Livro Traduzido | Resident Evil Archives

PERSONAGENS

Billy Coen

Idade: 26
Tipo Sanguíneo: A
Altura: 1,81cm
Peso: 74,2kg

Originalmente um segundo tenente no Corpo da Marinha, Billy tem grande critério e sabe usar qualquer arma como um especialista. Apesar de não falar muito, seu senso de justiça é duas vezes mais forte do que o de qualquer outra pessoa.

Este homem, que antes trabalhava como soldado solitário para seu país, agora é um “assassino de alto grau” esperando pelo dia de sua execução. Mas como este homem, que um dia conduziu as missões mais cruéis incondicionalmente, caiu tão baixo a ponto de se tornar um prisioneiro esperando pela morte? Tudo isto aconteceu um ano antes.

Billy estava trabalhando na África para intervir em uma guerra civil, e ele e vários de seus colegas adentraram a selva. Sua missão era a de reduzir o número de guerrilhas, que eram a causa principal da guerra civil. Contudo, por causa de informações falsas, a unidade acabou se perdendo e perambulando pela selva. No momento em que chegaram ao local destinado, só haviam sobrado quatro membros devido a doenças e diversas batalhas.

O comandante da unidade ordenou que Billy e seus companheiros exaustos matassem todo na vila. Após retornarem para casa de mãos vazias, o comandante da unidade ficou furioso. Os assassinatos das 23 pessoas inocentes foram colocados sobre Billy, que se recusara a seguir as ordens. Um tribunal militar o condenou à morte.

Enquanto estava sendo transferido para a base Regarthon, onde a execução aconteceria, Billy foi salvo pelo desastre biológico que ocorreu nas Montanhas Arklay. Ele fugiu para dentro do Expresso Ecliptic que estava parado na floresta, e lá ele conheceu Rebecca Chambers, da unidade dos S.T.A.R.S..

Do ponto de vista de Rebecca, Billy nada mais era do que um criminoso foragido de algemas. Mas quando ele prometeu unir forças com ela durante a crise, arriscou sua própria vida para ajudá-la. Rebecca desconfiava de Billy a princípio, mas depois de observá-lo tocando piano e ver sua personalidade honesta, sua desconfiança por ele enfraqueceu gradualmente. Então, quando sua investigação conjunta da escola de treinamento da Umbrella acabou, Billy ganhou sua liberdade de Rebecca. Para encobrir seus rastros, ela apresentou um relatório de sua morte para a sede.


William Birkin

Idade: 36
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,78cm
Peso: 66,7kg

William foi o descobridor do G-Virus, e também o homem mais responsável pelo plano de desenvolvê-lo. Aquele que um dia foi o orgulho da Corporação Umbrella, ele começou a discordar da empresa onde estava trabalhando no G-Virus, e entrou em contato com o exército dos EUA. Eles não podiam perder a oportunidade. Pretendiam comprar B.O.W.s da Umbrella, mas perceberam que se conseguissem ter uma fonte brilhante como William, isto não seria necessário.

Contudo, apesar de William planejar monopolizar o plano, ele entrou em apuros com um ataque das Forças Militares Especiais da Umbrella. Pouco antes de sua morte, ele se injetou com o G-Virus. Isto o transformou em uma forma de vida desconhecida (G) e o levou a sua própria destruição.

William iniciou sua jornada em se tornar um grande cientista quando ainda era um adolescente. Seu talento científico foi reconhecido pela Umbrella, e ele se tornou um candidato a executivo na escolha de treinamento executivo. Durante este tempo, Albert Wesker estava no mesmo ano de treinamento que ele. Em competição um com o outro, eles trabalharam no desenvolvimento do vírus Progenitor e com o tempo foram transferidos para o Laboratório de Pesquisas Arklay pelo presidente da companhia, Spencer. Promovido a cientista sênior a cargo do projeto T-Virus com apenas 16 anos, William continuou o projeto com orgulho. No entanto, três depois que o projeto começou, sua vida pacífica como cientista virou um caos com a existência de uma pessoa.

