Resident Evil (1996) | Files Traduzidos


Livro de Botânica

£ Sobre Ervas Medicinais £

Como você deve saber, existem muitas plantas que possuem efeitos medicinais. Desde tempos antigos, humanos curavam feridas e doenças usando várias plantas.

Neste livro, vamos mostrar três ervas que crescem nos arredores das montanhas de Raccoon e apontá-las como exemplos destas plantas com propriedades medicinais.

Cada erva tem uma cor diferente e efeitos diferentes como plantas curativas: a verde recupera força física, a azul neutraliza toxinas naturais, enquanto a erva vermelha não tem efeitos sozinha.

A erva vermelha só é efetiva com outras ervas. Por exemplo, se você misturar esta erva com a que recupera força física, os efeitos da recuperação serão triplicados.

Ajustando a quantidade e fazendo experiências com estas três ervas, você pode criar vários tipos de medicamentos, mas deixarei os detalhes em suas mãos, pois esta é a melhor maneira de adquirir verdadeiro conhecimento.


Diário do Guarda

9 de Maio de 1998
À noite, jogamos pôquer com Scott, o guarda, Alias e Steve, o pesquisador. Este estava realmente com sorte, mas acho que ele estava trapaceando. Que cretino!

10 de Maio de 1998
Hoje, um pesquisador de alto nível me pediu para cuidar de um novo monstro. Ele parece um gorila sem pele. Eles me disseram para alimentá-lo com comida viva. Quando joguei um porco, eles brincaram com ele… arrancando as patas do porco e puxando as tripas para fora antes de finalmente o comerem.

11 de Maio de 1998
Por volta de 5 horas desta manhã, Scott chegou e me acordou de repente. Ele estava usando uma roupa protetora que parecia um traje espacial. Ele me disse para colocar uma também. Eu ouvi falar que aconteceu um acidente no laboratório subterrâneo. Não é de se admirar, aqueles pesquisadores nunca descansam, nem à noite.

12 de Maio de 1998
Estou usando esta roupa incômoda desde ontem. Minha pele parece embolorada e sinto muita coceira. Como meio de me vingar, eu não alimentei os cães hoje. Agora me sinto melhor.

13 de Maio de 1998
Fui até a enfermaria, porque minhas costas estão inchadas e sinto coceira. Eles colocaram um grande curativo em minhas costas e o médico me disse que eu não preciso mais usar aquele traje espacial. Acho que poderei dormir bem esta noite.

14 de Maio de 1998
Quando acordei esta manhã, encontrei outra bolha em meu pé. Era irritante e eu acabei me tendo que me arrastá-lo quando fui ao canil. Eles estiveram quietos desde manhã, o que é estranho. Acho que alguns deles escaparam. Estarei realmente encrencado se um dos superiores descobrir.

15 de Maio
Mesmo não me sentindo muito bem, eu decidi ir ver a Nancy. É meu primeiro dia de folga em muito tempo, mas fui impedido pelo guarda quando estava saindo. Ele disse que a companhia havia ordenado que ninguém saísse da área. Não posso nem mesmo dar um telefonema. Que tipo de brincadeira é essa?!

16 de Maio de 1998
Eu ouvi falar que um pesquisador que tentou fugir desta mansão foi baleado na noite passada. Meu corpo inteiro parece que está queimando e coçando à noite. Quando estava coçando um inchaço nos meus braços, um pedaço de carne podre se soltou. Que diabos está acontecendo comigo?

19 de Maio de 1998
A febre acabou mas coça. Com fome e comi comida de cachorro.
Coceira. Scott chegou. Cara feia então o matei.
Delicioso.

4//
Coceira.
Deliciosa.


Testamento do Pesquisador

Minha querida Alma,

O fato de você receber esta carta é tanto de felicidade quanto de tristeza para mim. Eu não podia nem falar com você por causa daquele cara de óculos escuros. Alma, fique calma e leia. Acho que já te disse que mudei para o laboratório da companhia farmacêutica. Eles me contrataram.
No último mês, houve um acidente no laboratório e o vírus que estávamos estudando escapou. Todos os meus colegas que foram infectados pelo vírus estão mortos. Para ser mais preciso, se transformaram em mortos vivos. Eles ainda vagam por aí. Alguns deles estão batendo desesperadamente na porta do meu quarto neste exato momento.
Mas não há sinal de inteligência em seus olhos. Aquele vírus maldito tira toda a humanidade do cérebro humano. Amor, alegria, tristeza, medo, humor… para sempre. E Alma, até as memórias dos dias que passei com você… Sim, eu estou infectado. Fiz tudo o que podia, mas só consegui retardar os progressos por alguns dias.
Mas o mais assustador é que a cada dia eu me esqueço mais de você. Então preferi ter uma morte tranqüila a me tornar um morto vivo. Dentro de uma hora, terei entrado em meu sono eterno. Espero que entenda minha decisão.

