Resident Evil 5 | Files Traduzidos


Tipos de Controle

Os seguintes quatro tipos de controles podem ser selecionados abaixo de CONFIGURAÇÕES DE CONTROLE no menu OPÇÕES.
[Tipo A]
Use (:L:)/( L3 ) para se mover e girar. Use [RT]+(X)/[R1]+(Q) para atirar.
[Tipo B]
Use (:L:)/( L3 ) para se mover e girar. Use [LT]+[RT]/[L1]+[R1] para atirar.
[Tipo C]
Use (:L:)/PS3_L para atacar e (:R:)/( R3 ) para girar. Use [RT]+(X)/[R1]+(Q) para atirar.
[Tipo D]
Use (:L:)/PS3_L para atacar e (:R:)/( R3 ) para girar. Use [LT]+[RT]/[L1]+[R1] para atirar.

Morrendo
Quando sua quantidade de vida estiver completamente vazia por ter tomado ataques, seu status mudará para Morrendo.
Se o status estiver em seu parceiro, você pode curá-lo ou curá-la pressionando (B)/(O) quando estiver por perto. Você não pode se curar neste estado.
O jogo terminará se seu parceiro não puder ajudá-lo antes do tempo acabar, ou se tanto você quanto seu parceiro estiver no estado Morrendo ao mesmo tempo.


Emblemas da BSAA

Há emblemas da BSAA localizados por toda parte em todos os estágios.
Quantos mais emblemas da BSAA você destrói, mais itens você pode comprar no Bonus Features.


Bilhete

A escrita está errada…
Todos os intrusos receberão lâmina como castigo!
Nós os abençoaremos com uma morte sagrada!
Vamos libertá-los de seus grilhões da perversidade!


Menu de Itens

Quando o menu de itens estiver aberto, aperte [RB]/[R2] para confirmar quais itens seu parceiro tem.
Você pode pedir um item ao seu parceiro selecionando-o e apertando (A)/(X).
Se você selecionar “Dar” em um de seus itens, você pode passá-lo para seu parceiro.
Aperte (X)/(Q) para pegar um item, então poderá movê-lo para onde quiser em seu menu de itens.
Mandar itens para cima, para baixo, esquerda ou direita permitirá que você troque rapidamente entre estes itens usando ( + )/( – ) sem abrir seu menu de itens.


Direções para Parceiros

Aperte (B)/(O) para chamar seu parceiro.
Enquanto estiver segurando (B)/(O), aperte para cima ou para baixo ( + )/( – ) para escolher da lista de comandos.
Ataque: Seu parceiro fica na ofensiva.
Cobertura: Seu parceiro assume um papel de apoio.


Combate Corpo-a-Corpo

Atirar em um inimigo lhe dará abertura para chegar perto o suficiente para atacá-lo diretamente.
Os ataques corporais não só ajudam a poupar munição, mas também causam danos severos.
O local onde você acertar o inimigo (braço, cabeça, perna etc.) determinará que tipo de ataque você pode aplicar.
Você pode começar com um gancho (ou chute giratório com Sheva) e dar outros ataques seguidos.
Você pode alternar entre ataques e fazer uma aplicar três deles em uma seqüência.


Plagas Tipo 2

Como afirmado em documentos anteriores sobre o assunto, o parasita original dos Las Plagas foi descoberto em uma área isolada na Europa. Com a maturação no hospedeiro, o parasita rapidamente toma as vontades e o juízo do hospedeiro, tornando-os altamente suscetíveis ao controle de outro.
Foi este aspecto das Plagas que mostrou que alguém influente poderia criar indivíduos obedientes, que obedeceriam a ordens sem questionar. Com possibilidades de aplicação comercial, Las Plagas rapidamente cairia no interesse de pessoas.
O problema da comercialização das Las Plagas estava na discrepância de tempo entre a infecção inicial e quando o hospedeiro estava suscetível ao controle.
O período entre quando Las Plagas é administrado ao hospedeiro como um ovo e o período de quando ele amadurece e se anexa ao sistema nervoso central recebeu críticas negativas.
O ciclo de maturação das Las Plagas é relativamente breve, mas compradores em potencial desejavam resultados mais imediatos.
Com isto em mente, foram feitas pesquisas para aprimorar as Las Plagas. O resultado final desta pesquisa criou as Plagas Tipo 2.

O Tipo 2 difere de seu antecessor por ser administrado já no estado adulto, e neste ponto o hospedeiro pode passar a ser controlado quase que imediatamente.
Após a administração oral, o Tipo 2 atinge o esôfago e se move primeiramente até o encéfalo, então até o cérebro e finalmente na medula espinhal.
Assim que toma controle do sistema nervoso central, o hospedeiro pode ser controlado.

