Livros | HQs e Mangás

A franquia Resident Evil não é apenas famosa nos videogames, como também ganhou diversos produtos licenciados, entre eles HQs e mangás. Enquanto as HQs são apenas histórias avulsas, alguns mangás até fazem parte da cronologia oficial da série, preenchendo lacunas da história.

Abaixo você confere uma lista com as principais HQs e mangás já lançados.


Resident Evil Vol.1, No.1

A Marvel Comics foi a primeira empresa a reproduzir a série Resident Evil para os quadrinhos, e em Abril de 1996 ela lançou uma edição promocional da história do primeiro jogo (Resident Evil), pouco depois de seu lançamento oficial. Em edição única, ela traz um resumo da trama em apenas 13 páginas.


The Official Comic Book Magazine | Collection One

Estas HQs de Resident Evil marcaram como a primeira série de histórias em quadrinhos baseadas na franquia. Com o total de cinco edições, cada um contava versões resumidas dos dois primeiros jogos da série (Resident Evil e Resident Evil 2), além de histórias inéditas, não-canônicas (não fazem parte da cronologia oficial da série). Foi lançada pela Wildstorm, uma divisão da DC Comics, durante os anos de 1998 e 1999. A primeira edição, lançada em Março de 1998, teve a capa desenhada por Jim Lee.


Resident Evil: Fire and Ice

Com o sucesso da primeira série de HQs baseadas em Resident Evil, a editora Wildstorm decidiu trabalhar em uma nova história dividida em quatro edições, lançadas entre 2000 e 2001. A trama é focada em um terceiro esquadrão dos S.T.A.R.S., o Charlie Team, com personagens inéditos combatendo uma nova ameaça da Umbrella.


Resident Evil CODE: Veronica

Em 2002, a Wildstorm, já responsável por lançar HQs de Resident Evil anteriormente, lançou uma série de mangás inspirados no jogo Resident Evil CODE: Veronica. Os quatro volumes trazem a história do jogo em belíssimas ilustrações, feitas pelo artista chinês Lee Chung Hing. Sua aparência é mais a de um livro.


Biohazard Umbrella Chronicles: Prelude To The Fall

Funcionando como um prequel dos eventos do jogo Resident Evil The Umbrella Chronicles, a história foi dividida em dois volumes, e conta uma história inédita de Chris Redfield e Jill Valentine investigando a existência de um complexo da Umbrella ainda ativo na região do Cáucaso, na Rússia. Os dois volumes foram lançados em Novembro de 2007, próximos ao dia em que o jogo também saiu no Japão.


Resident Evil (2009)

Dividida em seis edições, esta HQ é totalmente inspirada em Resident Evil 5, e a trama gira em torno dos personagens Holiday Sugarman e da agente da BSAA Mina Gere, que se unem para impedir uma ameaça viral no espaço. A ideia do material era o de que pudesse servir como uma espécie de prequel para RE5, mas os seus acontecimentos não contam para a cronologia oficial da série. Foi publicada pela Wildstorm de 2009 a 2011 nos Estados Unidos, e chegou oficialmente ao Brasil pela Panini Comics, em uma edição única.


Resident Evil: The Marhawa Desire

Esta série de mangás foi dividida em cinco edições, lançadas entre 2012 e 2013 no Japão, e trazem uma história inédita, que serve de prequel oficial para os acontecimentos de Resident Evil 6. A trama acontece em um renomado e tradicional colégio chamado Marhawa Desire na Ásia, que acaba sendo palco de uma epidemia viral. Os agentes da BSAA Chris Redfield e Piers Nivans são chamados para conter a ameaça. A HQ ganhou tradução e lançamento no Brasil através da Panini Comics.


Resident Evil: Heavenly Island

A história deste mangá, lançado entre 2015 e 2017 no Japão, é uma sequência dos acontecimentos de Resident Evil 6, e faz parte da cronologia oficial da série. Sua história, no entanto, tem maior ligação com os eventos de Resident Evil Revelations 2, pois coloca novamente a personagem Claire Redfield, trabalhando para a ONG Terra Save, em ação, quando uma equipe de TV vai fazer um programa em uma ilha e acaba se deparando com uma ameaça viral. O mangá foi escrito por Naoki Serisawa, que também foi o autor de Marhawa Desire.