Barry Burton

Barry Burton

Ano de nascimento: 1960
T
ipo sanguíneo: A
A
ltura: 1,86cm
P
eso: 89,3kg

 

Aparições em títulos da série:

Biohazard / Resident Evil (1996) – PSX, Saturn e PC
Biohazard 3: The Last Escape / Resident Evil 3: Nemesis (1999) – PSX e PC (part. especial)
Biohazard / Resident Evil (2002) – Gamecube/Wii [Remake do game de 1996]
Biohazard / Resident Evil: Deadly Silence (2006) – Nintendo DS
Biohazard / Resident Evil Gaiden (2002) – Gameboy Color (side-story)
Biohazard / Resident Evil 5 ~ The Mercenaries Reunion (2009) – PS3, Xbox360 e PC
Biohazard / Resident Evil: The Mercenaries 3D (2011) - Nintendo 3DS 
Biohazard / Resident Evil Revelations 2 (2015) – PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One, PC, PS Vita

  


 

Menções em Files:

 

Fotografia de Barry – Resident Evil / Remake
Diário de Chris – Resident Evil 2
Correspondência para o Chefe – Resident Evil 2
Diário de Jill – Resident Evil 3 / Resident Evil: The Umbrella Chronicles
Bilhete de Robert – Resident Evil 2 EX Files
Perfil de Barry Burton – Resident Evil: The Umbrella Chronicles
Resident Evil Resumo 1 – Resident Evil: The Umbrella Chronicles
01. História de Resident Evil – Resident Evil 5
10. Jill Valentine – Resident Evil 5
Memorando de Stuart - Claire e Moira 1 – Resident Evil Revelations 2 (Ep.1)
E-mail de Barry para Chris – Resident Evil Revelations 2 (Ep.1)
Memorando de Stuart - Claire e Moira 2 – Resident Evil Revelations 2 (Ep.2)
Memorando de Stuart - Barry Burton – Resident Evil Revelations 2 (Ep.2)
Memorando de Stuart - Claire Redfield – Resident Evil Revelations 2 (Ep.3)
E-mail de Jill para Barry – Resident Evil Revelations 2 (Ep.4)
Wesker’s Report



 

Biografia e Participação na Série:

 

Barry Burton foi um dos primeiros personagens a estrear na série Resident Evil. Participando do primeiro jogo, lançado em 1996, o especialista e colecionador de armas estava junto à Equipe Alpha e participou do incidente da mansão.

Antes disto, é importante fazer uma retrospectiva de seu passado pré-S.T.A.R.S.. Sua vida foi toda baseada em treinamento militar e participação em forças-tarefa de polícias especiais. Velho amigo de Chris Redfield da época de serviço no exército, os dois acabaram seguindo caminhos distintos, com Barry ingressando na S.W.A.T. como sargento por um certo período de sua vida. Mas a distância entre os dois não duraria muito tempo, já que, em 1997, Barry deixaria a S.W.A.T. para fazer parte dos S.T.A.R.S. (Equipe de Resgate e Táticas Especiais). Chris havia recentemente deixado a Força Aérea Americana e estava desempregado, sendo então recrutado por Barry para os S.T.A.R.S. em Raccoon, fundada um ano antes. Dentro dos S.T.A.R.S., como um bom viciado em armas, sua função sempre foi a organização, manutenção e fornecimento de armas às equipes internas e seus membros, tendo como dois de seus amigos Robert Kendo e seu irmão Joe, os donos da Loja de Armas Kendo da cidade e responsáveis pela modificação da arma oficial dos S.T.A.R.S., a Samurai Edge.
 
Em Julho de 1998, a cidade de Raccoon começa a ser atormentada por assassinatos misteriosos na região de Arklay, uma cadeia de montanhas em torno da cidade, onde pessoas que iam acampar ou fazer trilhas eram atacadas misteriosamente, e todas as vítimas apresentavam os mesmos sinais violentos de canibalismo e mutilações. Como a função dos S.T.A.R.S. era assumir casos especiais que a polícia normal não conseguiria resolver, eles foram designados para resolver estes casos bizarros e colocar um pouco de tranqüilidade no cotidiano da cidade.

Em 23 de Julho, é enviada a Equipe Bravo, que sofre um acidente de helicóptero e perde o contato com a sede dos S.T.A.R.S., fazendo-se necessária uma busca na floresta pelos membros desaparecidos do grupo. No dia seguinte, a equipe de que Barry faz parte, a Alpha, é designada para o resgate do Bravo, mas ao chegarem no local da queda do helicóptero, descobrem apenas o cadáver do piloto, os outros membros não estavam lá, exceto por seus equipamentos. Durante investigação, a equipe é atacada por cães descontrolados e são obrigados a se refugiar em uma misteriosa mansão próxima dali, mas é nesta casa que se inicia o pesadelo dos policiais.