Em um teste de laboratório, nós registramos controle completo de um hospedeiro em aproximadamente dez segundos após administração do Tipo 2.
Exceto pelo tempo de infecção reduzido, as Plagas Tipo 2 parecem conter todas as características das Las Plagas, o que a faz mais apropriada para a comercialização.
Abaixo estão listadas os três experimentos principais para avaliação do Tipo 2:

1. Infecção
Administrar amostras do Tipo 2 em 10 indivíduos anteriormente infectados e observar o quanto espalham a infecção. Estes 10 indivíduos devem receber amostras suficientes do Tipo 2 para criar resultados consideráveis.

2. Controle
Observe em que grau o comportamento bárbaro induzido pelas Plagas pode ser controlado. Isto será apurado com o olhar atento aos resultados do confronto com a BSAA na região.

3. Lutando
Acumule dados dos Tipo 2 em combate. Os hospedeiros do Tipo 2 confrontarão a BSAA enviada para a área.
Este experimento deve ser o último estágio de avaliação dos efeitos da Plaga Tipo 2.


Anotação de Irving sobre Las Plagas

Mensagem
Parece uma mensagem…
Las Plagas -> Possível mutação no corpo.
Probabilidade baixa, mas a evidência é persuasiva.
Possível motivo de vendas?
Fraco contra a luz.
Encaminhar problema imediatamente!!


Relatório Obrigatório

Das provas adquiridas até agora, parece que metade da equipe Delta foi dizimada entre o momento em que pediram reforços e o tempo em que chegamos na região.
Um de seus sinalizadores ainda estava transmitindo um sinal ativo, então fomos interceptar, com a possibilidade de sobreviventes.
Enquanto estávamos a caminho, a transmissão do sinalizador cessou. A julgar pela última transmissão, o sinalizador deve estar logo adiante de nossa atual localização.
Há agora uma porta trancada bloqueando nossa rota, portanto uma infiltração pode ser difícil.
Fim do relatório.


Diário de um Jovem da Vila

5 de Abril
Um homem que se diz chefe de uma usina de óleo veio nos visitar hoje. Ele disse que quer vacinar todos que vivem perto do campo de petróleo contra algum tipo de doença.
Na geração dos meus pais, eles enganaram nosso povo e roubaram a terra para transformá-la em um campo de petróleo. Eles devem estar se sentindo culpados, porque estão sempre tentando ajudar nossa vila agora.
Às vezes eles até nos fornecem álcool de países estrangeiros. Este remédio provavelmente é algo desse tipo. Todos em nossa vila estão contentes em receber este remédio, mas eu não quero. Não tenho um motivo para não querer, apenas não gosto da cara desse chefe, só isso.

8 de Abril
Todos foram para o campo de petróleo para a vacinação. A vila dificilmente é calma assim. A única coisa a fazer hoje é dormir.

9 de Abril
Eu dormi demais durante o dia, então não consegui dormir à noite, e estava muito barulhento lá fora. Todos estavam falando com vozes sérias no meio da vila. Todas as crianças da vila estão com febre.
As mães de todas elas foram pegar água para esfriar seus corpos, mas não ajudou. Na manhã seguinte elas estavam todas mortas.
De manhã, nosso líder foi ao campo de petróleo. Ele queria saber se o remédio que eles deram matou as crianças.
Quando ele voltou, disse que as crianças morreram porque estavam com a doença. Disse a todos que eles precisavam voltar para tomar mais doses. Eu não queria, mas todos na vila estavam preocupados em pegar a doença. Eles me forçaram a ir e tomar as doses.

10 de Abril
As pessoas estão brigando na vila. Todos os homens estão muito bravos. Deve ser porque todas as crianças morreram, mas acho que tem mais coisa aí.
As mulheres apenas ficam sentadas e não se mexem. Será que a doença está se espalhando?

11 de Abril
Ainda não consegui sentar hoje. Sinto como se algo estivesse se movendo dentro de mim.
Lá fora eu vi um homem de aparência estranha. Ele estava nu e tinha uma arma. Seu corpo inteiro estava pintado com tinta de guerra. Nem é dia de festival.
Eu tentei falar com ele, mas quando ele se virou, eu vi seu rosto…
Ele nem parecia humano!
O que está acontecendo com as pessoas da minha vila?

12 de Abril
Os gritos não param desde ontem. Os homens estão todos vestidos como nossos ancestrais e lutando entre eles. A maioria das mulheres morreu.

13 de Abril
Cabeça dói. Febre… Sinto raiva.
Vi homem grande da janela. Muito alto.
Deve ser visão.

