerada evolução mencionada anteriormente, esta capacidade de fusão é mais um dos atributos mais óbvios do T-Virus.


Mimicry MarcusMIMICRY MARCUS (VÍRUS PROGENITOR)

Descrição: Um grupo de inúmeras sanguessugas que assumem a forma do finado Professor James Marcus*. Quando ameaçadas, as sanguessugas se separam, se reorganizam e preparam o ataque (apesar de ainda manterem uma vaga forma humanoide, todos os vestígios do Professor Marcus desaparecem completamente). Elas atacam alongando o que seria o braço, açoitando como um chicote.
*Professor James Marcus: O primeiro diretor do Complexo de Treinamento Executivo da Umbrella.
Notas: Agrupar-se para imitar outra criatura é um comportamento extraordinário para vermes tão primitivos como sanguessugas. Este comportamento é resultado não apenas da evolução acelerada de cada sanguessuga individual por causa do vírus Progenitor, mas também pelo fato de que as sanguessugas desenvolveram uma maneira de compartilhar e processar informações umas com as outras, da mesma maneira como computadores podem desempenhar processos paralelos. Este fenômeno não teria sido possível sem o vírus Progenitor, uma maravilha que nem o Professor Marcus conseguiria prever, e a prova de que as habilidades evolucionárias e mutacionais do Progenitor e do T-Virus estão além do atual entendimento humano.


Lisa TrevorLISA TREVOR (VÁRIOS)

Descrição: Grotescamente desfigurada e quase sem lembranças de quem foi um dia, Lisa Trevor foi submetida a uma variedade de horríveis experimentos nos últimos 20 anos; seu corpo é agora nada mais do que uma incubadora viva para protótipos de novos tipos de vírus. Ela tem interesse particular por atacar pesquisadoras, talvez por confundi-las com sua própria mãe, que perdera a vida em experimentos semelhantes.
Notas: Mutações causadas por infecção viral podem ocasionalmente produzir resultados inesperados. O Licker pode ser um dos exemplos mais conhecidos, mas Lisa Trevor, que suportou não apenas mutações, mas também foi a fonte do G-Virus, é, com certeza, o caso mais extremo. Não se sabe se o vírus foi resultado da síntese de dois ou mais patógenos com os quais ela fora injetada, ou se ele foi criado pela influência de algum outro fator desconhecido que ela possua. O G-Virus a transformou em tudo, menos imortal, e este fato é mostrado no jogo. Para aqueles que buscam mais informações, seu destino final é mostrado em The Umbrella Chronicles.


Proto TyrantPROTO TYRANT (T-VIRUS)

Descrição: Um protótipo da B.O.W. “forma de vida mais poderosa”, o Tyrant. Assim como o modelo de produção, seu coração é exposto, e devido a deterioração excessiva de sua pele, sua medula espinhal também é visível. Apesar de sua aparência externa não deixar dúvidas de sua incompletude, seus atributos fisiológicos são equivalentes aos do modelo de produção e ele atingiu seu objetivo como protótipo. A agressividade em particular do Proto Tyrant lembra bastante a do modelo em produção depois de libertado do Limitador de Força, e ele também demonstra incrível vitalidade.
Notas: O T de T-Virus significa Tyrant (Tirano). Esta é uma indicação clara do objetivo primário da pesquisa relacionada a B.O.W. com o T-Virus: a série Tyrant. No caso do Proto Tyrant, a quantidade de desenvolvimento cerebral necessária para executar ordens foi subestimada, e isto, junto com outros efeitos colaterais causados pelo uso excessivo do T-Virus, levou ao seu fracasso. Apesar de sua aparência externa não fazer jus às suas falhas no senso prático, comparado ao modelo de produção, ele talvez represente mais o “terror” em Resident Evil.


