Resident Evil 3 é um “produto concluído”, afirma produtor

1

Notícia bem rápida pra vocês, mas basicamente é isso: Resident Evil 3 Remake não deve mesmo receber DLC, conteúdos adicionais etc. É um fato e, por mais que a gente queira acreditar que a Capcom possa lançar mais conteúdo ao jogo, seja para se “redimir” com quem não gostou do jogo ou para aumentar a vida útil do mesmo, a verdade é essa. Não vai ter mais nada.

De acordo com o produtor Peter Fabiano, responsável pelo jogo e pelo seu modo online, o Resident Evil Resistance, em entrevista recente ao site internacional Siliconera, a reimaginação de RE3 é um “produto concluído”, ao ser questionado se era isso mesmo ou se ainda teríamos atualizações. Então é isso, galera.

Como já havíamos dito anteriormente, o foco agora é manter a vida útil do Resident Evil Resistance o mais longa possível, por se tratar de um multiplayer, e seguir com os próximos projetos, que, até onde sabemos extra-oficialmente, são Resident Evil 8 e um possível Remake de Resident Evil 4.

Ainda na entrevista, Peter Fabiano rompeu o silêncio e falou sobre o tempo de desenvolvimento de Resident Evil 3, que aconteceu por 3 anos, com as equipes de Resident Evil 2 Remake e RE3, a princípio, trabalhando independentemente, e com o passar do tempo compartilhando informações e tecnologias. Tirando isso, ele continuou escorregadio como sempre, então o futuro de Resident Evil ainda é, realmente, um mistério.

Special thanks to our friend Weskers Report on Twitter for the heads-up!

COMPARTILHAR
  • Kessora

    Esse desgraçado passou 3 anos trabalhando para destruir a esperança da maioria dos fãs?(leia-se, fazer merda) Sério, eu tive esperanças que algo bom sairia, quando a Monique quase chorou na review por decepção, eu quase chorei.

    Um sonho destruido, transformaram o RE3 em DLC, uma vergonha.

    Resident Evil sempre estara no meu coração, ja a Capcom, Adeus.