14 de Abril
É muito bom…
Gritos… param…
Parece legal…
Quero… matar…


Campo de Teste das Plagas Tipo 3

Uma semana se passou desde os testes iniciais das Plagas Tipo 3.
O Tipo 3 foi designado para mostrar habilidades físicas drasticamente avançadas em relação às versões anteriores.

As Las Plagas originais tinham uma Plaga conhecida como Plaga-controle, que dava habilidades físicas avançadas ao hospedeiro.
Estes tipos controle eram limitados em quantidade, e sempre causavam mudanças físicas severas no hospedeiro, e por isso não era recomendado usá-las.
Sob uma visão comercial, isto era indesejável. A idéia era a de criar supersoldados sem efeitos colaterais, algo que os compradores quisessem.

Outras equipes estão atualmente trabalhando no desenvolvimento de um produto similar das Las Plagas para uso comercial, mas devido às afinidades que as Las Plagas têm pelos hospedeiros humanos, parece vantajoso continuar a desenvolvê-las. Outros métodos podem produzir supersoldados superiores, mas se não se tornarem hospedeiros completamente controláveis, a efetividade seria limitada.
Pegando uma Plaga subordinada (Las Plagas básica) e implantando um gene da Plaga-controle criou-se um novo tipo de Plaga – o Tipo 3.
Acredita-se que se o Tipo 3 puder ser aprimorado, se tornará o novo padrão do mercado de armas biológicas.
Mas este dia ainda está longe de chegar. Durante um recente campo de teste, um grande número de problemas apareceu. O principal problema é a taxa de não-aderência da efetividade. Em homens adultos e adolescentes, a taxa de aderência é de aproximadamente 92 por cento, o mesmo para as Las Plagas normais. Para mulheres e crianças o Tipo 3 tem 0 por cento de taxa de aderência.

Em soma, mutações superficiais são invariavelmente fatais. Acredita-se que isto seja por causa da influência dinâmica do gene da Plaga-controle.
No entanto, o teste não ficou sem resultados favoráveis.
Nosso objetivo de realizar evoluções físicas drásticas de certa forma foi atingido. O aumento de poder dos hospedeiros mostrou melhorias destacáveis.
Outro ponto é um que não havíamos previsto: aumento de tamanho dos hospedeiros, com alguns atingindo altura de quase três metros. Isto também pode estar sendo causado pelo gene da Plaga-controle, mas está dentro dos parâmetros aceitáveis.
Com este campo de testes, não atingimos nossos resultados iniciais desejados, mas o teste não falhou completamente. É possível usar a informação adquirida dos testes atuais e usá-las para fazer melhorias em testes futuros.


Registro do Supervisor de Construção ~ Registro do Administrador

(Uma prancheta com alguns documentos velhos e novos presos a ela).

REGISTRO DO SUPERVISOR DE CONSTRUÇÃO
Então finalmente retiramos os Ndipaya das ruínas que eles ocupavam. Ouvi falar que foi só para chegar ao campo das flores, mas esta é a menor das minhas preocupações agora. Uma coisa que eu sei é que esta construção foi uma dor de cabeça colossal. Tentar construir algo no meio destas ruínas é quase impossível de começar, e antes de tudo, tivemos que alterar os canais subterrâneos.
Isso significa que o “campo das flores” não estava sendo irrigado apropriadamente, e agora as flores estão morrendo.
E para piorar tudo, o pesquisador-chefe, Brandon, fica o tempo todo no meu ombro. Ele diz que quer que as instalações sejam pelo menos três vezes maiores do que o planejado originalmente.
Então, depois que foi aprovado, eles demitiram o supervisor anterior a mim, Peter. Mas não sei o motivo, talvez ele tenha olhado para eles de forma errada ou algo assim.
Se eu deixar estas flores morrerem, a mesma coisa acontecerá comigo. Eu não posso evitar de simpatizar com o pobre Peter, trabalhar com esses tipos da ciência é um saco.
Espero que logo encontremos uma nova fonte de água. Nossas pesquisas mostraram que pode haver água subterrânea a uns 500 metros de profundidade. É muito fundo, então provavelmente teremos que usar aquele novo sistema de bombeamento que a companhia Fabiano faz. Felizmente isso funcionará, mas pela forma como tudo correu até agora, tenho certeza de que dará algo errado.
O único problema é que eu não faço ideia de quando vou conseguir essas novas bombas. Na melhor das hipóteses, não tem como conseguir estas novas bombas aqui e montá-las antes do ano acabar. Parece que teremos que usar o velho estilo da força do homem para arrumar água para essas flores, assim elas não morrerão.
Parece que vou passar o último Natal dos anos 60 longe de minha família em uma caverna escura brincando de jardineiro para algumas flores… A vida não é uma droga?

