Pouco antes do lançamento de Resident Evil 5 Gold Edition, em 2010, a Capcom lançou a oportunidade aos fãs de fazerem perguntas aos produtores do título. Abaixo, encontra-se a tradução das perguntas escolhidas pelos produtores e suas respectivas respostas.
 
Just before the release of Resident Evil 5 Gold Edition on 2010, Capcom has launched the opportunity for fans to ask questions to the title's producers. Below you can find all questions chosen by the producers and their respective answers.

 


 

PERGUNTAS E RESPOSTAS: RESIDENT EVIL 5 GOLD EDITION

O diretor Anpo-san e o produtor associado Suzuki-san respondem perguntas dos fãs sobre Resident Evil 5 Gold Edition.

 

Parte 1

1. Depois que a equipe terminou o episódio Lost In Nightmares, havia monstros de jogos antigos de Resident Evil que vocês gostariam de ter usado, mas não usaram devido a certas razões ou limitações de tempo? Como a cobra, ou outro monstro de outro Resident Evil? – Truest Strike
Resposta: Em “Lost In Nightmares”, nós queríamos mostrar nosso respeito e apreço pelo Resident Evil original. Neste quesito, acho que o “Hunter” poderia ter sido uma ótima adição. É um inimigo muito violento e não muito fácil de derrotar, então teria complementado muito bem o suspense e o clima de “Lost In Nightmares”. Tenho certeza de que os fãs adorariam ver isto também. Ainda me arrepio quando penso na cena em que você está sendo perseguido pelo “Hunter” no estilo de câmera do Resident Evil original.

2. Como vem a ser o “Guardião da Insanidade”, e onde eles pegam suas âncoras? – Gunslinger
Resposta: Spencer vinha conduzindo experimentos humanos ultra-secretos no porão de sua mansão. Os Guardiões da Insanidade são as vítimas dos cruéis experimentos em que pessoas inocentes são expostas ao vírus. A mansão de Spencer é localizada perto do depósito do ancoradouro e os Guardiões da Insanidade parecem ter acesso a estes depósitos através de uma das muitas passagens secretas subterrâneas da mansão. Os Guardiões parecem andar pela área, então talvez seja de onde eles tenham conseguido suas âncoras.

3. Vocês acreditam que seja possível haver um balanço de ação brutal e horror com suspense, ou acredito que um deve ser sacrificado a favor do outro? – Mooseifer
Resposta: Eu acho que ambos os aspectos são igualmente importantes na franquia Resident Evil. Não apenas queremos que os jogadores sintam o modelo os espreitando, como também queremos que os jogadores sintam como se estivessem em perigo de vida durante o curso do jogo. Naturalmente, toda a ação derivada deste “medo” será intensa. Os jogadores tentaram procurar locais seguros de inimigos perseguidores, mas não será tão fácil com todas as outras ameaças que te esperam. Assim que os jogadores estão no controle da experiência, eles podem realmente sentir as emoções que a história transmite, e eu acho que esta é uma das grandes coisas em um jogo.

4. Qual foi a parte mais desafiadora ao fazer este DLC? A pós-produção, conseguir autorização? Ou fazer o conteúdo foi o mais difícil? – Turian
Resposta: Nós levamos muito tempo produzindo as cutscenes para os episódios de DLC. Para a história original de RE5 tivemos a mordomia de usar gravações orquestrais e estúdios de produção de Hollywood, então foi um grande desafio para nós desenvolver conteúdos de qualidade similar dentro de um período limitado de tempo. Além disto, tentamos integrar as cutscenes de “Desperate Escape” com o RE5 original, então tivemos que utilizar partes da história original de RE5 e editá-las no novo conteúdo do “Desperate Escape” para fazer uma grande seqüência de animação. Fomos extra cuidadosos para fazer a qualidade consistente em meio às cutscenes e levamos muito tempo para finalizá-las.

5.  O que fez a equipe de desenvolvimento escolher o título “Lost In Nightmares”? – girlinblue
Resposta: Nós queríamos expressar os sentimentos de desespero de Chris após perder sua parceira de longa data. Além disto, pensamos em diversos termos para expressar certo tipo de irrealidade em re-experimentar o passado e a palavra “Pesadelo” se encaixa perfeitamente. Então o título expressa o profundo sentimento de Chris de perda e do medo de pesadelos inesquecíveis.

