The Darkside Chronicles | Files Traduzidos

Capítulo: Game Of Oblivion


Claire Redfield

Após se separar de Leon, Claire continuou sua busca por seu irmão Chris. Quando ouviu que ele havia se infiltrado no centro da organização da Umbrella, ela seguiu imediatamente para a Europa. Mas ela logo foi descoberta e capturada pela segurança da Umbrella, e manda para o complexo de prisão Ilha Rockfort. Contudo, pouco depois de sua prisão, houve um ataque na ilha. Durante o ataque e a subseqüente confusão, Claire foi solta de sua cela, no qual depois de um tempo ela conheceu Steve Burnside. Juntos eles planejaram sua fuga da ilha.


Steve Burnside

Este jovem estava preso no complexo de detenção da Ilha Rockfort. Steve começou a desconfiar não só de outras pessoas, mas até de si mesmo. Ele passou seus dias de confinamento na solitária ilha em profunda tristeza. O que finalmente devolveu a esperança à vida de Steve foi um ataque na prisão por um criminoso desconhecido. No meio do caos e confusão resultados do ataque, Steve escapou da prisão, e no processo, teve um encontro fatídico com Claire Redfield. Juntos, eles buscaram escapar da ilha. Apesar de ser arrogante por fora e às vezes impulsivo, Steve é um garoto de bom coração que carece de amor e afeição.


Alfred Ashford

Comandante da base na Ilha Rockfort e filho de Alexander Ashford, o líder da 7ª geração* da família Ashford e oficial executivo da Corporação Umbrella. Ele se formou em uma universidade britânica bem renomada em 1993 e recebeu o controle das bases na Antártida e na Ilha Rockfort. Apesar de ter recebido o controle de complexos importantes da Umbrella, ele abusa de suas responsabilidades usando a ilha como seu próprio complexo particular de tortura. Ele também tinha uma estranha obsessão por enfeitar a base com itens militares. Para a Umbrella, Alfred era um estorvo, nada mais do que um ditador insignificante tentando mostrar grandeza que estava bem além de seu alcance. Sem alguém para aconselhá-lo, seu colapso mental acelerou conforme passava os dias obcecado com a restauração do poder de sua família.

*No texto original é dito que ele é o líder da 6ª geração, mas na verdade é da 7ª.


Alexia Ashford

A brilhante cientista e a filha criada artificialmente de Alexander Ashford, o líder da sexta geração da família Ashford. Apesar de Alfred e ela serem irmãos gêmeos, o relacionamento deles era muito desigual. Ele a tratava com o maior amor, enquanto ela agia com ele como um mestre a um escravo. Quando Alexia tinha 10 anos, foi contratada como cientista pesquisadora no laboratório da Artártida. Ela surpreendeu os outros cientistas ao conduzir pesquisa no T-Virus e simultaneamente trabalhar em um novo procedimento chamado de vírus T-Veronica. Mas quando a pesquisa atingiu um ponto crítico, Alexia fez o incompreensível. Esta garota, que nasceu com um coração de puro mal, usou à força seu pai Alexander em um experimento e injetou nele o vírus. Este experimento falhou, acabou fazendo com que Alexander se transformasse em um monstro horrendo, mas para Alexia, foi um estágio importante e abriu novos caminhos de pesquisa para ela. Quando sua pesquisa chegou ao estágio final, Alexia decidiu usar a si mesma como cobaia, desta vez, injetando-se com o T-Veronica. Após fazer isto, ela se colocou em um sono criogênico. O mundo exterior ficou sabendo que ela morrera em um experimento.


Chris Redfield

Vários meses antes da destruição da cidade de Raccoon, durante o Incidente da Mansão, Chris encontrou o Laboratório de Pesquisas Arklay e descobriu o plano da Umbrella. Mas devido a um encobrimento sistemático, a questão toda foi escondida na escuridão e nenhuma das informações viu a luz do dia. Naquele ponto, Chris decidiu viajar para a Europa para investigar o assunto sozinho. Quando Chris partiu, perdeu contato com sua irmã mais nova, Claire, para evitar expô-la ao perigo. Mas preocupada com sua segurança, Claire partiu sozinha para encontrá-lo, e em seguida acabou caindo no Desastre de Raccoon. Ela, então, seguiu seu irmão até a Europa, foi capturada pela Umbrella e presa na Ilha Rockfort. Depois de saber por Leon da prisão de Claire, Chris partiu imediatamente para a Ilha Rockfort. Lá ele encontrou Albert Wesker, seguiu o rastro de Claire e viajou para a Antártida.