(O documento a seguir é mais novo.)

REGISTRO DO ADMINISTRADOR
As bombas já estão irrigando adequadamente as flores do Progenitor, mas elas exigem muita manutenção.
A Umbrella instalou estas bombas há uns trinta anos atrás. É um milagre ainda estarem funcionando. O tanque que filtra a água mal resiste em pé. Precisamos substituir estas bombas o mais rápido possível.
Em um momento de sorte, encontrei o registro do supervisor da construção. Diz que o sistema de bombeamento foi criado por uma companhia chamada Fabiano.
Acho que vamos usar as bombas Fabiano em nossa divisão de desenvolvimento de recursos naturais.
Falarei com o Sr. Irving, o homem à frente da usina de óleo, e ver se ele consegue bombas mais novas.


Retirado do Diário do Pesquisador Chefe Brandon No. 1

1966
4 de Dezembro
Uma vez o Sr. Spencer falou de uma flor chamada “Escadaria para o Sol”. Supostamente, esta flor daria à pessoa que a consumisse habilidades incríveis. Todos pensavam que não passava de um rumor ou lenda que o Sr. Spencer estava nos contando, mas pesquisas posteriores provariam que estávamos errados.
A primeira pessoa a reconhecer a validade desta história foi meu professor, Dr. James Marcus. Ele abriu a hipótese de que um vírus, de origem desconhecida, poderia existir, que alteraria o DNA.
O homem era tão perspicaz!
Sua hipótese acabou se tornando correta!
O vírus descoberto naquela flor foi nomeado como “Progenitor”. Por três meses na África, nós trabalhamos zelosamente, nos frustramos com resultados e nos esquivamos de ataques dos Ndipaya. Depois de tanto tempo, nossos esforços foram finalmente recompensados.
Até o Dr. Marcus, que até ontem parecia exausto, estava de bom ânimo. Ele quer voltar para casa o quanto antes para mergulhar em sua pesquisa.
Eu me sinto da mesma forma. Quero descobrir os segredos deste vírus Progenitor assim que possível.

1967
12 de Fevereiro
Quebramos metaforicamente uma parede de tijolos. Trouxemos a flor do Progenitor da África e tentamos cultivá-la aqui. As amostras iniciais colhidas do vírus Progenitor não mostraram características de alteração de DNA.
Cultivamos a flor para produção em massa do vírus Progenitor.
A princípio, tudo procedeu de forma normal. As plantas eram fortes, e cresceram rapidamente. Em pouco tempo, elas floresceram.
Mas foi aqui que surgiu o grande problema! As flores não contêm o vírus Progenitor!
Talvez o ambiente em que elas crescem cause o desenvolvimento do vírus. Esta questão será investigada em breve.

23 de Março
Não tivemos qualquer progresso. Tentamos cultivar a flor sob diferentes condições, mas sem conseguirmos desenvolver o vírus nela. Mesmo tendo tentado mudar o solo, a água, a temperatura e a exposição à luz, nada deu certo.
Tive uma discussão calorosa com o Dr. Marcus a respeito da direção que esta pesquisa estava seguindo.
Durante a discussão, o Sr. Spencer colocou a breve idéia de fundar uma companhia.
Sem o vírus Progenitor, não há razão para fundar uma companhia. Será que ele não vê isso? Não tem sentido algum!


Retirado do Diário do Pesquisador Chefe Brandon No. 2

1968
15 de Abril
Já faz quase um ano que não temos avanços. É por isso que Dr. Marcus e eu decidimos voltar à África. Não podemos mais continuar nossa pesquisa sem o vírus Progenitor. Eu sei que os ataques cotidianos dos Ndipaya vão me dar nos nervos, mas pelo bem de nossa pesquisa, eu relevarei.
Em face ao meu desânimo, foi o Sr. Spencer quem respondeu.
“Se você estiver preocupado com os Ndipaya, então apenas teremos que tirá-los das redondezas.”
Eu só posso imaginar os olhares de choque em nossos rostos.
A idéia nunca havia nos ocorrido. Era uma solução bastante atípica ao nosso problema, mas parecia ser a única opção que tínhamos.
Dr. Marcus e eu decidimos tentar o plano do Sr. Spencer.