RegeneratorREGENERADOR (PLAGA)

Descrição: O Regenerador foi criado através de experimentos ao implantar diversos parasitas Plaga em um único hospedeiro humano. Como indica o seu nome em espanhol, ele possui incríveis capacidades regenerativas e pode substituir partes corporais perdidas quase que instantaneamente. Apesar de ainda humanoide, ele sofreu uma variedade de mutações peculiares, incluindo a perda das duas orelhas e do nariz, ganhou olhos brilhantes e uma boca constantemente aberta babando, com dentes afiados como presas. Nada humano permaneceu quanto à inteligência.
Notas: Regeneradores podem ser destruídos ao atirar nas Plagas embutidas, com um rifle equipado com mira termal. Apesar de o Regenerador morrer após destruir todas as Plagas visíveis, há mais uma escondida nas suas costas. O Ndesu de RE5 também foi hospedeiro de diversas Plagas e criado como uma B.O.W. gigante, com atributos adicionais do Regenerador. Isto ajuda a demonstrar que o desenvolvimento de B.O.W. não é desempenhado através de experimentos repetidos e aleatórios, mas seguem uma metodologia específica semelhante ao desenvolvimento de armas normais.


Giant MajiniMAJINI GIGANTE (PLAGA EVOLUÍDA)

Descrição: Membros da tribo Ndipaya cuja altura chega a três metros devido a um efeito colateral inesperado da implantação da Plaga Tipo 3 experimental. Eles avisam sua chegada com um grito de guerra e carregam clavas pesadas feitas a mão com crânios e espetos. Suas habilidades ofensivas e defensivas são muito superiores às dos Majini comuns do pântano.
Notas: Da mesma forma como certas criaturas e indivíduos demonstram compatibilidade excepcional com os vírus, o Majini Gigante carrega compatibilidade excepcional com as Plagas. O principal sinal desta compatibilidade com a Plaga Tipo 3 é o gigantismo, apesar de ela só se manifestar em indivíduos adultos possuidores dos cromossomos X e Y (homens adultos). Apesar de se acreditar que este efeito seja principalmente por conta da influência da Plaga dominante original, o número de cobaias é excessivamente pequeno e os detalhes ainda são desconhecidos.


NeptuneNEPTUNE (T-VIRUS)

Descrição: De codinome FI-03, o Neptune é uma B.O.W. baseada em um feroz tubarão branco gigantesco. Foi desenvolvida como parte de um experimento para determinar a compatibilidade do T-Virus com vida marinha. Seu tamanho imponente e sua agressividade foram altamente aprimorados, e ele também demonstra uma tenacidade ímpar – O Rei do Mar seria um nome apropriado para esta criatura.
Notas: Apesar de um grande e dois espécimes médios aparecerem no jogo, o terceiro e maior deles com certeza causará uma impressão consideravelmente maior. Sua habilidade de combate pode surgir quando o jogador está andando pelo perímetro do tanque de água. Depois que o tanque é drenado, porém, as criaturas inofensivas podem facilmente ser derrotadas a distância, e talvez este seja o contraste que teve o maior impacto de todos.


YawnYAWN (T-VIRUS)

Descrição: Uma cobra venenosa criada para experimentos, a Yawn escapou do laboratório e cresceu em gigantes proporções após contrair o T-Virus. Foi chamada de Yawn pelos pesquisadores pela maneira como abre a sua boca ao engolir a presa inteira. Possui um corpo relativamente curto, comparado à sua circunferência, e suas presas liberam um veneno especialmente potente que só pode ser contido com um soro especificamente formulado.
Notas: As versões gigantes de criaturas cotidianas provocam um medo que não pode ser explicado somente por seu tamanho – deve ser instintivo. Há diversos momentos memoráveis no jogo associados à Yawn, como o primeiro encontro com a criatura e a caça pelo soro após a batalha. A Yawn também é associada com a apresentação dos membros da Equipe Bravo dos S.T.A.R.S., Richard e Rebecca – esta pode ser outra razão para a sua popularidade.