Esta pessoa era Alexia Ashford, criadora do T-Veronica. Ela foi promovida a líder do laboratório do Pólo Sul com apenas 10 anos de idade. William passou a ter inveja dela. Ardendo em espírito competitivo e sem planejamento adequado, ele continuou com sua pesquisa e seus experimentos em ritmo arriscado.

Isto continuou até o anúncio de que Alexia havia morrido em um acidente de contágio, mas ele não teve avanços em sua pesquisa e apenas perdeu seu tempo. Entretanto, com o tempo sua pesquisa chegou a um momento importante no projeto T-Virus. Ele havia tido sucesso em estabilizar o vírus Progenitor e criou um B.O.W. incrível chamada de Hunter. Então, após inúmeros experimentos usando a cobaia imortal, Lisa Trevor, ele descobriu um vírus desconhecido, o G (o protótipo do G-Virus) em seu corpo após injetá-la com um organismo parasítico (protótipo desenvolvido durante o Projeto Nemesis). Ele recebeu permissão de sua companhia para continuar com sua pesquisa de criar um novo tipo de vírus. E assim, com sua esposa Annette, ele se mudou para um novo laboratório na cidade de Raccoon e continuou com sua pesquisa maligna no G-Virus.


Annette Birkin

Idade: ?
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: ?
Peso: ?

A esposa de William Birkin, o pesquisador número um do G-Virus. Sempre auxiliando em segundo plano na pesquisa importante de seu marido, Annette era originalmente uma pesquisadora do Laboratório de Arklay, e conheceu William quando ele era pesquisador sênior de lá. Depois do casamento, ela deu à luz sua filha, Sherry, dois anos antes de descobrirem o G-Virus. Mesmo antes de se tornar mãe, ela se lançou de volta à pesquisa por amor ao seu marido.

Então, após William receber permissão da Umbrella para iniciar seu novo Projeto G-Virus, ela também foi autorizada a participar. Sua função era estar a cargo da comunicação com pessoas de fora do laboratório subterrâneo em Raccoon. Deste modo, ela se tornou conhecida de Brian Irons, chefe do Departamento de Polícia de Raccoon. Devido aos membros da equipe dos S.T.A.R.S. terem descoberto sobre o Projeto G-Virus após o Incidente da Mansão, William subornou o chefe. Através de Annette, ele era capaz de monitorar atividades da policia.

Quando Claire Redfield e Leon S. Kennedy se infiltraram no laboratório de pesquisa, Annette os confundiu com espiões que estavam lá atrás do G-Virus, e demonstrou abertamente sua hostilidade contra eles. Isto foi devido à Umbrella já ter tentado roubar a pesquisa deles, e Annette passou a ver todos com paranóia e olhos de suspeita. Como as Forças Especiais da Umbrella haviam entrado à força, William se injetou com o G-Virus para evitar que fosse levado. Ao fazer isto, ele perdeu sua identidade.

Quando seu amado marido foi arrasado pelo G-Virus e se transformou em um monstro, uma evolução que ninguém poderia imaginar ocorreu. A responsabilidade restante de Annette era coletar a amostra do G-Virus escondida no pingente de Sherry e continuar a pesquisa incompleta de seu marido.

Contudo, enquanto Annette perambulava, procurando pelo pingente em seu estado semi-senil, ela foi fatalmente atacada pelo monstro que um dia foi seu marido. A imagem de sua própria filha, entre a vida e a morte, veio à sua mente. Pouco antes de morrer, ela recuperou seus sentidos e imaginou Sherry sendo tomada pelo G-Virus. Annette ensinou Claire como fazer uma vacina contra isto. Então, depois de falar sobre seus arrependimentos como mãe e deixar seu pedido sincero de desculpa à sua filha, Annette deixou este mundo.


Sherry Birkin

Idade: 12
Tipo Sanguíneo: O
Altura: ?
Peso: ?