 
  

Parte 2

1. Qual foi sua parte favorita, ou de que parte você teve mais orgulho em Desperate Escape? – Brian
Resposta: A parte de que mais gosto é a cena na base de comunicação. Nós tentamos criar uma cena que parecesse familiar, mas é igualmente nova aos jogadores. Isto foi feito misturando a cena do evento inclusa no RE5 original com uma nova cena criada para Desperate Escape. Josh estava lá, ao lado de Jill, no momento da cena original? Este é o mistério e a sensação que queríamos captar. Esperamos que os jogadores apreciem a empolgação.

2. Já que Lost In Nightmares e Desperate Escape começam a preencher as lacunas da história de RE5, há outras partes da trama do jogo em que vocês sentiram que poderiam ser exploradas? Ou que vocês gostariam de incluir, mas não puderam? – Chris
Resposta: A história do que acontece a Josh depois de deixar Chris e Sheva nas ruínas ainda não foi contada. Além disto, as missões de Sheva e Josh anteriores ao período de tempo de RE5 não são contadas. Eles provavelmente têm muito a contar, então uma história cooperativa da dupla Sheva/Josh também poderia ter sido interessante.

3. Depois de terem feito um jogo de Resident Evil um pouco mais focado em ação, e então terem adicionado DLCs que trazem de volta algumas sensações de horror de sobrevivência encontrado nos títulos anteriores, que tipo você sentiu ser mais difícil de fazer? – eskimo bob
Resposta: Jogos focados em horror são muito mais difíceis de fazer quando misturados com a jogabilidade cooperativa. Mas ainda assim decidimos fazê-lo, como um tipo de experiência, já que este episódio seria um DLC. O capítulo era simplesmente o melhor para este tipo de desafio.
A jogabilidade cooperativa cria muitos tipos diferentes de dificuldades. Por exemplo, é difícil coordenar movimentos, e ter um colega de equipe tende a destruir a tensão que pretendemos criar. Fazer este DLC foi similar à sensação de estar no escuro, mas o fizemos. Sentimos que valeu a pena tentar.

4. Como você disse antes, Lost In Nightmares faz uma homenagem ao RE original. A equipe tinha em mente algum jogo em particular da série enquanto trabalhavam no Desperate Escape? – EvilSuperSean
Resposta: Nós nos focamos em criar o mais poderoso desafio para os fãs de RE5 com Desperate Escape. Incluímos muita ação, em particular no nível de dificuldade Profissional, que é quase impossível até mesmo para os desenvolvedores de terminar. Também tentamos fazer os fãs de RE5 felizes criando um cenário que inclui novos eventos que se sobrepõem com os eventos familiares da história original de RE5.

5. Josh tem muitos golpes legais de luta, como cotoveladas e suplex, o que induziu a equipe a incorporá-los em seu arsenal de golpes de luta corpo-a-corpo? Certamente seria interessante se ele tivesse um passado como lutador profissional. – SpeedBrkr
Resposta: A verdadeira razão... nós temos um fã de luta profissional no comando de nosso time. Vamos deixar assim, por enquanto (risos)! Eu não acho que haja chance de Josh ter um passado como lutador profissional, mas pode haver uma chance de ele ser um fã.

 

 


 

Part 1
 
1. After the team finished the Lost in Nightmares episode, were there any monsters from past Resident Evil games that you would have liked to use, but didn't due to certain reasons or time constrictions? Like the snake, or any other monster from another RE evil game? - Truest Strike
In “Lost in Nightmares”, we wanted to show our respect and appreciation for the original Resident Evil. On that note, I think the “Hunter” could have been a great addition. It’s a pretty vicious enemy and not very easy to take down so it would have complimented the suspense and feel of “Lost in Nightmares” nicely. I’m sure the fans would’ve loved to see this as well. It still gives me chills when I think about the scene where you’re being stalked by the “Hunter” in the original Resident Evil 1 camera style.
 
2. How did the Guardian of Insanity come to be, and where did they get their anchors? - Gunslinger
Spencer was conducting top-secret human experiments in the basement of his mansion. The Guardians of Insanity are the victims of the cruel experiments where innocent people are exposed to the virus. Spencer’s mansion is located near the harbor warehouses and the Guardians of Insanity seem to have access to those warehouse facilities through one of the mansion’s many secret underground pathways. The Guardians seem to wander around the area so perhaps that’s where they got their anchors.
 