Licker BetaLICKER ß (T-VIRUS, PROGENITOR VIRUS)

Descrição: O sucessor do Licker, produto de uma mutação inesperada. O Licker ß foi criado por um empregado da Tricell, usando o vírus Progenitor em uma tentativa de melhorar o Licker, mas os resultados não foram inteiramente satisfatórios. Apesar de ter perdido quase que completamente a sua visão, ele tem uma audição aguçada e um olfato apurado. Também pode escalar paredes e atacar com suas garras afiadas e língua comprida, atributos que o tornam muito semelhante ao espécime que se desenvolveu em Raccoon.
Notas: O Licker ß é uma B.O.W. singular que foi desenvolvida ao administrar o vírus Progenitor em uma B.O.W. de T-Virus. Os detalhes podem ser lidos no arquivo encontrado no jogo “Diário de Miguel, Pesquisador da Tricell – Nº.1”. Quando o Licker ß é ferido, cai de costas, expondo seu coração, facilitando a sua morte; tenha certeza de tirar vantagem deste ponto fraco.


Iron MaidenIRON MAIDEN (PLAGA)

Descrição: Uma especialização para combates do Regenerador, que possui inúmeros espetos em seu corpo, além das habilidades regenerativas do Regenerador. Pode alongar seus braços para capturar e empalar alvos em seus espetos. Seu nome foi tirado de um instrumento medieval de tortura (Donzela de Ferro), um contêiner do tamanho de um humano com espetos em seu interior para executar vítimas ao trancá-las lá dentro.
Notas: A principal característica do Iron Maiden são seus espetos, que ele usa para seu abraço mortal. Compartilha do ponto fraco do Regenerador, apesar de acabar se tornando mais difícil de derrotar se o jogador não tiver uma mira de visão termal. Apesar de também ser vulnerável a granadas incendiárias, se não tiver nenhuma a mão, ele também pode ser temporariamente imobilizado ao atirar em suas pernas e, então, eliminado, ou se pode fugir.


OozeOOZE (T-ABYSS VIRUS)

Descrição: Estas criaturas monstruosas são o resultado de quando humanos são infectados com o vírus T-Abyss. Ao se aderir à membrana celular, o vírus faz as células absorverem uma quantidade excessiva de água, e conforme a pressão osmótica aumenta, as células ficam encharcadas e eventualmente explodem, criando a aparência derretida característica do Ooze. Após o processo causado pelo vírus se repetir por todo o corpo, o hospedeiro é deixado com a pele parcialmente liquefeita e um corpo branco inchado, semelhante ao de um corpo afogado. Conforme as células do vírus T-Abyss se multiplicam, e fazem seu hospedeiro sair em busca de nutrição e hidratação – é por causa deste impulso que o Ooze suga os fluidos de sua presa.
Notas: Se há uma criatura que simboliza o Revelations, é o Ooze, com sua pele branca e gelatinosa, que lembra a imagem perturbadora de cadáveres afogados. Existem quatro tipos gerais de Ooze que aparecem no jogo: os Ooze normais mostrados aqui, aqueles que disparam ossos, devido a uma mutação em um braço (seu outro braço desapareceu quase que completamente), aqueles com braços em forma de foice e um ataque mais poderoso, e aqueles sem cabeça ou braços que se autodestroem. Jogadores astutos irão manter distância deste último.


Sea CreeperSEA CREEPER (T-ABYSS VIRUS)

Descrição: Como o nome sugere, o Sea Creeper (Rastejador do Mar) é um monstro aquático que resulta de uma mutação específica após o contágio em humanos. A mutação é vista predominantemente em mulheres, e a carapaça sem atrito que sai de seu cabelo longo e cobre seu corpo inteiro permite que se aproximem em silêncio das vítimas na água. Quando estão suficientemente próximas, eles saltam e se alimentam da presa, usando seus seis braços; ninguém pode fugir do abraço maternal do Sea Creeper.
Notas: O Sea Creeper pode ser um inimigo problemático quando se está na água. Em água turva, pode ser difícil discernir o quanto eles estão próximos a olho nu, então o scanner Genesis deve ser usado para detectá-los. Em áreas inundadas, Sea Creepers podem ser derrotados usando armas normais, mas embaixo d’água eles se tornam verdadeiramente perigosos; não há armas que possam ferir fatalmente um Sea Creeper embaixo d’água, e a única maneira e evitar ser atacado é usar Granadas de Pulso como distração. Como o ar do jogador dura por pouco tempo, a melhor tática é sair da água o mais rápido possível.