Alexander Ashford

O 6º líder da família Ashford. Seu pai Edward co-fundou a Umbrella e ergueu o nome dos Ashford ao topo da fama.
Seu filho, Alexander, em sua mediocridade, não conseguiu conduzir as rédeas do poder de forma significativa, e em apenas uma geração, arruinou o nome da família. Ele fora uma desgraça tão grande que até mesmo seus próprios filhos o viam com desprezo.
Alexander, que admitira não ter a aptidão para pesquisa viral, nem as qualidades para crescer com as conquistas de seu pai, seguiu um plano de usar o que aprendera de engenharia genética para restaurar o nome da família.
A construção da Base na Antártida era parte deste plano.
Em algum momento de 1983, Alexander desaparecera repentina e misteriosamente.
Mas a esperança da Umbrella já havia sido colocada em Alexia, uma jovem inteligente que estava começando e mostrar talentos incomuns, e a quem a Umbrella nomeara pesquisadora-chefe apenas alguns anos antes.


Notas sobre a Ilha Rockfort

Uma ilha particular localizada em algum lugar no sul do Equador, propriedade da Corporação Umbrella. Funcionando como um complexo de treinamento paramilitar pela corporação, Rockfort é administrada por Alfred Ashford, o líder atual da nobre família Ashford. Na ilha, há também um campo de prisão e um aeroporto.

O campo de prisão, especialmente, representa um lado negro da Umbrella. Potenciais sabotadores industriais e traidores da Umbrella são capturados e mandados para cá para serem usados como cobaias em experimentos biológicos.

Uma vez lá dentro, os prisioneiros são mantidos lá por tempo indefinido.


Notas sobre a Família Ashford

Instituída como uma das poucas dinastias nobres do mundo por sua bela e muito bem educada matriarca, Veronica Ashford, a dinastia Ashford seguiu uma linha de descendentes diretos, geração após geração.
O líder da 5ª geração da família, Edward Ashford, co-fundara a corporação farmacêutica Umbrella com outra família nobre, a família Spencer.
Apesar de ser apenas uma mera sombra de sua antiga glória, o jovem Lorde Alfred Ashford, enquanto age como comandante da remota ilha Rockfort, vinha criando zelosamente um plano para restaurar a dinastia Ashford ao que era antes de seu pai desgraçá-la.


Notas sobre Veronica Ashford

Matriarca e primeira dama da família Ashford.
Conhecida por sua memorável combinação de intelecto e beleza.
Quando muito jovem ela demonstrava extraordinária aptidão em todos os assuntos. Ela era especialmente bem versada em matemática, biologia e lingüística. Aos 10 anos de idade, ela já era pós-graduada, e era fluente em 10 línguas. Com sua boa aparência e cativante forma de falar, ela encantava todos com quem entrava em contato. Como resultado, ela naturalmente ganhou muitos servos fiéis.
A lenda de seu encanto foi passada à posterioridade.
Ela ainda é elogiada e reverenciada por seus descendentes até hoje.


Notas sobre o T-Veronica

Um vírus criado pela genial cientista Alexia Ashford. Para prevenir um acidente dispersivo, o clima extremo da base na Antártida foi escolhido para cultivar o vírus.

Ela usou DNA de formiga-rainha que possuía “o poder para controlar uniformemente todos os outros organismos com absoluto domínio”, traços que ela esperava que o vírus herdaria. Para poder coexistir com seu hospedeiro, e deixar a consciência do hospedeiro intacta, seria necessário um longo período de incubação em baixa temperatura (pelo menos 15 anos). Alexia se colocou em um sono criogênico numa tentativa de atingir completa coexistência com o vírus.

Sua incrível capacidade de dispersão reprodutiva permite que ele se replique indefinidamente, destruindo ecossistemas já existentes.


Notas sobre a Linear Launcher

Uma arma potente capaz de disparar projéteis de energia gasificados em uma alta taxa de velocidade. Ostenta um grande poder destrutivo contra formas de vida orgânicas. Alexander a desenvolveu em segredo, preocupado com o provável fato de que Alexia saísse de controle. O projétil de energia, usável por um intervalo fixo de tempo, é produzido por uma bateria especial.

Dado seu extremo catalisador de alto custo e materiais de construção que necessitam de manutenção complexa e ao mesmo tempo delicada e custo operacional crescente, a conversão tecnológica para produção em massa seria difícil.


Diário do Prisioneiro

13 de Maio
Cara, esta sala fede! Pelo que pude constatar, acho que estou em algum lugar ao Sul do Equador. Sorte minha que o cara da cama debaixo, Bob, é um cara bem interessante com quem conversar. Se eu tive que ser trancafiado, pelo menos tem uma pessoa com quem conversar.

16 de Maio
Hoje, Bob me contou porque de ele ter sido colocado neste lugar em primeiro lugar. Ele disse que ele era um funcionário do cara que comanda este lugar. Um cara chamado Alfred.
Bob me disse que cometeu um pequeno erro e isto irritou este tal de Alfred, então ele fez o Bob ser jogado aqui. O que isso significa, afinal? E o que vai acontecer comigo?