Durante todo o tempo, Barry auxilia a colega de equipe Jill Valentine na busca dos perdidos Chris, o capitão Albert Wesker e os membros do Bravo. Mas o expert em armamento tem um ponto fraco: a sua amada família, sua esposa Kathy e suas filhas, Moira Burton e Poly. O traidor Wesker, para atingir seus objetivos, tira vantagem do ponto fraco de Barry, dizendo que a Umbrella as mataria se ele não o ajudasse. Com isto, Barry passa a ser o “Judas” dos S.T.A.R.S., chegando ao ponto de apontar a arma para Jill a mando do homem que o controla. O plano de Wesker, no entanto, tinha objetivos pessoais e não passava de uma mentira para persuadir o experiente homem e pai de família. Ao saber da verdade, Barry pede perdão à Jill e os dois voltam a se unir na luta pela sobrevivência dentro da mansão.
 
Os dois saem vivos deste incidente, junto com Chris do Alpha e Rebecca Chambers do Bravo, e voltam à Raccoon na tentativa de levar a público todos os segredos da Corporação Umbrella e suas armas biológicas. A reação do chefe da polícia, Brian Irons, que recebia subornos da multinacional para encobrir suas pesquisas ilegais, foi ridicularizar os sobreviventes e suspendê-los dos S.T.A.R.S., o que os acaba obrigando a investigar sozinhos e acabar com a empresa de uma vez por todas. Cada um deles toma rumos diferentes, e no final de Agosto, Barry leva sua família para morar no Canadá enquanto ele se reúne a Chris na Europa.
 
Em Setembro de 1998, quando a cidade é tomada por zumbis e monstros devido a uma epidemia do T-Virus da Umbrella, Jill permanecera na cidade para investigar a respeito de um laboratório no local. Barry ainda guardava uma enorme culpa por sua traição no caso da mansão, onde havia colocado a vida de Jill e de seus outros amigos em risco. Com isto, no dia 1º de Outubro, ao saber que a cidade iria ser varrida do mapa pela operação de erradicação do governo americano e que Jill ainda estava lá, lutando por sua sobrevivência, Barry resgata a ela e ao mercenário da Umbrella Carlos Oliveira em um helicóptero, poucos momentos antes de Raccoon e seus cem mil habitantes irem pelos ares.

Após o fim da Umbrella em 2003 e a criação da BSAA, Barry é convidado por Chris a ingressar na organização, mas ele opta por se limitar a atuar como um consultor bélico. Os traumas vividos no incidente da mansão não foram o único problema na família Burton: Barry acabou se tornando uma pessoa ainda mais protetora do que já era, mas, certa vez, um momento de distração colocou uma de suas filhas em perigo: Moira Burton e Poly encontraram seu armário de armas destrancado, pegaram uma das armas e Moira disparou acidentalmente, ferindo Poly. Mesmo sabendo que era o verdadeiro culpado pela tragédia, ele acabou culpando Moira, criando uma barreira de confiança entre pai e filha desde então. Poly, felizmente, sobreviveu ao acidente, mas a relação entre Barry e Moira nunca mais foi a mesma.

Sua proximidade com Chris fez com que a irmã mais jovem do agente, Claire Redfield, também se ligasse emocionalmente à família Burton e às duas filhas de Barry, especialmente com Moira. Esta relação de anos ao lado de Claire ajudou para que Moira enfrentasse os fantasmas do passado e tivesse um bom exemplo ao seu lado, mas Barry precisou se posicionar quando Moira decidiu seguir os passos da amiga e ingressar na Terra Save, uma ONG de assistência a vítimas de bioterrorismo. Ele não queria que sua filha se envolvesse nos mesmos problemas que ele, mas a rebeldia de Moira falou mais alto e ela o desobedeceu.

Em 2011, a jovem vai ao seu primeiro coquetel da Terra Save, onde deveria ser apresentada por Claire aos líderes da ONG. O inesperado, porém, acontece, e um seleto grupo de membros é sequestrado do local por um esquadrão desconhecido. Entre os raptados estão justamente Claire e Moira. Após horas de desespero, Barry é informado de que Claire foi resgatada à deriva no mar, a caminho do hospital para tratamento imediato. O desespero dele aumenta ao ver que Moira não está junto, e ao questionar Claire, ela chora e lamenta não ter conseguido salvar a garota. A notícia cai como uma bomba no peito de Barry, que, mesmo diante das palavras de Claire, decide descobrir a localização da ilha para onde foram levadas e encontrá-la.