Adeus e para sempre seu,
Martin Crackhorn


Relatório da Plant42

Quatro dias se passaram desde o acidente e a planta no ponto 42 está crescendo absurdamente rápido.

Ela foi afetada pelo T-Virus de forma diferente das outras plantas e mostra forma única, além do tamanho. Observando a forma como ela se comporta, é difícil determinar que tipo de planta ela era originalmente.

Há duas formas da Plant42 se alimentar. A primeira é através de suas raízes que chegaram até o porão. Imediatamente após o acidente, um cientista ficou louco e quebrou o tanque de água no subsolo. Agora o subsolo está cheio de água suja. É fácil de imaginar que alguns elementos químicos se misturaram na água e promoveram o crescimento incrivelmente rápido da Plant42.

Uma outra parte da Plant42 do subsolo cresceu através do duto e está pendurada no teto do primeiro andar com vários bulbos. Muitos tentáculos saem destes bulbos e eles são sua segunda fonte de nutrição.

Ao sentir movimento, a Plant42 lança seus tentáculos ao redor da presa e a prende. Então, começa a sugar sangue, usando os sugadores nas costas de seu tentáculo.

Ela também tem certa inteligência. Bloqueia a porta sacudindo os tentáculos, especialmente quando captura uma presa ou está dormindo. Vários membros da equipe já se tornaram vítimas dela.

21 de Maio de 1998
Henry Sarton


Relatório do V-Jolt

Como afirmei no último relatório, há características comuns encontradas nas células da planta infectada pelo Vírus Tyrant. Também encontramos outro fato interessante através de alguns experimentos.

Descobrimos um elemento que destrói as células da planta rapidamente no “UMB No. 16”, uma das séries de Produtos Químicos da Umbrella que usamos para o experimento.

Nós nomeamos este “UMB No. 16” como “V-Jolt”. Em nossos cálculos, leva menos de 5 segundos para destruir a Plant42 se colocarmos o V-Jolt diretamente na raiz.

Você precisa misturar alguns produtos da série UMB para criar a “V-Jolt”. Mas os produtos da série UMB podem gerar um gás venenoso, que é prejudicial ao corpo humano. Deve-se tomar extremo cuidado ao manusear estes produtos químicos.

A seguir estão os tipos de produtos UMB e suas breves características:

UMB No. 2 – Vermelho
NP-003 – Roxo
UMB No. 4 – Verde
Yellow-6 – Amarelo
UMB No. 7 – Branco
UMB No. 13 – Azul (estimulando cheiro)
UMB No. 16 – “V-Jolt” Marrom.


Número de Passe

Senha
No.8108310


Ordens

CONFIDENCIAL
22 de Julho de 1998 2:13
Ao chefe do Depto. De Segurança:

O “Dia X” está se aproximando. Complete as seguintes ordens dentro desta semana.
1. Atrair os membros dos S.T.A.R.S. para dentro do laboratório e fazê-los lutar contra as armas biológicas (B.O.W.) para obter dados de batalhas.
2. Coletar dois embriões por tipo de B.O.W. de todas as espécies, exceto do Tyrant.
3. Destruir o Laboratório Arklay, incluindo todos os pesquisadores e animais do laboratório, de maneira que pareça ter sido acidental.

White Umbrella


Álbum de Recortes

RACCOON TIMES – 27 DE MAIO DE 1998
ATAQUE DE ANIMAL? MULHER MUTILADA!
20 de Maio. Por volta das 10 horas da noite, o corpo de uma mulher de 20 anos foi encontrado por um pedestre na margem esquerda do Rio Marble no distrito Cider de Raccoon.
A Polícia de Raccoon acredita que tenha sido causado um urso ou outro animal, já que há marcas de dentes nos braços mutilados e no pé esquerdo que mostram força considerável. Como ela estava usando botas de trilha no outro pé, presume-se que ela foi atacada nas Montanhas Arklay e caiu no rio. Eles têm urgência em identificar esta mulher.

