Resident Evil Genesis | Files Traduzidos

Casos de assassinatos bizarros estão sendo recentemente relatados na cidade de Raccoon e nos arredores. Estes relatórios afirmam que famílias inocentes estão sendo atacadas por um pequeno grupo de assassinos psicopatas. As vítimas aparentemente foram devoradas. Os S.T.A.R.S. enviaram a equipe Bravo para investigar, mas perderam contato rapidamente.

A equipe Alpha dos S.T.A.R.S. foi enviada para resgatar a equipe Bravo, e encontrou as ruínas de seu helicóptero do lado de fora de uma velha mansão. Enquanto investigavam o helicóptero, um banco de cães mutados atacou a equipe. Enquanto muitos membros foram mortos, os sobreviventes que restaram foram forçados a se abrigar em uma mansão nos arredores.


Jornal 1:

Um artigo de jornal sobre a construção da mansão:

“O chão se quebrou hoje na remota localização da Mansão de Lorde Ozwell Spencer.

A mansão é situada em uma parte isolada da floresta, fora da cidade de Raccoon. Dr. Ozwell Spencer é um dos fundadores da Corporação Umbrella, junto com Dr. James Marcus e Sir Edward Ashford.  A companhia desenvolve cosméticos e produtos de consumos, e emprega muitos pesquisadores. Espera-se que a presença da companhia em Raccoon traga algum crescimento econômico à região.

O arquiteto George Trevor, proeminente de Nova York, contou-nos um pouco sobre a mansão. (o artigo continua na página 5)”


Jornal 2:

Um artigo de jornal sobre os S.T.A.R.S.:

“Moradores da cidade de Raccoon agora poderão dormir um pouco mais tranqüilos. O prefeito Michael Warren anunciou um reforço ao Departamento de Polícia de Raccoon, a equipe dos S.T.A.R.S. (Serviço de Resgate e Táticas Especiais). Esta parte de sua campanha, ‘Um Brilhante Século 21 para Raccoon’ foi fundada pela Corporação Umbrella.”


Carta 1:

Uma carta que encontrei na estátua do andar principal:

“Conforme nosso trato, eu providenciei um cartão-chave para o segundo andar. A senha, como tenho certeza que você já adivinhou, é o último nome de nosso ilustríssimo Lorde. Por favor, deposite o restante de meu pagamento na estátua, e recoloque o colar no armário da sala de jantar.”


Carta 2:

Uma carta metade queimada que encontrei na lareira:

“…consegui quebrar o cofre de que falei… uma arma e alguns papéis lá agora, mas… muda a senha regularmente, então… retrato de Ashford em tinta invisível. Tenho certeza que você saberá como desvendar isto. Por favor, destrua esta carta depois…”


Carta 3:

Uma carta sobre o grande piano no salão:

“A instalação do piano modificado está completa. A canção que fora previamente discutida, o “Soneto ao Luar” de Beethoven, já foi providenciada e o piano funcionará como especificado quando a canção for tocada. Um recibo será enviado via fax. Agradecemos sua compra!”


Carta 4:

Um poema intitulado “As Jóias”:

“O branco é o início, está de costas para a porta. O preto está de frente para o canto oposto. As duas estão envoltas, de ambos os lados, por aquele que é visto, depois que o céu chora.”


Carta 5:

Uma carta que encontrei na sala atrás da livraria:

“Minha querida filha,

Me desculpe por ter demorado tanto para responder sua carta. O trabalho tem sido exaustivo, mas eu sei que isso não é desculpa. Como sempre, preparei outro anagrama para você: RUM LABEL

Tive que mudar a senha de segurança do laboratório hoje, e estava com isto na cabeça, então fiz um anagrama com a palavra.

Fique longe da chuva.

Com amor,

Papai”


Carta 6:

Cartão de aniversário de Jessica:

“8 de Novembro de 1967

George,

Feliz aniversário de 18 anos. Lisa e eu sentimos sua falta na Mansão.