Sherry é a única filha da figura central do programa G-Virus, William Birkin. Talvez por não receber amor algum de nenhum de seus pais, ela não fala muito e parece ter dificuldades em demonstrar emoções. Após o acidente biológico que ocorreu em Raccoon, ela foi à delegacia em busca de ajuda como sua mãe, Annette, lhe mandou fazer. Ela foi forçada a correr de uma horda de policiais zumbis por lá.

Foi Claire Redfield, que veio à cidade procurando seu irmão mais velho, quem salvou a solitária garota. A princípio, Sherry estava completamente assustada e não ajudava, mas após perceber que Claire era humana, baixou sua guarda e começou a colaborar com ela. Porém, algo terrível estava persistentemente perseguindo Sherry, enquanto ela procurava um jeito de fugir da delegacia. Era o Tyrant produzido em massa, que fora colocado pela Umbrella na delegacia. O propósito de sua perseguição era o de obter a amostra do G-Virus dentro do pingente no pescoço de Sherry, escondido lá por seu pai. Mas Sherry não sabia que seu vírus estava guardado dentro de algo seu, e estava apenas tentando fugir…

Enquanto a perseguição do Tyrant continuava, não foi a Umbrella quem colocou as mãos no pingente, e sim Ada Wong, uma espiã enviada por uma organização diferente. Ela estava esperando por uma oportunidade de roubar o G-Virus. Apesar de parecer que Sherry não seria mais um alvo depois que o pingente foi roubado, as presas venenosas de uma nova ameaça a aguardavam: o monstro G, que um dia havia sido seu pai, William Birkin. Sua mente havia sido destruída pelo G-Virus, mas ainda agindo sob os instintos paternais, ele tentou implantar seu embrião em Sherry para torná-la uma hospedeira do vírus.

Mas com o bem estar de Sherry em mente, foi Annette, mãe de Sherry e parceira de confiança de William, quem se manteve firme com mais vaga esperança em seu coração. Sherry estava ardendo em febre alta, e parecia que o G-Virus tomaria controle dela, mas ela se recuperou quando Claire lhe injetou a vacina. Após fugir de Raccoon, Sherry foi colocada sob a proteção do governo dos EUA. Ela está sendo mantida a salvo, e é a única no mundo com resistência ao G-Virus.


James Marcus

Idade: 70
Tipo Sanguíneo: A
Altura: 1,80m
Peso: 68,5kg

Primeiro chefe da escola de treinamento executivo da Umbrella. Apesar de ter sido assassinado aos 70 anos devido a um plano secreto da Umbrella, em 1998, 10 anos após sua morte, ele reviveu e misteriosamente retomou sua forma jovem. Então, para obter sua vingança, ele iniciou suas atividades secretas que resultariam na destruição da Umbrella e do mundo todo.

Sob a influência de seu amigo Ozwell E. Spencer, Professor Marcus, descobridor do vírus Progenitor, formou a Umbrella junto com Spencer e Edward Ashford. A pedido de Spencer, ele foi colocado como primeiro chefe da escola de treinamento executivo. Mesmo assumindo esta posição, a pedido próprio, ele foi autorizado a continuar sua pesquisa no vírus Progenitor. Logo ele desenvolveria o T-Virus que seria a base para o desenvolvimento de B.O.W.s. Após isto, ele criou a arma biológica original. Ao fazer isto, ele lançou seu plano de substituir Spencer, que parecia preocupado apenas com a gerência da companhia. Seu objetivo era o de se consolidar como o principal cientista da Umbrella.

Enquanto continuava seus experimentos ultra-secretos no laboratório subterrâneo da escola de treinamento, a ambição e ódio de Marcus por Spencer cresciam gradualmente em sua mente. Um dia, após começar os experimentos em animais, Marcus ficou furioso em não conseguir os resultados que esperava. Começou em vez disto a usar os candidatos executivos mais novos como cobaias. O número de sacrifícios aumentou para quase 20 pessoas, e seus experimentos foram mantidos em segredo dentro da Umbrella. No entanto, após a pesquisa de B.O.W. sendo conduzida no Laboratório de Arklay atingir o Nível 3, certas pessoas começaram a exigir que a pesquisa do Professor Marcus fosse encerrada. E então, sob ordens especiais de Spencer, Albert Wesker e William Birkin fecharam as cortinas da carreira científica ensangüentada de James Marcus.


