Livro Traduzido | Resident Evil Archives

PERSONAGENS

Chris Redfield

Idade: 25
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,81cm
Peso: 80,5kg

Membro da Equipe Alpha dos S.T.A.R.S.. Posição de Frente (PM). Sua perícia em tiro ao alvo é a número um em sua equipe, e tem habilidade em observação e compreensão. Como um dia fora membro da Força Aérea dos EUA, tem licença para pilotar helicópteros. Ele esteve na mesma unidade de seu atual companheiro de equipe, Barry Burton. Ele é inabalável em qualquer situação, mas esta mesma personalidade forte também significa que algumas vezes bate de frente com seus superiores. Apesar de ser um piloto excepcional, ele foi dispensado de sua unidade por causa de seus desentendimentos freqüentes com seus oficiais superiores. Após sua dispensa, foi recrutado para os S.T.A.R.S. por sua proeza militar. Além de ter bastante experiência em combate com tudo, de revólver a lança-chamas, ele também pode facilmente lidar com um combate corpo-a-corpo. Seu colete dos S.T.A.R.S. tem um bolso especial para facas, e é lá que ele guarda sua amada faca de combate.

Durante o Incidente da Mansão, Chris encontrou o Laboratório de Pesquisas Arklay e descobriu o plano da Umbrella. Mas devido a uma cobertura sistemática, o caso todo ficou envolto em escuridão e nenhuma de suas informações foi liberada. Naquele momento, Chris decidiu viajar para a Europa para investigar o assunto sozinho.

Quando partiu, ele perdeu contato com sua irmã caçula, Claire, para evitar expô-la ao perigo. Mas seu plano sofreu um revés. Preocupada com sua segurança, ela partiu sozinha para encontrá-lo, e foi capturada pela Umbrella e aprisionada na Ilha Rockfort. Chris não soube disto até três meses depois. A pessoa que lhe contou sobre isso fora Leon S. Kennedy, que agiu ao lado de Claire.

Ao descobrir por Leon da prisão de Claire, Chris partiu imediatamente para a Ilha Rockfort. Naquele momento, Claire havia conseguido fugir da prisão, mas ainda levaria um bom tempo até que se reencontrasse com Chris. Isto ocorreu devido a interferência de Albert Wesker. Tendo sido dado como morto, ele fora enviado para a ilha por alguma nova ambição obscura. Desta forma, uma missão de resgate se transformou em uma missão de vingança, e a situação se tornou mais e mais complicada.


Jill Valentine

Idade: 23
Tipo sanguíneo: B
Altura: 1,72m
Peso: 56kg

Membro da equipe Alpha dos S.T.A.R.S.. Posição de Segurança de Retaguarda. Séria e com um forte senso de justiça, ela é muito direta em suas ações e não esconde o que estiver sentindo. Ela tem dedos ágeis e é excelente em destrancar fechaduras com seu lockpick. Quando está trabalhando, usa uma vestimenta blindada de peso leve que a permite se movimentar livremente, e uma boina com a insígnia dos S.T.A.R.S. bordada. Ela usa uma Samurai Edge, modificada para seu uso pessoal, e uma pequena faca de sobrevivência. Se precisar, também consegue manejar um lança-chamas.

Antes de ingressar nos S.T.A.R.S., ela esteve no programa de treinamento da Força Delta do Exército Americano, onde adquiriu altas classificações no desarmamento de bombas. Ela foi trazida para os S.T.A.R.S. por suas habilidades já bem desenvolvidas de combate. Não importa a dificuldade da missão que lhe é dada, ela nunca demonstra indícios de fraqueza. Mas mesmo ela não conseguiria agir com bravura durante o Incidente da Mansão. Com a visão de acontecimentos arrepiantes um atrás do outro, ela mostrou um pouco de seu lado fraco. Mesmo depois de sobreviver a todo seu cruel treinamento, quando se encontra totalmente sozinha, primeiro fica nervosa, depois ansiosa e depois estremece de medo.