Ela é excêntrica, George, uma obra de arte. Quando você chegar, celebraremos nossos 18 anos e esta conquista.

Com amor sempre,

Jessica”


Carta 7:

Uma carta sobre a porta do andar mais alto:

“O homem de óculos escuros não me deixa nem dar um telefonema. Eu não tenho o luxo do tempo para explicar tudo que tem acontecido. Houve um acidente no laboratório e meus colegas foram infectados por um vírus terrível. Este vírus rouba de suas vítimas a humanidade, forçando-as a andar pelos corredores desta mansão como zumbis sem consciência. Eu posso ouvi-los, pressionando minha porta como animais demoníacos e famintos. Infelizmente, eu também estou infectado. Me sinto quente e me coço inteiro, e estou aos poucos perdendo minha consciência.

Sei que não há mais esperança para mim, mas eu deixei ajuda para outros que tiverem acesso a este lugar. Meu acesso é limitado à cobaia no andar mais alto. Se alguém conseguir entrar lá, tenho certeza de que terá provas suficientes para derrubar a Umbrella definitivamente. Eu desabilitei o scanner biométrico do polegar na porta retirando um microchip. Exigiu toda a minha coragem, mas eu arranquei o meu polegar e o coloquei no freezer.

Espero que isto ajude a quem ler este bilhete. Se ajudar, esta será minha última graça como humano.”


Relatório 1:

Um relatório sobre uma planta gigante:

“A planta no ponto 42 está crescendo numa rapidez incrível. Os efeitos do T-Virus são os mais fortes que já observamos. A anatomia e o tamanho da planta foram drasticamente modificados. Devido ao seu crescimento acelerado, a planta precisa de nutrientes adicionais que são adquiridos através de duas fontes hidrofônicas. A cabeça/bulbo da planta necessita de nutrientes especializados e é suscetível a fortes sedativos. Já aplicamos a prática de sedar a planta antes de examiná-la, já que ela libera doses de veneno poderoso quando fica agitada. O sistema inteiro da raiz da planta está ligado à segunda fonte. Com relação à notável força de suas raízes, elas exigem manuseamento cauteloso e permanece suscetível a todas as formas de herbicida.


Relatório 2:

Um relatório resumindo os experimentos com o vírus:

“Status da Cobaia

10 de Nov. de 1967

Vírus Progenitor administrado

Jessica: Vírus Tipo A

Fusão do Vírus: Negativa

Ação: Descartada

Lisa: Vírus Tipo B

Fusão do Vírus: Positiva, mas atrasada

Modificação corporal: resultados constantes observados

Status: continuar observação preventiva

George

Ação: Eliminado”


Relatório 3:

Um relatório explicando a origem dos Crimson Heads:

“Espécime: V-ACT

(Zumbi Crimson Head)

Status: Agora há provas de que quando o hospedeiro perde consciência, o corpo entra em um estado de dormência. Durante este tempo, o vírus se torna ativo e reconstrói a composição básica do corpo para deixá-lo mais ágil e agressivo.

Ação: Espécimes muito perigosos a serem mantidos em gaiolas de laboratório comuns. Para necessidade de pesquisa posterior, congelar espécime na unidade 1B.”


Relatório 4:

Um relatório sobre o G-Virus:

“A mais nova versão do parasita protótipo foi administrado no espécime cobaia. Inicialmente, não houve resultados aparentes.

Recentemente, determinamos que nossas descobertas originais foram inexatas. O vírus passou muitos anos incubando no espécime, e agora passou por significantes mutações anatômicas.

A informação auxiliou grandemente em minha pesquisa de nosso mais recente teste experimental, o G-Virus, que superou o desempenho do T.

Assim que o vírus estiver estabilizado, eu anunciarei oficialmente minhas descobertas.

William Birkin


Memorando 1:

Um memorando sobre a política dos trajes contra perigo biológico:

“Novo procedimento a ser tomado imediatamente. Devido ao recente acidente no laboratório, todos os membros deste complexo deverão usar trajes contra perigo biológico, que serão fornecidos. Favor avisar a equipe médica sem delongas se sentir alguma irritação na pele.”