Ozwell E. Spencer

Idade: ?
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: ?
Peso: ?

Líder da Umbrella. Descendente da nobreza européia, Spencer foi um dos descobridores do vírus Progenitor, um novo tipo de vírus RNA, junto com James Marcus e Edward Ashford. Ele sugeriu que os outros dois se juntassem a ele e criassem uma companhia para desenvolver armas biológicas baseadas em suas pesquisas com vírus. Os três formaram uma corporação de fachada chamada de Corporação Umbrella.

Spencer construiu o Laboratório de Pesquisas Arklay na Floresta de Raccoon no mesmo ano em que o vírus Progenitor foi descoberto, para avançar sua pesquisa viral em completo sigilo. Ele chamou o renomado arquiteto George Trevor para criar o laboratório, de modo que parecesse uma mansão vista de fora. Trevor foi morto sob circunstâncias de suspeitas pouco depois de a construção ser terminada. Assim como a esposa de Trevor, Jessica, e sua filha, Lisa, ele foi usado como cobaia do vírus Progenitor para que fosse mantido calado. Então, ao promover o inquieto Professor Marcus a líder da escola de treinamento executivo, gradualmente Spencer conseguiu aumentar sua força dentro da companhia.

A pesquisa que estava sendo conduzida no Laboratório de Arklay na época era nada menos do que a do projeto T-Virus, que mais tarde desencadearia o Incidente da Mansão. Este projeto estava competindo com a pesquisa independente sendo feita pelo Professor Marcus na Escola de Treinamento Executivo. O revés no projeto foi o sucesso dos experimentos com sanguessugas modificadas. Quando Spencer soube disto, ele recrutou Albert Wesker e William Birkin, que no momento eram candidatos a executivos, para seu lado e assassinou o Professor Marcus. Eles então roubaram toda a pesquisa do T-Virus de Marcus. Desta forma, Spencer fez com que o vírus fosse aperfeiçoado por William, e ao mesmo tempo tomou total controle da Umbrella.


Edward Ashford

Idade: ?
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: ?
Peso: ?

Quinto líder, membro da quinta geração da Família Ashford. Junto com Ozwell E. Spencer e James Marcus, ele foi um dos responsáveis pelo descobrimento do vírus Progenitor. Os três criaram a Corporação Umbrella, para servir de cobertura para a pesquisa do vírus. Ao fazer isto, Ashford atingiu o ponto máximo de fama de uma longa e ilustre família. Contudo, apesar de ter conseguido com sucesso seu lugar na história da família Ashford, deixando uma verdadeira lista de conquistas, ele falece em 1968. A liderança da família Ashford é então passada ao seu filho, Alexander.


Alexander Ashford

Idade: ?
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: ?
Peso: ?

Chefe da sexta geração da família Ashford. Apesar de ser um cientista especializado no estudo da genética, ele aparentemente não teve os requisitos necessários para ser contratado como líder no campo. Na realidade, quando Alexander assumiu, a influência de Ozwell E. Spencer passou a aumentar diariamente. Isso foi uma perda de prestígio que teria feito seu pai, Edward Ashford, ficar furioso.

Começando a sentir a perda, Alexander planejava restaurar o nome da família, começando um projeto secreto, o Código Veronica, em um laboratório que construíra no Pólo Sul. Sua ambição em restaurar o orgulho e o nome de seu pai e antecessor, Edward Ashford, era um sinal de seu extremo ódio por Spencer.

O que resultou desta pesquisa foram um menino e uma menina gêmeos, com poderes complementares. O mais velho, Alfred, nada mais era do que um erro de criação, mas sua irmã, Alexia, era o gênio pela qual Alexander estava esperando. Entretanto, apesar disto supostamente servir para a restauração do nome da família, teve o pior efeito possível em Alexander.