Depois de sobreviver ao Incidente da Mansão, ela iniciou uma investigação independente no laboratório de pesquisa da Umbrella. Mas dois meses após o incidente, ela ficou furiosa com a falta de progressos no caso. Ela se despediu de Chris, que estava viajando para a Europa para investigar a sede da Umbrella, e permaneceu em Raccoon. Ela começou sua investigação em um complexo vital na cidade, mas seus planos mudaram com a epidemia do T-Virus na cidade. Assim que a epidemia se expandiu e se espalhou por toda Raccoon, o Nemesis T-Type, aproveitando-se do caos, começou a caçá-la. Pouco depois, a fuga de Raccoon se tornou ainda mais urgente com o novo programa americano de Redução Viral e seu planejado ataque especial de bombas.

Jill não precisou fugir totalmente sozinha. Ela tinha um parceiro, um sobrevivente da U.B.C.S.: Carlos Oliveira. Enquanto fugia, ela foi contaminada com o T-Virus, e foi Carlos quem a salvou. Com seu reforço, ela conseguiu escapar de Raccoon antes do bombardeio. No entanto, quando chegou na Europa, o esconderijo de Chris já estava deserto…


Barry Burton

Idade: 38
Tipo sanguíneo: A
Altura: 1,86cm
Peso: 89,3kg

Membro da equipe Alpha dos S.T.A.R.S., na posição de apoio. No passado, foi membro da mesma unidade de Chris. Depois de completar seu serviço, ingressou na S.W.A.T. antes de entrar para os S.T.A.R.S.. Desde que sua entrada, ele fez uso de seu grande conhecimento e experiência, e ficou responsável pelo ajuste e fornecimento de armas de fogo para o grupo. Sua personalidade é comportamento calmo e emotivo, com um forte senso de dever e responsabilidade. Ele é um bom marido e pai, e enquanto está trabalhando, se preocupa com suas duas amadas filhas, Moira e Poly.

Conhecido como um aficionado por armas, ele é um grande colecionador. Particularmente, é amigo próximo de Robert Kendo, dono da Loja de Armas Kendo em Raccoon. Ele deixa as modificações da Samurai Edge dos S.T.A.R.S. nas mãos de Kendo e fica extremamente satisfeito com os poderosos resultados.

Em situação de combate, Barry gosta de coisas leves: um colete tático vermelho com coldre de couro e pochete com munição extra. Diferente de Chris, ele não usa um porta-facas ou joelheiras. Por outro lado, sua arma preferida não é a Samurai Edge, mas uma Magnum .44 que ele mantém sempre pronta. O jeito como trata sua arma como uma “velha amiga” confiável mostra Barry em seu estado mais natural.

Pouco antes de ser mandado para as Montanhas Arklay, sua amada família foi raptada por Albert Wesker, que estava agindo como agente da Umbrella. Impossibilitado de fazer algo, ele trai seus companheiros. Mas com seus companheiros feridos diante de sua mente, ele recuperou seu senso de justiça. Junto com Jill, conseguiu escapar da loucura da Mansão em Arklay.

Depois disto, ele planejou colocar todos os seus esforços em mandar imediatamente sua família da América para o Canadá. Mas se sentir responsável pelo perigo em que estavam seus companheiros, então, mais uma vez, ele enfrentou os perigos de Raccoon. O propósito de sua visita, desta vez, foi para salvar Jill, que estava investigando o estranho laboratório de pesquisa da Umbrella. Ele subiu a bordo de um helicóptero civil e seguiu para Raccoon, pouco antes do exército dos EUA planejar lançar uma bomba e acabar com o problema da epidemia. No caminho, ele fez contato com o mercenário Carlos Oliveira e seguiu um plano que por pouco custara suas vidas. Apesar de não estar totalmente claro o que aconteceu com Barry e Jill depois do incidente, é quase certo de que eles continuam se opondo à má organização que é a Umbrella.


Rebecca Chambers

Idade: 18
Tipo sanguíneo: AB
Altura: 1,61cm
Peso: 41,1kg

Membro da equipe Bravo dos S.T.A.R.S.. Sua posição é RS (Segurança de Retaguarda). Rebecca é uma especialista na manufatura e preparação de medicamentos, e está a cargo da saúda de toda a equipe. Seu conhecimento em química e assuntos relacionados é altamente avançado, e ela se formou na universidade com notas excelentes com apenas 18 anos. Ela então foi convocada para os S.T.A.R.S., onde este conhecimento poderia ser colocado para uso eficiente.