3. Do you believe it's possible to have a balance of brutal action and suspenseful horror, or do you believe one has to be sacrificed in favor of the other? - Mooseifer
I think both aspects are equally important in the Resident Evil franchise. Not only do we want players to feel the fear lingering around them, but we also want players to feel like they’re in life threatening danger throughout the course of the game. Naturally, all of the action derived from that “fear” will be intense. Players will try to find safe havens from pursuing enemies, but it won’t be very easy with all of the other threats that await you. Since players are in control of the experience, they can really feel the emotions that the story conveys, and I think that is one of the greatest things about gaming.
 
4. What was the most challenging part of making the dlc? Ie post production, getting the greenlight on it. Or was it making the content that was more difficult? - Turian
We spent a good amount of time producing the cut scenes for the DLC episodes. For the original RE5 storyline we had the luxury of using orchestral recordings and Hollywood production studios, so it was quite a challenge for us to develop contents of similar quality within a limited time frame. In addition, we tried to integrate the “Desperate Escape” cut scenes with the original RE5, so we had to utilize clips from the original RE5 storyline and edit in the newly made “Desperate Escape” content clips to make one big animated sequence. We were extra cautious to make the quality consistent throughout the cut scenes and spent quite a lot of time to finalize them.
 
5. What made the dev team decide to choose "Lost in Nightmares" as the title? - girlinblue
We wanted to express Chris’s feelings of despair after losing his long-time partner. On top of that, we thought about various terms to express some sort of unreality of re-experiencing the past and the word “Nightmare” fit perfectly. So the title expresses Chris’s profound sense of loss and the fear of unforgettable nightmares.
 
 
Part 2
 
1. What was your favorite part, or part you are most proud of in Desperate Escape? - Brian
The part I like best is the scene at the telecommunication facility. We tried to create a scene that looks familiar, but is equally new to players. This was done by mixing the event scene included in the original RE5 with a new scene created for Desperate Escape. Was Josh there beside Jill at that moment in the original? That’s the mystery and the sensation we wanted to capture. We hope the players enjoy the excitement.
 
2. As Lost in Nightmares and Desperate Escape begin to fill in the gaps of the RE5 story, were there any other parts of the game plot where you felt could have been expounded on? or that you wanted to include but couldn't? - Chris
The story of what happens to Josh after leaving Chris and Sheva at the ruin still hasn’t been told. Also, the duties of Sheva and Josh prior to the RE5 time period is not covered either. They probably have a lot to tell, so a Co-op story of Sheva/Josh pair could have also been interesting.
 
3. After now having made a little more action-oriented Resident Evil game and then adding DLC that brings back some of the survival horror vibes found in earlier titles, which type have you felt is more difficult to make? - eskimo bob
Horror-oriented games are much harder to make when mixed with Co-op game play. But we still decided to go for it, kind of like an experiment, since this episode was going to be DLC. The volume was just right for this kind of challenge.
Co-op play creates many different types of difficulties. For instance, it is hard to coordinate moves, and simply having a teammate tends to destruct the tension we intend to create. Making this DLC was similar to feeling our way around in the dark, but we made it. We feel that it was worthwhile trying it out.
 
4. As you've said before, Lost in Nightmares paid homage to the original RE. Did the team have any particular games in the series in mind as they worked on Desperate Escape? - EvilSuperSean
We aimed to create the ultimate challenge with Desperate Escape for RE5 fans. We included lots of action content, in particular at the Professional difficulty level, which is almost impossible even for the developers to clear. We also tried to make RE5 fans happy by creating a scenario that includes new events that overlap with ones players are familiar with from the original RE5 storyline.
 
5. Josh has a lot of cool wrestling moves like elbow drops and suplexes, what prompted the team to incorporate them in his arsenal of close combat moves? It certainly would be interesting if he had a pro wrestling background. - SpeedBrkr
The actual reason… we have a professional wrestling fan in charge on our team…. Let’s set that aside for now (lol)! I don’t think there is a chance that Josh has a pro wrestling background, but there might be a chance that he is a fan.