RACCOON WEEKLY – 16 DE JUNHO DE 1998
MONSTROS NAS MONTANHAS ARKLAY?
Algumas pessoas alegam ter visto monstros nas Montanhas Arklay. Os monstros parecem ser do tamanho de um cão e correm em grupos como lobos fazem. Parece se tratar de um grupo comum de cães selvagens, mas estes estão ultrapassando cercas e são difíceis de ferir.
Eles dizem que estes cães não incomodam, a menos que você os acorde quando estão dormindo. Então vocês, leitores espertos, devem ficar longe das Montanhas Arklay por enquanto. Mas se estiver procurando aventura, vá conferir! Quer tentar?

RACCOON TIMES – 9 DE JULHO DE 1998
MISTÉRIO NAS MONTANHAS ARKLAY
– Estrada da Montanha Bloqueada –
Devido aos sucessivos desastres nas Montanhas Arklay, as autoridades da cidade decidiram bloquear a estrada que leva ao topo da colina.
Ao mesmo tempo, a Polícia de Raccoon pretende procurar por pessoas desaparecidas com a ajuda dos membros da equipe S.T.A.R.S.. Eles esperam grandes dificuldades por causa do vasto tamanho das Montanhas Arklay e da floresta nativa que cobre grande parte da área. Além disso, pessoas continuam relatando visões de monstros grotescos nas montanhas.


Fotografia de Barry

Tem algo escrito no verso da foto.

“Minhas queridíssimas Moira e Polly,
Espero que vocês cresçam e se tornem mulheres fortes e belas, e ajudem a deixar a mamãe contente.
Seu pai estará olhando vocês todas do céu.
Papai.”


Carta do Pesquisador

8 de Junho de 1998

Querida Ada,
Ada, no momento em que estiver lendo isso, eu serei algo… diferente. Os testes de hoje deram positivo, como eu esperava. Fico louco de pensar em me tornar um deles. Ada, você não está infectada, e espero que nunca esteja. Caso você seja a única sobrevivente, leve o material para a Sala de Dados Visuais e vá à Sala de Força para ativar o Sistema de Autodestruição antes de fugir. Faça isso se tornar público através da mídia. Se tudo estiver em ordem, todas as travas podem ser abertas pelo sistema de segurança. Você pode acessar o sistema entrando com meu nome pelo terminal no pequeno laboratório, e usando a senha.
A senha é o seu nome.
Para destrancar a porta no B2, onde está localizada a Sala de Dados Visuais, você precisará acessar com nossos nomes primeiro, depois insira outra senha.
Eu escrevi o código abaixo, tenho certeza de que você entenderá facilmente.
E esta é minha última esperança – se você me encontrar completamente mudado, por favor, me mate.

SENHA:

Com carinho
John


FAX

Para: Administrador Geral da Divisão Sanitária
De: Comitê Especial de Desastres, Depto. Especial de Pesquisas em Racccon

Este memorando é altamente confidencial e deve ser destruído assim que for compreendido.
Com relação ao vazamento do “T-Virus”, que ocorreu recentemente. Este comitê conduziu uma pesquisa de campo. De acordo com os resultados da pesquisa, estima-se que a quantidade de danos causada pelo acidente é consideravelmente maior do que foi reportado anteriormente.
Primeiramente, apesar de haver muita dificuldade em se obter dados precisos em termos de números, acredita-se que mais da metade de nossos pesquisadores morrem após exposição ao “T-Virus”. A contagem dos corpos provavelmente continuará aumentando, já que quase todos os sobreviventes mostram sintomas peculiares do “T-Virus”.
Em segundo lugar, nosso sistema de segurança ainda está em operação. Contudo, nossa equipe especial de segurança foi quase totalmente destruída. Devido a isso, informações de pesquisa
consideradas por nossa companhia como confidenciais se tornaram acessíveis a pessoas de fora. Contra-medidas devem ser tomadas assim que possível.
Finalmente, muitos dos “indivíduos” dos experimentos escaparam e estão fora de controle. Acreditamos que alguns pesquisadores tenham sido mortos por estes “indivíduos” e seus corpos tenham sido mutilados.
Por curiosa coincidência, estes eventos são prova do sucesso de nossas pesquisas. Contudo, há também um grande risco de que esta notícia vaze para a imprensa se não agirmos imediatamente.
As condições são muito sérias. Nossa operação de esconder a situação é difícil de realizar, entretanto, esperamos que o problema seja resolvido rapidamente. Estamos especialmente preocupados que a polícia estadual e os S.T.A.R.S. intervenham tão rápido. Precisamos agir quanto a isto também.


Código de Passe No. 1

“Por mim mesmo jurei,”
diz o Senhor,
“Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho…”

(Genesis 22:16)


Código de Passe No. 2

“…que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos…”

(Genesis 22:17)


Código de Passe No. 3

“…e em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz.”

(Genesis 22:18)