Quando a trabalho, ela veste a mesma boina e uniforme com ombreiras de Jill. (Contudo, durante o jogo ela aparece em roupas mais leves.) Para mostrar que é uma profissional da saúde, ela usa um relógio vermelho e branco em seu pulso equipado com um medidor de pressão para monitorar pessoas feridas. Apesar de ser do tipo ação e pouca coisa a incomodar, ela tem uma verdadeira falta de experiência em combate real. Quando tenta agir com bravura, freqüentemente hesita, e quando se encontra oprimida por uma situação, não consegue evitar em expor esta falta de experiência. Ela ganhou sua primeira experiência real com batalha durante sua investigação no bizarro incidente na Floresta de Raccoon.

Originalmente a cargo de missões antiterroristas, desta vez os S.T.A.R.S. foram ordenados a investigar uma área excepcionalmente ampla. A nova recruta, Rebecca, foi mandada com eles. Entretanto, um problema inesperado com o motor os forçou a fazer um pouso de emergência na floresta, e sua jornada a um pesadelo real começou.

Enquanto o Ecliptic Express estava parado na floresta, Rebecca conheceu Billy Coen, um prisioneiro no corredor de morte que estava tentando fugir. Por terem encontrado o corpo de um PM, e por Coen ter sido julgado culpado, Rebecca ficava muito cautelosa perto dele. Porém, devido a sua conduta durante o horrível desastre biológico, suas suspeitas sobre Coen começaram a enfraquecer. Então, quando ouvir a verdade da própria boca de Billy, mudou totalmente de ideia. Os dois seguiram em busca da causa do desastre biológico. Enquanto lutavam contra monstro após monstro desconhecido, Rebecca teve certeza de que a Umbrella estava por trás de tudo isto. Após investigar a escola de treinamento de funcionários, ela se separou de Billy e foi atrás de Enrico Marini, líder de sua equipe Bravo.

O próximo lugar para onde Rebecca seguiu foi a mansão que fora construída anos atrás na floresta. Mas este lugar, onde ela pensou que seus companheiros estariam, apenas a colocou em outra situação desesperadora. A mansão havia se tornado um lar para os monstros. Mas quando encontrou Richard Aiken fatalmente ferido, a uma Rebecca profundamente desesperada foi dada uma fraca luz de esperança. Chris Redfield da equipe Alpha viera ao resgate deles. Ao tomar com o soro que ele encontrara, Richard curou seus ferimentos e Rebecca encontrou nova coragem. Então, usando sua habilidade como oficial de saúde ao máximo, ela ajudou Chris em sua busca por uma rota de fuga da mansão.


Albert Wesker

Idade: 38
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,83cm
Peso: 84,5kg

Líder da equipe Alpha dos S.T.A.R.S.. A imagem da calma em pessoa, ele tem uma visão distintivamente engrandecida de si mesmo, e seus famosos óculos lhe dão um ar de distanciamento. Ele usa um colete tático sobre o uniforme, carrega munição extra em uma bolsa de munição na lateral, e tem um receptor sem fio fixado no lado esquerdo de seu peito. Em seu coldre, ele tem uma Samurai Edge que ele mesmo personalizou. Suas habilidades no tiro são quase tão boas quanto as de seu ás, Chris Redfield.

Além disso, tendo graduação em bioengenharia, Wesker trabalhava no laboratório Arklay junto com William Birkin, que depois descobriu o G-Virus. Seu objetivo era o estudo do T-Virus. Mas após sua traição a James Marcus, chefe da escola de treinamento de oficiais, os destinos dos dois mudaram. Enquanto William avançava no núcleo da Corporação Umbrella, Wesker pediu para trabalhar como informante. Depois disto, quando os S.T.A.R.S. foram fundados, ele foi colocado como líder da equipe. Ele, então, iniciou um trabalho de contrainteligência focada em prevenir os S.T.A.R.S. de descobrirem a verdade.