GhiozzoGHIOZZO (T-ABYSS VIRUS)

Descrição: Ghiozzo são peixes que mutaram para ferozes bestas carnívoras devido a um contágio do T-Abyss. Eles lembram o peixe de alto-mar que foi descoberto como sendo o vetor do vírus Abyss, um precursor do vírus T-Abyss. Os efeitos do vírus incluem um apetite significantemente elevado, presas afiadas e uma mandíbula poderosa que lhes permite mastigar praticamente qualquer coisa. Enquanto filmes popularizaram a imagem ficcional de um ataque de piranhas, um cardume de Ghiozzo pode aniquilar um mamífero grande em questão de segundos, até os ossos.
Notas: Por ser uma criatura em forma de peixe, o Ghiozzo passa a maior parte do tempo na água, mas isto não significa que você esteja seguro em terra seca. Eles podem pular e atacar repetidamente os alvos perto da margem d’água, e também conseguem se locomover fora da água, e pular em qualquer coisa que se move (apesar de parecerem estar sofrendo, qualquer um que for tolo o bastante de se aproximar de um deles terá uma terrível surpresa). A forma mais efetiva de lidar com um Ghiozzo é desviar deles sem se aproximar, ou atirar neles a distância.


ScagdeadSCAGDEAD (T-ABYSS VIRUS)

Descrição: Scagdead são resultados de uma mutação espontânea em indivíduos com alta resistência ao vírus. Esta resistência só é vista em aproximadamente um em mil indivíduos, e nem estes indivíduos que são altamente resistentes não são completamente imunes. Em questão de dias ou de semanas de infecção, o hospedeiro desenvolve uma febre alta, junto com coceira e inchaço entre os ombros e pescoço, e gradualmente perde a consciência, conforme o inchaço aumenta. Apesar de o hospedeiro continuar completamente ciente de que está adoecendo, nada pode ser feito, depois que vírus toma o corpo. Eventualmente, eles sucumbem à loucura induzida pelo vírus, mesmo com os sussurros inconscientes da cabeça humana do Scadgead assustadoramente semelhantes aos de um sonâmbulo.
Notas: Como se pode imaginar por seus corpos enormes, os Scagdead são muito mais resistentes, se comparados aos Ooze normais. Apesar de seu braço direito em forma de serra poder causar dano fatal instantâneo, eles são relativamente lentos e vulneráveis a distância – apesar de levar mais tempo, esta é de longe a opção mais segura. Cuidado ao se concentrar demais no Scagdead, já que outras criaturas nas redondezas, enquanto você o ataca, podem rapidamente surpreender você.


Rachael OozeOOZE RACHAEL (T-ABYSS VIRUS)

Descrição: A forma mutada de Rachael, agente da FBC. Ela foi ordenada a se infiltrar no Queen Zenobia, mesmo sem informações, e foi atacada pelos indivíduos infectados pelo T-Abyss, conhecidos como Oozes. Ela se transformou em um Ooze após sucumbir ao ataque dos Oozes, mas muitos de seus atributos humanos foram incomumente preservados. Sua voz cheia de ódio conforme ela se aproxima a torna mais assustadora do que muitas outras criaturas.
Notas: Na versão piloto do jogo, inclusa no The Mercenaries 3D, a cena em que Rachael é brutalmente massacrada no dormitório da tripulação mostrava um personagem diferente chamado Richard. Apesar de ter nome, Rachael originalmente seria pouco mais do que uma personagem mutada que atacaria o jogador. No entanto, devido ao trailer de pré-lançamento que mostrou como ela acabou morrendo, sua popularidade agora rivaliza com as de alguns dos outros personagens.