19 de Agosto
Finalmente, boas notícias! Nós ficamos sabendo que eles conseguiram expulsar os Ndipaya da região. A área que adquirimos equivale a apenas metade daquelas ruínas subterrâneas, mas se a área onde a flor do Progenitor estiver inclusa, então não teremos contratempos.
O Sr. Spencer disse que planeja construir complexos de pesquisa no local, o que expandirá nossa pesquisa do vírus.
Nós preparamos tudo para ir à África, mas o Sr. Spencer pediu que o Dr. Marcus ficasse em Raccoon para cuidar do Centro de Treinamento.
Inicialmente, ficamos receosos com seu pedido, mas logo percebemos que era a coisa mais lógica a se fazer. O Dr. Marcus precisa de um ambiente calmo para conduzir a sua pesquisa de forma apropriada. Se ele estivesse na África, não haveria um local adequado para ele usar. Eu espero que os complexos de pesquisa africanos sejam construídos logo.
Então, agora, eu irei sozinho para a África e mandar amostras do vírus Progenitor para o Dr. Marcus.
Tanto o Dr. Marcus quanto o Sr. Spencer concordam que esta é a melhor alternativa.
Eu tenho que começar a me preparar para ir. Tenho a sensação de que ficarei muito ocupado a partir de amanhã.

29 de Setembro
Já estou na África há duas semanas. É bom o Dr. Marcus não estar aqui. Este lugar está longe de ser um paraíso de pesquisa e estudos científicos. Os tais chamados complexos de pesquisa não são nada
além de um monte de barracas, e temos que contratar soldados armados para manter os Ndipaya de fora.
Mas o que me dá nos nervos é o som da construção dos complexos de pesquisa de verdade.
Como é que eu posso me concentrar na pesquisa quando tudo está ameaçando me deixar maluco? Eu estou tentando me concentrar para extrair amostras do vírus da flor do Progenitor, para poder enviá-las para o Dr. Marcus. Tomara que, se eu me concentrar no meu trabalho, eu possa continuar lúcido neste lugar insuportável.

1969
15 de Junho
Os complexos de pesquisa estão finalmente prontos! Este é o verdadeiro Centro de Pesquisa da Umbrella Africana, não só um amontoado de barracas. Mas eu cheguei à conclusão nestes últimos nove meses. As instalações são pequenas demais para nossas necessidades. Precisamos deixá-las maiores e mais apropriadas para nossa pesquisa.
Então, poderemos enchê-los com mais pesquisadores talentosos.
Este lugar precisa ser nossa linha de frente na pesquisa do vírus Progenitor. Nossos resultados farão um grande favor ao Dr. Marcus e sua pesquisa viral.
Numa rara reviravolta, aquele velho miserável do Spencer concordou comigo nisto!


Diário do Diretor do Centro de Pesquisa Brandon

1998
16 de Novembro
Nós fechamos o Centro de Pesquisa.
É estranho, mas eu realmente não me importo. Sou indiferente a tudo isso. Me sinto da mesma forma de quando ouvi que os Complexos de Arklay e o de Raccoon foram destruídos. Por que fiquei tão apático?
Eu ficava desde a hora em que levantava pesquisando e extraindo o vírus Progenitor. Tudo o que eu fiz foi pelo Dr. Marcus.
Na verdade, quando eu penso nisso, provavelmente parei de me preocupar no dia em que ouvi sobre ele ter morrido a muitos anos atrás.
Não me senti bravo, nem feliz e nem chocado; eu não senti nada. Era como se todas as minhas emoções estivessem desligadas. Eu ficava enviando amostras do Vírus Progenitor para todos os laboratórios da Umbrella. Eu era como uma máquina automatizada relatando ao Quartel General da Umbrella cada vez que um subordinado fizesse um avanço ou descobrisse algo novo.
Eu era como um zumbi vagando por toda a vida. Sem pensamentos, sem sentimentos.
E agora, o Centro de Pesquisa onde passei metade da minha vida está fechado.
Eu realmente não importo, de uma forma ou de outra.
Provavelmente é tudo para o bem. Talvez seja tarde demais para ter alguma lembrança de uma vida de novo.


Um E-mail para um Conhecido

Olá,
Eu sei que é repentino, mas vou me ausentar por um tempo em breve.
Completamos a maioria de nosso trabalho no novo “projeto” (desculpe, não posso falar sobre trabalho), então eles irão nos dar um descanso como recompensa por todo o nosso trabalho duro.
Toda a equipe vai embora amanhã e nós finalmente iremos embora deste país.
Eu seguirei direto para o Arizona, e mal posso esperar para chegar em casa e ver todo mundo.
Mais do que isso, acho que só vou ficar feliz quando estiver longe do “todo poderoso” Miguel. O cara acha que é algum tipo de super gênio.
Ele tem umas boas idéias e é bom com detalhes, mas toda vez que abre a boca fica falando sem parar sobre o quanto ele é bom. Você nem pode imaginar a tortura que é ficar ouvindo isso dia sim e dia não. Queria poder fazer um sedativo que pudesse usar nele.
Mas esqueça tudo isso.
O que importa é que eu devo estar de volta nos próximos dias. Quando eu voltar, te ligo. Vamos sair e bagunçar. Eu poderia usar o freio.