O momento de revés para Wesker veio quando ele foi mandado às Montanhas Arklay. Ele planejava tirar vantagem de sua ordem secreta de eliminar os S.T.A.R.S. e obter dados de combate. Na verdade, ele vinha planejando com um dos concorrentes da Umbrella de traí-los, e estava tentando causar uma boa impressão. Mas seus planos foram arruinados por Chris e Jill, e Wesker foi forçado a seguir com seu plano extra. Este era o de roubar o G-Virus no qual William vinha trabalhando. Dois meses depois do Incidente da Mansão, Wesker fez sua jogada, junto com a espiã Ada Wong. Desta vez, seus planos foram interrompidos pela intervenção de Leon S. Kennedy e Claire Redfield, assim como da Unidade Militar Especial da Umbrella. Contudo, ele finalmente roubou o G-Virus de restos mortais e conseguiu escapar de Raccoon pouco antes da bomba ser lançada.

Após roubar o G-Virus, Wesker recuperou sua honra, mas isto não foi suficiente para satisfazê-lo. Seu próximo objetivo era capturar a jovem gênia cientista Alexia Ashford no laboratório subterrâneo no Pólo Sul. Para obter o T-Veronica, o novo vírus que ela havia criado para si, Wesker levou a equipe militar de sua organização secreta para um ataque à Ilha Rockfort. Mesmo ainda agindo furtivamente, ele planejava um reencontro decisivo com seu oficial e maior rival, Chris. Não mais humano, mas como um novo organismo. Algo fora dos padrões do mundo natural…


Claire Redfield

Idade: 19
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,69cm
Peso: 52,4kg

Uma estudante de faculdade que adora motociclismo mais do que qualquer outra coisa, Claire é a irmã mais nova de Chris Redfield e tem muito orgulho do trabalho dele como membro dos S.T.A.R.S.. Ela tem uma personalidade forte, e mesmo sendo uma civil, ela sabe usar tudo, de uma faca de combate a um lança-mísseis. Durante sua busca por Chris, ela tinha um coldre de faca em seu peito e carregava um revólver. Suas habilidades de combate com faca e sua alta precisão na habilidade em atirar são provas de que ela aprendeu direito nas aulas com seu irmão mais velho. Além disto, sua destreza manual é páreo para a de Jill Valentine, e ela é uma especialista em destrancar fechaduras.

Depois que Chris partiu para a Europa, ela ficou preocupada com o bem-estar de seu irmão e foi a Raccoon City para investigar. No momento em que chegou, a cidade já estava destruída pela epidemia do T-Virus. Logo, ela se viu sendo atacada por hordas de zumbis. Ela foi salva por Leon S. Kennedy, que era até então um novado do Departamento de Polícia de Raccoon. Pouco depois de se encontrarem, seu caminho foi bloqueado quando uma carreta fora de controle explodiu.

Claire andava por uma cidade que fora transformada em um cenário do Inferno. Enquanto lutava para sobreviver, encontrou uma jovem garota chamada Sherry Birkin e decidiu escapar com ela. Então, descobriu o plano do G-Virus secreto da Umbrella. Finalmente, ao trabalhar junto com Leon, ela conseguiu sair de Raccoon City. Mas este não era o fim para ela. Depois de se separar de Leon, ela continuou sua busca por Chris. Quando ouviu falar que Chris havia invadido a sede da organização da Umbrella, ela imediatamente seguiu para a Europa.

Vestida com um colete estampado com o símbolo de uma Valquíria, Claire adentrou em um laboratório de pesquisas em Paris. Mas apesar de agir como uma profissional, ela logo foi descoberta e capturada pela Umbrella. Neste momento, Claire sabia de todos os segredos da Umbrella, então foi aprisionada na Ilha Rockfort. Contudo, pouco depois de sua prisão, forças desconhecidas atacaram a ilha e Claire teve a chance de fugir de sua cela. Ela e Steve Burnside, que conheceu na prisão, iniciaram sua fuga da ilha. Então, depois de enviar um e-mail para Leon, ela se reencontrou com seu querido irmão, Chris.