Diário 1:

Diário de George Trevor:

“24 de Nov. de 1967

Eles me transferiram para o porão da mansão. Agora um guarda me traz minha comida e estou confinado a estas poucas salas. Pelo menos é o que o guarda pensa. Toda vez que ele sai para o descanso, eu vou explorar. Encontrei perto da entrada uma série de catacumbas atrás da lareira. Talvez ali eu consiga encontrar uma saída…

26 de Nov. de 1967

Meu Deus. As palavras não conseguem descrever os horrores que vi nestas passagens escuras. Criaturas terríveis mutadas… sem consciência e agressivas. A parte mais estranha sendo que cada uma delas está marcada como rato de laboratório. Portanto não são apenas monstros… são experimentos. Não consigo nem pensar em voltar para lá, mas é minha única esperança…

27 de Nov. de 1967

Um pouco de êxito. Nas cavernas eu encontrei um homem com jaleco de laboratório e o ataquei. Eu bati em sua cabeça com uma pedra e roubei uma espécie de cartão-chave. Ainda não sei para o que é usado. Pensando bem, eu atacando um homem… o que me tornei?

29 de Nov. de 1967

Acho que descobriram sobre minhas pequenas aventuras nestas cavernas e instalaram um esquema extra de segurança na lareira. Agora há um pequeno teclado onde se pode digitar uma senha. Felizmente, eu pude ouvir como se faz para programar a unidade. Como senha, eu digitei nosso aniversário, DDMMAA. Hora de continuar explorando…

30 de Nov. de 1967

Ontem eles colocaram mais segurança na lareira. Agora é preciso algum objeto para ativar o teclado. Estou encurralado. Por que fui tão descuidado? Hoje um homem de jaleco de laboratório se aproximou de mim e disse que amanhã eu visitarei um médico. Algo me diz que eles têm algo a mais em mente. Eu não vou me tornar um de seus experimentos.

31 de Nov. de 1967

Aqui é onde tudo termina. Me perdoe, Jessica, eu não queria que as coisas chegassem a isto. Eu morrerei antes de deixar que me transformem em uma daquelas… coisas. Eu meu último suspiro, eu rezarei para que você e Lisa estejam seguras. Adeus…

George Trevor


Diário 2:

Diário de Lisa:

14 de Nov. de 1967

Eu me sinto tonta depois da injeção que me deram. Não estou vendo a mamãe. Aonde a levaram?

Ela prometeu que fugiríamos juntas. Ela fugiu sozinha e me deixou para trás?

15 de Nov. de 1967

Eu encontrei a mamãe. Nós comemos juntas. Fiquei muito feliz. Mas ela era de mentira. Não minha mamãe verdadeira. Mesmo rosto, mas diferente por dentro.

Tenho que encontrar a mamãe.

17 de Nov. de 19 7

de dentro da caixa, cheiro da mamãe. talvez mãe verdadeira lá. caixa de pedra dura. Machuca.

19

dentro verMelho e lOdo

branCo e duRo

não mamãe verdadeira onde

por que? Só queria est r com ela

4

mamãe

onde?

Eu snto sua fatla


Fax 1:

Um fax encontrado no corpo de Enrico:

“A/C: Chefe de Segurança

Executar os seguintes procedimentos dentro de uma semana.

  1. Atrair os S.T.A.R.S. até a propriedade, e obter dados precisos de combate de cada B.O.W. contra os S.T.A.R.S..
  2. Coletar uma amostra de cada espécime experimental. Livrar-se do Tyrant.
  3. Assegurar-se de completa eliminação do Laboratório de Arklay, incluindo toda a equipe e os animais de teste. Disfarce suas mortes como se tivessem sido um acidente, então relate à sede. Contate A. Wesker para detalhes a respeito dos S.T.A.R.S. e do modelo Tyrant.

Boa sorte,
Sede da Umbrella”