Falo com você em breve,
Ryan


Telegrama de James Marcus

Desenvolvimento do T-Virus um sucesso
13 Jan 1978
J Marcus


Dados do Indivíduo de Testes

Indivíduo de Testes
Mulher caucasiana
Cor dos olhos: azuis
Indivíduo se encontra em coma induzido por medicamento por período prolongado. Todos os sinais, incluindo batimentos cardíacos, respiração, pressão sangüínea e temperatura estão dentro dos valores normais.
Uma anormalidade de pigmentação foi observada. Efeito da anormalidade se limita aos folículos capilares cranianos.
Em soma, leve clareamento da pele (descoramento) foi observado.


Cópia da Lista de Entrega

Complexo de Treinamento da Umbrella
Dr. James Marcus
Cinco (5) estojos de amostra do “PROGENITOR”
15 de Dezembro de 1977

Diretor do Centro de Pesquisas da África
Brandon Bailey


Instruções para Uso do Vírus Uroboros

Atenção!
*Este manual de instruções contém informação importante a respeito do manuseamento e uso apropriados do Vírus Uroboros.
*Usar o vírus para algo além do que foi listado neste manual poderia resultar em uma morte do sujeito manuseador.
*Usar o vírus para algo além do que foi listado neste manual poderia resultar em uma morte daqueles próximos ao sujeito manuseador.
* A administração do vírus em indivíduos de teste resulta em dissolução, portanto selecione cuidadosamente suas cobaias.
* Ao usar o vírus, por favor, siga cuidadosamente as instruções neste manual.

A dosagem do vírus é proporcional ao peso do indivíduo. Por favor, use o seguinte quadro:
60 kg ou mais ………. 1 frasco.
40-60kg ……………. 2/3 de um frasco.
20-40kg ……………. 1/2 frasco.
20kg ou menos ………. 1/3 de um frasco.

Depois da injeção do vírus, a cobaia pode sentir algum ou todos os sintomas a seguir:
– Sudorese, dificuldade de respiração, delírio e/ou confusão.

Depois de ser administrador, o vírus reconhecerá e se adaptará ao DNA do indivíduo. Durante este tempo, o vírus entrará em um estado de dormência. Quando não houver êxito na adaptação do DNA do indivíduo, ele começará a assimilar matéria orgânica do ambiente ao seu redor para abastecer o seu crescimento.
A área ao redor de uma adaptação mal sucedida é extremamente volátil. Pesquisadores devem ser avisados a sair de perto do corpo da cobaia ou incinerá-la para evitar que se espalhe. O vírus transformará as células de dentro do corpo do indivíduo em tentáculos parecidos com sanguessugas negras, então elas sairão através da superfície da pele, consumindo a cobaia completamente.
Esta criatura demonstra apenas inteligência primitiva, e apenas procurará e caçará matéria orgânica para aumentar seu tamanho. Individualmente, estes tentáculos não são uma ameaça, mas em conjunto podem se tornar perigosos a outros organismos vivos e tentarão se alimentar deles. Por favor, tome extremo cuidado ao lidar com o vírus.
Se o vírus se adaptar ao DNA da cobaia, você deve reportar à seção apropriada imediatamente.
No caso de rejeição do DNA da cobaia, ou se houver complicações ao eliminar o corpo, por favor contate a seção listada no documento anexo. Você será, então, instruído a lidar com a situação.


Sobre os Organismos Mutantes Encontrados nas Instalações

6 de Maio
Ocorreu um incêndio durante o teste de carregamento do Vírus Uroboros nos mísseis. Isso exigiu uma quarentena temporária Nível 4 (BL-4) para a área.

11 de Maio
Já faz cinco dias desde que a área foi colocada sob quarentena. Houve relatos de um animal passando por uma estranha e rápida mutação. Depoimentos de testemunhas oculares indicam que a criatura possui uma pele muito sólida. Não foram relatados, no entanto, cistos virais ligados ao Uroboros.
Eu acredito que estamos lidando com algo que foi influenciado pelo Vírus Uroboros, uma ocorrência rara para ter certeza. Talvez amanhã eu reúna uma equipe de investigação para procurar por um espécime de amostra.