Leon S. Kennedy

Idade: 21
Tipo Sanguíneo: A
Altura: 1,78cm
Peso: 70,2kg

Seu nome do meio é Scott. Ele ficou interessado nos incidentes bizarros que aconteciam em na cidade de Raccoon, e ele conseguiu um cargo no Departamento de Polícia de Raccoon após se formar na academia de polícia. Apesar de ter pouca experiência prática, ele consegue compensar isto com sua juventude e habilidades, e há poucas coisas que o assustam. Ele tem um forte senso de justiça e tem muito orgulho de ser um policial, então se esforça ao máximo em resgatar sobreviventes frágeis.

Em 29 de Setembro, seu primeiro dia como oficial de polícia em Raccoon, ele cometeu o erro de dormir demais e não saiu para trabalhar até o pôr do sol. Ele se vestir com seu novo uniforme blindado de polícia, entrou em seu amado jipe e dirigiu até Raccoon. Ironicamente, foi este erro imperdoável que salvou sua vida. A cidade toda, incluindo a sede da polícia onde ele deveria estar, se tornou um covil de monstros.

A razão de estar atrasado para o trabalho foi uma festa na noite anterior. Ele ficou bêbado em um motel, tentando esquecer a dor de terminar com sua namorada. Se não fosse por este acontecimento, ele poderia ter se tornado um morto vivo como os outros policiais. Mais tarde, seu encontro com um zumbi na rua fez com que conhecesse Claire Redfield, que estava procurando por seu irmão mais velho.

Sendo um policial, Leon fez a proteção de Claire e da garotinha, Sherry, seu único foco. Sempre fiel a mulheres, Leon lutou desesperadamente para ajudar Claire, apesar de ficar descontente a respeito de ela tomar suas próprias decisões. Enquanto procurava por uma rota de fuga de Raccoon, ele soube do plano secreto da Umbrella e se lançou em uma longa batalha contra eles.

Não se deve esquecer que por trás das ações de Leon há uma mulher: Ada Wong. Leon está apaixonado por ela, a mulher que se aliou a Albert Wesker para roubar o G-Virus. Então, por causa de sua morte, seu espírito de luta se reacende. Ele jura se vingar da Umbrella, que lhe roubou o seu amor.

Após fugir da cidade de Raccoon, Leon viu Claire partir em sua busca contínua por seu irmão mais velho, Chris. Ele pediu ao exército dos EUA, agora organizado fora da cidade, Depois de contatar um oficial da inteligência do governo dos EUA, ele começou a investigar a Umbrella por conta própria. Então, quando soube que Claire estava em perigo na Ilha Rockfort, ele repassou esta informação ao irmão mais velho dela, Chris.


Ada Wong

Idade: 24
Tipo Sanguíneo: AB
Altura: ?
Peso: ?

Ada é uma asiática que conhece Leon durante a investigação dele. Ela diz que veio a Raccoon para procurar seu namorado perdido, mas era mentira. Ada na verdade é uma espiã que vem trabalhando para uma corporação rival, junto com Albert Wesker.

Com seu treinamento especial, Ada é a própria definição de profissional. Mesmo nas mais extremas situações, ela desempenha sua tarefa com calma e frieza, sem demonstrar a menor preocupação.

Ada vinha trabalhando disfarçada na Umbrella e desempenhando ações subversivas lá, quando contatou um pesquisador do Laboratório de Arklay chamado John. Ada tem um passado de ter conseguido informação sobre o T-Virus. Então, quando obteve informação sobre o G-Virus que William Birkin estava pesquisando, foi ordenada por Wesker a obtê-lo.

Uma amostra do G-Virus foi secretamente colocada no pingente usado pela filha de William, Sherry. Sabendo desta informação, Ada decidiu procurar na cidade de Raccoon, onde os zumbis perambulavam. Lá, ela conheceu Leon S. Kennedy, que estava desesperadamente procurando uma rota de fuga da cidade, e ela elaborou um plano para usá-lo para seus próprios fins. Ao fingir colaborar com ele, ela conseguiu colocar as mãos no pingente. Mas em algum momento, sem perceber, sua falsa parceria com Leon se transformou em algo verdadeiro e mudou algo no coração de Ada. Ela havia se apaixonado por Leon. Mas estes sentimentos provariam ser sua ruína, quando ela se colocou em perigo para impedir um ataque do monstro G. Tomada por um novo e proibido amor, Ada sacrificou a própria vida para salvar Leon do perigo. Mas no final, Ada morreu de verdade? Isto não se sabe.