Queen LeechSANGUESSUGA-RAINHA (VÍRUS PROGENITOR)

Descrição: Conforme seu nome sugere, a Sanguessuga-Rainha é a força controladora por trás de outras sanguessugas mutantes. Apesar de geralmente imitar um Professor Marcus mais jovem, ela pode se transformar na então chamada primeira forma da Sanguessuga-Rainha quando desejar. Ela possui inteligência extraordinariamente alta – resultado de ter tomado o corpo do Professor Marcus assassinado e assimilar seu DNA ao longo de dez anos. É conhecida como Sanguessuga-Rainha apenas por conveniência – sanguessugas são, na verdade, hermafroditas.
Notas: Sendo o chefe final de RE0, a Sanguessuga-Rainha é destruída através da combinação de luz do sol do teto aberto e um único tiro de Magnum disparado por Billy. Acredita-se que a maioria dos chefes finais na série são destruídos com um lança-mísseis, mas isto não é totalmente verdade, já que somente os chefes de RE1, RE4 e RE5 morrem desta forma. Não é totalmente necessário usar o lança-mísseis em RE4, e, apesar de ser conceitualmente semelhante, o chefe de CODE: Veronica é, na verdade, eliminado com a Linear Launcher. O mito é perpetuado presumivelmente por influência de RE1.


TyrantTYRANT (T-VIRUS)

Descrição: Uma B.O.W. que não apenas possui incríveis habilidades de combate, mas que também é inteligente o bastante para executar ordens. Suas capacidades de auto-defesa incluem sua alta resistência e habilidade de se transformar em um Super Tyrant ao desativar o Limitador de Força quando sua vida é ameaçada. Apesar deste último não ter sido originalmente planejado como atributo, a pele vermelha, sua brutalidade, agilidade e força quando liberadas se adequam verdadeiramente ao nome “Tyrant”. É fácil ver por que o Tyrant é considerado a B.O.W. ideal.
Notas: Desde quando aparece pela primeira vez e mata Wesker, até o momento em que é eliminado por um lança-foguetes, o primeiro chefe final da série, o Tyrant, deixou uma impressão permanente na franquia RE. O codinome deste Tyrant é T-002 – é uma versão anterior do modelo Tyrant T-103 produzido em massa. Assim como o Proto Tyrant em RE0, o T-002 também poderia ser considerado um protótipo para o T-103 de produção em massa, e o crescimento do número do modelo para 100 pode indicar a mudança do protótipo para modelo final de produção.


GG (G-VIRUS)

Descrição: Diferentemente do T-Virus, que não pode transmitir seus genes para gerações sucessoras, o insidioso G-Virus altera a informação genética dos hospedeiros infectados, permitindo se propagar para os descendentes do hospedeiro. William Birkin se injetou com o G-Virus, sua própria criação, e se transformou em um monstro conhecido como G. Por fim ele perdeu todo o senso de raciocínio e se tornou violento. Já o tendo dotado de incrível vitalidade e tenacidade, as células G continuaram mutando e corrompendo sua carne.
Notas: Apesar de ser fora o comum para um inimigo final em um jogo ter múltiplas formas, um com cinco formas é bem incomum, e o G pode ser o único que aparece no meio do jogo e continua mudando depois disto. Como pai de Sherry, a trama em torno de William também ajudou a estabelecer o G como um dos chefes finais mais memoráveis da série. Mesmo o G sendo destruído depois da quinta mutação, poderia também haver um sexto ou até sétimo estágio se as células G tivessem progredido. Caso o G-Virus um dia retorne à série, poderemos testemunhar estas e outras mutações.


