ARTIGO ESPECIAL: Minha experiência com “Child Of Light”, RPG da Ubisoft
Escrito por Monique Alves   
Sáb, 09 de Maio de 2015 00:00

Meu interesse por Child Of Light, game da Ubisoft, desenvolvido pelo estúdio da publisher em Montreal, surgiu por acaso. Logo que comprei um Playstation 4, minha primeira aquisição foi um jogo de terror, que é o meu gênero favorito. Porém, na busca por demos de outros jogos do console, encontrei este, que parecia um jogo simples e bobinho, mas que acabou se revelando uma agradável surpresa. Bastou finalizar a demo para perceber que eu precisava ter a versão completa.
 
Child Of Light é um RPG com ares bem tradicionais (não que eu tenha jogado muitos RPGs, mas acho que sei diferenciar os estilos), na perspectiva 2D, com batalhas em turnos e todos os elementos (HP, MP, pontos de experiência etc) do gênero. O diferencial é que você se sente como se estivesse mergulhado em um conto de fadas, daqueles que os pais lêem para os seus filhos antes de dormir, tanto na parte gráfica, toda composta de cenários estáticos com alguns elementos móveis e uma arte espetacular que se assemelha às dos livros de contos infanto-juvenis, quanto na parte da emocionante trama. Todos os diálogos e trechos de história são contados em rimas, sem falar que o jogo foi todo localizado para o português, um trabalho que ficou realmente primoroso por parte do estúdio que fez a tradução e a dublagem.

 

Child of Light

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximo > Fim >>

Página 8 de 8