Carlos Oliveira

Idade: 21
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,82cm
Peso: 83kg

Membro da Unidade Delta A da U.B.C.S.. Sua posição é a de Cabo. Um jovem mercenário com sangue latino-americano em suas veias, ele também era ativo na resistência anti-governamental na América do Sul. Depois de forças governamentais eliminarem sua organização, ele foi levado para a Corporação Umbrella para ser coordenador de mercenários, e então ingressou na U.B.C.S..

Ele é um homem de bom coração que faz piadas o tempo todo. Talvez por ter sido criado em meio à violência, ele é corajoso o bastante para se jogar no meio do perigo. Apesar de ser jovem, ele é muito habilidoso com armas de fogo dos países do bloco leste, e portanto está a cargo do armamento da U.B.C.S.. Ele também cuida do suporte à retaguarda, ofício de guarda, manutenção de armas e intervenção local. Contudo, as habilidades de Carlos como mercenário não param aí. Ele também é extremamente habilidoso em dirigir grandes veículos e pilotar helicópteros e aviões monomotores.

Carlos se equipou com armamento pesado e foi mandado para uma missão particular de resgate pela Corporação Umbrella. Ele estava equipado com uniforme tático, coldre de perna, joelheiras, e o mais novo rifle de assalto M4A1 com munição múltipla extra. Mas após um inesperado revés, Carlos se viu em um dilema. Depois de sobreviver de alguma forma aos zumbis, ele encontrou Jill Valentine enquanto procurava por uma rota de fuga. Para Jill, Carlos proporcionou forte apoio emocional. Sem ele, Jill nunca teria escapado do T-Virus.

Apesar de não ter ficado claro o que aconteceu com Carlos após fugir de Raccoon, é certo de que ele passou a ter muito ódio de seus patrões da Umbrella.


Steve Burnside

Idade: 17
Tipo Sanguíneo: AB
Altura: 1,73cm
Peso: 67,5kg

Este jovem rapaz foi aprisionado no complexo de detenção na Ilha Rockfort. Sua prisão foi devido à estupidez de seu pai, um ex-funcionário da Umbrella. Seu pai tentou vender informação secreta para fontes externas, e quando isto foi descoberto, a mãe de Steve foi morta e ele foi aprisionado. Steve começou a desconfiar não apenas de outras pessoas, mas até de si mesmo. Ele passou seus dias de confinamento em uma ilha solitária em profunda tristeza.

O que finalmente trouxe de volta a esperança à vida de Steve foi o tumulto iniciado por Albert Wesker. Depois que Steve escapou da prisão, destruída pelo ataque de Wesker, ele conseguiu usar a confusão causada pelo vazamento do T-Virus para investigar o aeroporto. Neste processo, ele teve um encontro decisivo com Claire Redfield. Ela estava procurando seu irmão mais velho, Chris.

A princípio, Steve tratava Claire como se ela fosse apenas um transtorno. Mas assim que descobriu sua gentileza e força, ele começou a abriu seu coração cada vez mais para ela.

Depois de escapar da ilha, Steve e sua parceira chegaram à base do Pólo Norte, como se tivessem sido guiados até lá por alguém. Então, enquanto procuravam desesperadamente por uma rota de fuga, ele foi castigado com uma nova tragédia. Alexia Ashford, que esteve adormecida por 15 anos, injetou em Steve o vírus T-Veronica que ela criara. Ele logo se transformou em um monstro e atacou Claire. No entanto, seu grande amor por Claire continuou intacto pelo vírus e após recuperar sua consciência, ele sacrificou sua vida para salvá-la. Finalmente, após contar a Claire sobre seu amor por ela, ele terminou sua curta vida como humano e caiu morto…

Mais tarde, Steve foi levado por Wesker, que fora enviado à ilha em uma missão secreta, e partiu da ilha. A intenção de Wesker era obter o vírus T-Veronica que ainda estava vivo dentro do corpo de Steve.