12 de Maio
Enviei uma equipe levemente armada para investigar as visões desta estranha criatura. Infelizmente, outra equipe teve que ser despachada para recuperar os corpos da primeira equipe, cujos membros foram desmembrados por algo extremamente afiado. Há também múltiplas punhaladas que parecem ter sido feitas por uma lança gigante.
Rastros de uma substância química peculiar foram detectados nos olhos de alguns dos corpos. O tipo de organismo mutante com a qual estamos lidando ainda é desconhecida neste momento. De acordo com a investigação inicial, nós podemos estar lidando com um novo tipo de B.O.W.. Baseado no estilo de ataque da criatura, eu lhe dei o codinome de “Cortador”, por enquanto.
É claro, mais dados desta criatura ainda são necessários antes que uma análise mais profunda possa ser apresentada.


Relatório sobre a Implementação da Prevenção de Vazamento de Informações

O seguinte relatório detalha a execução de suas ordens.

08:53
Todo o pessoal da pesquisa embarcou em um ônibus.

08:57
Deixaram o complexo de pesquisa e seguiram em direção ao aeroporto.

09:22
Gás sonífero foi liberado e os todos alvos para eliminação caíram em um coma.

09:25
O ônibus parou e os alvos foram levados para fora do ônibus para serem eliminados.

09:44
Eliminação dos alvos terminada.

11:03
Corpos dos alvos foram coletados e trazidos de volta para o complexo de treinamento.

11:35
Corpos foram eliminados na caldeira junto com todos os itens pessoais.

13:10
Incineração completa de todos os corpos e itens pessoais. Todas as ordens foram cumpridas com sucesso.

Fim do relatório.


Relatório do Projeto W – 28.Ago de 1998

Foi confirmado que o acidente no Complexo de Pesquisas de Arklay em Raccoon City ocorreu devido ao envolvimento da cobaia do Projeto W de número 013 (daqui por diante, chamada de Albert). Sua morte no acidente tornou impossível a obtenção de maiores informações. (A morte de Albert foi confirmada pelo Departamento de Informação).
A morte de Albert coloca taxa atual de sucesso do Projeto W abaixo de 18 por cento.
A cota de indivíduos qualificados para o projeto fora drasticamente reduzida e deve ser encaminhada imediatamente. Isso se torna uma grave situação para quaisquer progressos que podemos esperar obter no projeto.
Como não há uma lista de indivíduos qualificados para substituir as perdas recentes, seria aconselhável começar a selecionar indivíduos da lista de candidatos recusados.
Depois disto, ajustes podem ser feitos para que seja restabelecida a cota de 93 por cento anterior à morte de Albert.

Departamento de Informação da Umbrella
Alex W.


Caderno de Spencer

Acabei de receber a notícia de que Raccoon City foi destruída. Os Americanos finalmente tomaram providências contra nós. Espero que a ironia de usar a máquina militar que supostamente os protegia de ataques estrangeiros para matar seus próprios habitantes não passe em branco.
Como o perigo causado pela ameaça do vazamento do T-Virus era muito real, eu não acho que os americanos irão perdoar facilmente o seu governo pelas mortes de 100.000 pessoas de seu povo.
Se a verdade deste assunto vier à tona, o apoio para a atual administração será cortado imediatamente. Eu não acho que ele vá querer isso.
Até mesmo uma criança pode ver que eles virão atrás da Umbrella com tudo o que eles têm. Para esconder seus erros estúpidos, eles culparão a Umbrella pela destruição de Raccoon City.
Daria a impressão que a Umbrella compartilharia do destino de Raccoon City, mas talvez fosse em uma escala menor.
A Umbrella era nada mais que uma ferramenta para a pesquisa do Vírus Progenitor. Mesmo sem esta ferramenta, a pesquisa ainda sobrevive.
Apenas os empregados menores da Umbrella sofrerão com sua dissolução.

Se a pesquisa secreta envolvendo o vírus Progenitor estiver protegida, eu sempre poderei reconstruir uma nova. Eu já iniciei os preparos para isso.
O complexo de pesquisas na África continua sendo um segredo, e é lá que o vírus Progenitor é produzido, algo que não concluímos até o fim dos anos 80.
Apenas algumas pessoas da companhia ainda sabem da existência do complexo da África, graças a nosso severo regulamento de vazamento de informações. Apenas uma pequena parte do pessoal foi transferida da África para outros locais, e eles sempre foram monitorados de perto.
O Diretor Bailey está confinado no complexo da África há 30 anos, e continua até esta data.

Tudo o que nos resta é fechar este complexo e tudo se seguirá de acordo com o plano.
Assim que o complexo deixar de existir, todas as conexões com a Umbrella desaparecerão com ele. Então, eu terei que lidar com qualquer um que tenha nível 10 de segurança, já que são os únicos que sabem da existência do complexo da África. Todos os outros serão sumariamente eliminados.
Meus segredos estarão protegidos, quando se enterra um tesouro, não se deve deixar um mapa para trás.