Nemesis T-TypeNEMESIS-T TYPE (T-VIRUS / NE-Α TYPE)

Descrição: O projeto Nemesis foi criado e conduzido pelo Sexto Laboratório Europeu da Umbrella, como parte da pesquisa Tyrant. O Nemesis Tipo T (também conhecido como o Perseguidor) foi criado no laboratório ao implantar o parasita tipo NE-α, também desenvolvido como parte do projeto, em um Tyrant. Este parasita forma um cérebro separado que suplementa o do Tyrant, e não apenas leva a um crescimento substancial da inteligência, como também permite que o Tyrant seja controlado externamente, resultando na arma mais altamente avançada já criada.
Notas: Apesar do Nemesis Tipo T ser o chefe final do jogo, ele é quase certamente lembrado mais pela forma como grita “S.T.A.R.S.” ao perseguir o jogador de um local ao outro. Houve outros inimigos que falavam no jogo, como os Ganados de RE4 e os Majini de RE5, mas eles sempre davam a impressão de falar como humanos normais. Outros inimigos com a intenção clara de caçar o jogador incluem o Scagdead e Rachael de Resident Evil: Revelations. Eles podem ser considerados os sucessores espirituais do Nemesis Tipo T.


AlexiaALEXIA (VÍRUS T-VERONICA)

Descrição: Alexia conseguiu chegar à simbiose com sua própria criação, o vírus T-Veronica, ao passar quinze anos em um estado de animação suspensa na Base da Antártida. Sua primeira forma, apesar de ainda humanoide, tem seu corpo coberto de material fibroso em forma de tentáculos. Seu sangue reage violentamente após exposição ao ar, e quanto mais ela sofre danos, mais a área ao seu redor é tomada por sua fúria.
Notas: Alexia não é só a única mulher como chefe final na série (A Sanguessuga-Rainha de RE0 só era chamada de Rainha por conveniência; sanguessugas são, na verdade, hermafroditas, e apresentam três formas que são enfrentadas uma após a outra. Sua terceira e última forma não pode ser destruída com armas normais e deve ser destruída com a Linear Launcher. Apesar do lançador ter munição infinita, sua velocidade é relativamente lenta, o que significa que é preciso habilidade para predizer o trajeto do inimigo e acertar um tiro.


SaddlerSADDLER (PLAGA)

*Saddler antes da mutação
Descrição: A forma mutada de Saddler como líder de todas as Plagas. Numerosos tentáculos e quatro membros saem de seu corpo, e a cabeça na ponta de seu pescoço alongado possui um papo poderoso. Cada lembro também possui um globo ocular, que juntos eliminam quaisquer pontos cegos. A habilidade de Saddler de pular incríveis distâncias desafiam seu tamanho gigantesco, e sua carapaça rígida é virtualmente impenetrável por armas regulares.
Notas: O ponto fraco do escuro de Saddler é o grande globo ocular na ponta de seu pescoço, que é mais fácil de atacar quando ele está caído. Como o momento que ele passa no chão é muito curto, pode ser mais efetivo subir nele e o esfaqueá-lo com sua faca. Desta forma, não apenas fica impossível de errar, como o dano causado é geralmente maior.


Uroboros WeskerWESKER-UROBOROS (UROBOROS VIRUS)

Descrição: O antes invencível Wesker, desviador de balas, deliberadamente se infecta com o vírus Uroboros como último recurso, após ser enfraquecido por uma dose do supressor viral PG67A/W, injetado por Chris e Sheva. Os tentáculos característicos do Uroboros cobriram seus dois braços, e o direito absorveu inúmeros objetos metálicos próximos, formando uma arma particularmente letal. Apesar de Wesker ter perdido seus movimentos-relâmpago e sua agilidade, suas habilidades ofensivas e defensivas estão mais poderosas do que antes.
Notas: RE5 foi o primeiro na série principal a oferecer campanha em co-op. Isto se refletiu no design da batalha contra o chefe final, onde ambos os personagens são inicialmente forçados a lutar separadamente. Além disto, a batalha anterior a bordo do bombardeiro é o único local no jogo principal onde a arma de Wesker, a Samurai Edge, é mostrada (ela também aparece como parte do arsenal de Wesker nos modos Mercenaries e Versus).