Depois de seis meses de busca, Barry finalmente descobre uma transmissão de Moira, pedindo ajuda. Ele acredita se tratar de uma transmissão atual, e segue as coordenadas obtidas. Logo ao descer do barco, encontra uma misteriosa garotinha, chamada Natalia Korda. Barry tenta convencê-la a esperar no barco, mas ela diz que ficará mais segura ao lado dele e, assim, os dois seguem juntos em direção à torre do rádio da ilha. Ao chegarem lá, após encararem vários infectados e aberrações de laboratório, descobrem que a mensagem de Moira era de seis meses atrás. A garotinha, ao ouvir o nome de Moira, se sente mal e diz que a jovem está morta.

Ela promete levar Barry até o local para onde Moira e Claire estavam indo, quando ela as viu pela última vez. Ao chegarem lá, encontram o prédio em ruínas, mas Barry encontra um quadro e nele reconhece Albert Wesker. Ao pronunciar o sobrenome Wesker, porém, Natalia diz que a mulher no quadro, ao lado de Albert, é Alex Wesker, a responsável pelos experimentos na ilha. Eles são logo surpreendidos pela própria Alex, que aparece totalmente diferente do quadro: monstruosa e decrépita. Ela ameaça matar Natalia, mas antes que criaturas libertadas por ela os capturem, os dois conseguem fugir.

Na fuga, Natalia se machuca e Barry a carrega nas costas, enquanto conta sobre a tragédia envolvendo Moira e Poly. Ele promete que a tirará sã e salva da ilha. Os dois atravessam uma área subterrânea de esgotos e uma região de mineração, em busca de um caminho que os leve até Alex. Mais uma vez, eles são surpreendidos por ela, cujo único objetivo no momento é matar Natalia; ela empurra Barry, que cai inconsciente, enquanto esgana a menina, mas se espanta ao ver o seu semblante vivo dentro de Natalia. Há seis meses, Natalia foi submetida a um experimento de Alex, para transferência de sua mente para a da menina, como forma de se manter imortal. Algo deu muito errado com a parte do experimento que envolvia a própria Alex, e ela se transformou na horrenda criatura que era agora, o que despertava a sua ira contra Natalia.

Quando Barry desperta, Natalia parece estar em um transe, que leva alguns segundos até a menina voltar a si. Os dois seguem no encalço de Alex, e depois de atravessarem uma mina subterrânea, adentram uma mansão particular pertencente a ela. Depois de passarem por um tenebroso túnel cheio de bonecas enforcadas, enquanto ameaças de Alex ecoam do bracelete de Natalia, eles chegam até a vilã, que se injeta com o vírus Uroboros e sobre uma nova transformação, aumentando de tamanho. Barry consegue contê-la, mas se precipita ao se aproximar do corpo e Alex desperta, empurrando-o e agarrando Natalia mais uma vez, tentando matá-la.

Desta vez, o que a impede são disparos vindos de algum lugar no alto do laboratório: é Moira, que mostra o distintivo de Barry, que havia caído quando ele foi empurrado por Alex. Os três fogem, mas o monstro se mantém no encalço deles, até chegarem a um precipício. Inesperadamente, surge um helicóptero, com Claire segurando um rifle e atirando em Alex. Natalia e Moira embarcam na aeronave, mas Barry fica no solo e garante que cuidará da situação. Com a ajuda de Claire, ele consegue finalmente eliminar a criatura e embarcar no helicóptero, finalmente a caminho de casa. Barry e Moira se acertam, e ele ainda decide adotar Natalia, já que se ligou emocionalmente à garotinha órfã durante sua busca pela ilha.

 


 

Resident Evil Gaiden:

 

Após Resident Evil e Resident Evil 3, a participação de Barry foi em um título chamado Resident Evil Gaiden, lançado para o Gameboy Color. O jogo, apesar de trazer dois personagens carismáticos como protagonistas, ter uma ótima história e ter como vilã a Umbrella e suas armas biológicas, não faz parte da cronologia oficial da série, sendo apenas uma história paralela, como o significado da palavra Gaiden, em japonês, já diz: “side-story”.

Neste jogo, Barry e Leon fazem parte de uma organização anti-Umbrella e são enviados a um cruzeiro marítimo de cinco estrelas chamado “Starlight”, onde acontecera uma epidemia do T-Virus e toda a tripulação acabou por se transformar em zumbi. A única sobrevivente é uma misteriosa garota chamada Lucia, e além de proteger Lucia, eles enfrentarão uma incomum B.O.W. metamórfica chamada Amoeba, que tem a habilidade de assumir a forma que quiser, sendo que a única coisa que pode distingui-la da forma original que ela “copia” é a cor de seu sangue.

O final de Gaiden realmente comprova que este título não pode fazer parte da cronologia oficial da série: após resgatarem Lucia, Barry e Leon concluem sua missão, mas pouco antes disto, a Amoeba havia tomado a forma de Leon, e o verdadeiro acaba por morrer, ficando a “cópia” em seu lugar.