(Uma folha impressa está dentro do caderno.)
Pessoas com Acesso aos Segredos da Companhia

Nível 10
Ozwell S. – Morto
Henning P. – Aprisionado
Masaki T. – Morto
Jenny K. – Paradeiro desconhecido
Carlos M. – Encontrado -> informação obtida -> eliminado

Nível 9
Brandon B. – Morto
Frank E. – Morto
Isabella C. – Morto
Greg A. – Morto
Lee D. – Morto
Michael K. – Morto
Ethan W. – Morto


Diário de Miguel, Pesquisador da Tricell – No. 1

19 de Fevereiro
Quando ouvi falar que era O laboratório usado pela Umbrella na África, minhas expectativas aumentaram, para dizer o mínimo. Mas quando eu o vi, bem, é um laboratório só no nome. Eu não sei como a Umbrella pôde usá-lo, e só Deus sabe como a Tricell poderia fazer uso disto.
O local foi abandonado há muito tempo, então não há nada de valor algum para nós. Não sobrou nem um pedaço de equipamento de laboratório, pelo menos nada que ainda funcione. Não posso dizer que estou surpreso, porque esperava por algo assim.
De qualquer forma, o importante é o Vírus Progenitor.
Se não precisássemos deste vírus para nossa pesquisa, não haveria necessidade de virmos a este complexo da Umbrella desativado. Nós já temos amostras do T-Virus, do G-Virus, do vírus T-Veronica e mesmo do parasita Las Plagas. Temos tudo o que precisamos para nossa pesquisa.
Nós só não tínhamos este maldito vírus Progenitor.
Mas finalmente colocamos nossas mãos nele. Tomara que ele nos traga o tão necessário avanço em nossa pesquisa. Mal posso esperar para começar a trabalhar nisso.

7 de Março
Fico imaginando quem deu o nome Licker (Lambedor) para estas criaturas. Quero dizer, quando você vê sua língua comprida, sabe que é o nome perfeito.
Mas para pesquisadores como eu, B.O.W.s como os Lickers são uma atrapalhação. Se eu dissesse que os Lickers são perfeitos, provavelmente estaria exagerando em minha aprovação. Mas eles são uma evolução completa. Não há mais como fazer aperfeiçoamentos.
B.O.W.s que foram criadas usando o T-Virus não parecem mostrar muitas melhorias quando o vírus Progenitor é administrado.
Isto é, suas habilidades mostram uma leve evolução. Por exemplo, o senso de olfato parece mais ou menos evoluído.
Mas é tudo o que conseguimos até agora. Eles ainda são cegos como uma senhora de idade, e extremamente feios. O salto mais alto em sua evolução parece ter sido na habilidade de se reproduzirem.
Odeio quando as coisas não vão de acordo com o planejado, mas já que ainda há demanda para Lickers no mercado de B.O.W.s, acho que as coisas não estão tão ruins.


Diário de Miguel, Pesquisador da Tricell – No. 2

8 de Maio
Nosso alvo no momento é desenvolver um vírus que ultrapasse o potencial tanto do G-Virus quanto do vírus T-Veronica.
Precisamos eliminar quaisquer mutações extremas, atrofia mental e instabilidades no vírus.
Fomos avisados para não ficarmos preocupados com as taxas de retenção e rejeição, mas mesmo assim, resolver estes três problemas será um desafio.
É claro que tudo isto é um problema só dos pesquisadores regulares.
Eu já estou perto de resolver dois dos problemas. O terceiro está se mostrando um pouco mais complicado, então eu talvez tenha que recorrer a alguns métodos alternativos.
Às vezes eu me assusto com minha própria ingenuidade! A Tricell tem sorte de ter alguém de minha inteligência em sua folha de pagamentos.


Manual de Operação do Laser por Satélite Shango

O laser por satélite Shango é operado usando um mecanismo de alvo laser semelhante a um lança foguetes (L.T.D.) que envia coordenadas do alvo ao satélite. O satélite é, então, capaz de disparar um laser altamente concentrado a centímetros do alvo.

Procedimentos de Operação:
1. Mire o L.T.D. no alvo para repetir as coordenadas ao satélite.
2. Assim que o alvo estiver certo, as coordenadas serão passadas. Durante a transmissão, o sinal do alvo aparecerá vermelho na lente de mira.
Observação: se a inteligência artificial do sensor do alvo perceber que o alvo não está mais sendo rastreado pela lente de mira, a transmissão das coordenadas será cancelada.
3. Quando TRAVADO aparecer na lente, significa que a transmissão foi enviada com sucesso. Puxar o gatilho agora irá ativar o laser.
4. O canhão de disparo deve levar um tempo para recarregar antes de disparar de novo.