George Trevor

Idade: ?
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: ?
Peso: ?

O brilhante arquiteto que criou e supervisionou a construção da mansão, baseado nas necessidades detalhadas de Ozwell E. Spencer. A construção da mansão levou cinco anos, e quando foi terminada, Spencer decidiu que George sabia demais. Ele foi confinado na mansão, e até sua família foi arrastada para lá. Sua esposa, Jessica, foi injetada com o Vírus Progenitor Tipo A, mas quando ele falhou em se replicar como eles desejavam, ela foi eliminada. Sua filha, Lisa, foi injetada com o Tipo B, que replicou, resultando em Lisa sendo confinada sob constante vigilância por décadas como cobaia vital.

O “Diário de Trevor” que foi deixado na mansão mostra claramente os enormes esforços que ele fez para fugir, assim como suas orações fervorosas pela segurança de sua família. Mas George estava cercado pelos novos dispositivos criados e armados por Spencer, e por fim desistiu de suas tentativas de fuga. Finalmente, ele também foi usado como cobaia. Quando os experimentos falharam em produzir bons resultados, ele foi eliminado.

George fez criações arquitetônicas não apenas para Spencer, mas também para Alexander Ashford. Ele reutilizou muitos dos mesmos elementos da mansão (salas e afins) na construção da base da Antártida. É por isso que tantas semelhanças podem ser vistas entre os dois lugares.


Alexia Ashford

Idade: 27
Tipo Sanguíneo: ?
Altura: 1,75cm
Peso: 54,3kg

Gênia, artificialmente criada por Alexander Ashford, líder da sexta geração da nobre família Ashford. Ela se formou como oradora oficial na universidade aos 10 anos de idade, e sua beleza e inteligência fazendo as pessoas se lembrar de Veronica, a primeira grande matriarca da família Ashford. Apesar de Alfred e ela serem irmãos, seu relacionamento sempre foi bastante desigual. Ele a tratava com todo o amor, enquanto ela o tratava como um mestre deve tratar um escravo.

Quando Alexia tinha 10 anos, foi contratada como cientista pesquisadora para o laboratório da Antártida. Ela surpreendeu os outros cientistas ao conduzir a pesquisa no T-Virus e simultaneamente trabalhar no T-Veronica. Mas quando a pesquisa chegou a um ponto crucial, esta garota, que nascera com um coração de puro mal, usou à força Alexander em um experimento e o injetou com o vírus. Mas ele não conseguiu viver em simbiose com o T-Veronica, então se transformou em um horrendo monstro. Este experimento falhou, mas para Alexia, este era um estágio importante e abria novos caminhos de pesquisa para ela.

Quando sua pesquisa chegou ao estágio final, Alexia decidiu se utilizar como cobaia. Desta vez, ela iria injetar o vírus em si mesma. Após fazer isto, porém, ela foi colocada em sono criogênico. Ao mundo exterior foi dito que ela havia morrido, mas na verdade, o plano estava seguindo exatamente conforme o planejado.

Quinze anos depois, o T-Veronica finalmente começou a viver em simbiose com seu corpo, e ela despertou novamente com incríveis novos poderes. Sua pesquisa estava finalmente completa. Após despertar, Alexia injetou Steve Burnside, que estava no Laboratório da Antártida, com o T-Veronica. Ela queria ver o que o vírus faria se não conseguisse formar uma relação simbiótica.

Alexia pensava apenas em sua própria fama, e sua ambição crescia mais e mais. Mas ao mesmo tempo, sua própria destruição estava próxima na forma de Claire Redfield, ávida em se vingar por Steve, e de seu irmão mais velho, Chris. Ela foi incapaz de derrotá-los juntos, e quando tentou usar o poder contido no vírus T-Veronica, seu erro resultou em sua morte. Desta forma, a cortina se fechou para uma mente científica impetuosa e brilhante, que morreu sem realizar suas ambições.