20 de Maio
Sem avisar, um grupo de militares levou Bob para o prédio atrás do local da guilhotina.
À meia-noite, eu vou tentar fugir daqui e ver o que está acontecendo.
Ouvi falar que aqueles que são levados para o prédio nunca voltam. Além disso, há sacos plásticos REALMENTE enormes sendo retirados de lá quase que diariamente.
Não sei o que isto significa, mas estou preocupado com o Bob…

21 de Maio
Eu estava errado.
Não devia ter ido até lá. Não sei o que está acontecendo lá, mas noite passada eu ouvi o que acho que era o Bob gritando. Não sei o que fazer. Não consigo parar de pensar nisso…
O que eles vão fazer comigo!?
Eu tenho que sair daqui…

27 de Maio
Desde meu último registro, todos os meus companheiros foram levados para aquele prédio! Eu sei que sou o próximo…
É óbvio que este tal de Alfred está fazendo alguma coisa com todos que estavam aqui. Usando-os em algum experimento ou algo do tipo. Eu nem quero pensar no que poderia ser. O que vou fazer!?


Anotação do Secretário

Quatro anos se passaram desde que passei a servir o Sr. Alfred.

Ele não confia em ninguém! Mesmo sendo seu funcionário, eu ainda estou estritamente proibido de entrar em sua residência particular!

Dizem que ele vive com sua irmã gêmea, Alexia, em sua residência particular nas montanhas. Algumas vezes, vi alguém parado na janela da casa. Devia ser Alexia, da qual a extreme beleza é sempre comentada.

Uma vez, perguntei ao Sr. Alfred a respeito, mas isso só o enfureceu. Mesmo eu sendo seu empregado, ele não demonstra brandura. Tenho a sensação de que se eu perguntar sobre Alexia de novo, pode ser a última coisa que eu falarei.

Eu não entendo por que ele tenta manter sua vida um mistério, mas ei, quem sou eu para questionar aquele que me paga?

Robert Dorson


Mensagem na Parede

Querido filho, o T-Virus logo destruirá tudo.
Filho, eu estava em [ilegível] sei o quanto o vírus é mortal.
Assim que o vírus infectar uma certa porcentagem da ilha, não poderá ser revertido ou detido.
Lembre-se que uma vez que ele entra no corpo [ilegível] o vírus o controla, e começará a espalhar o vírus [ilegível] número explodirá.

Eu não posso te pedir para me perdoar.
Como você sabe, sua mãe foi morta por minha culpa. Eu não posso negar [ilegível]. Apenas saiba que sinto muito pelo que eu fiz. Ainda não entendo o que aconteceu e porque as coisas saíram desse jeito.

Acho que você sabe que não deve voltar aqui. Porém, se estiver lendo isso, significa que você ainda está aqui.
Você deve fugir o quanto antes! Este lugar logo estará arruinado [ilegível].

Eu estarei morto a esta altura…
Eu te amo e sinto muito.


Mensagem Para o Novo Chefe da Família

Senhor Alfred,
Parabéns pela sua sucessão como chefe da família Ashford.

Eu, por meio desta, o presenteio com um vaso de louça, conforme a tradição da família Ashford. Como deve saber, esta tradição começou quando um mordomo presenteou uma xícara dourada como uma comemoração a Srta. Veronica. Como fundadora da família Ashford, sua inteligência e beleza são lendárias.

O segundo e terceiro chefes, Stanley e seu filho Thomas, também foram presenteados com xícaras iguais. A esperança deles era alcançar glória que a Srta. Veronica conseguira antes deles.

A posição de chefe da família passou, então, do Sr. Thomas para seu irmão gêmeo, Sr. Arthur. Foi, então, para o Sr. Edward, seu avô. Foi quando a família Ashford desfrutou do período de ouro. Foi também a proeza do Sir Edward que fundou a grande empresa de produtos químicos, a Umbrella Inc.

Contudo, quando o Sr. Edward faleceu, e seu pai, Sr. Alexander, tomou a posição, a gloriosa família Ashford gradualmente começou a afundar…

Sinceramente, espero que a família Ashford recupere sua glória com sua condução, assim como que este vaso continue a brilhar eternamente.

Scott Harman
Mordomo da Família Ashford


Relatório de HUNK

Remetente: Sr. Alfred Ashford.

Hoje, às 16:32, eu cheguei com sucesso da base de transporte da Umbrella, com a ampla cápsula de B.O.W..

Foi tomado extremo cuidado durante o transporte, e todos os 108 postos de controle confirmaram a condição “verde”, conforme os procedimentos padrões.

Atualmente, ela está armazenada em um freezer. Há uma coisa, no entanto, que gostaríamos de trazer à sua atenção quanto a este assunto.

Como sabe, nossa unidade normalmente é designada para missões especiais. Então levantou-se a questão de por que uma equipe tão altamente treinada fora designada para proteger o que parece ser uma cápsula comum?

Não preciso ser lembrado do protocolo em relação a informação confidencial, minhas preocupações são pela segurança de minha unidade. Sem o conhecimento do conteúdo, nossa segurança poderia estar em risco durante o transporte. Isto é especialmente importante, se os conteúdos forem potencialmente prejudiciais. Gostaríamos de pedi-lo para nos fornecer mais informações, seremos designados para missões similares no futuro?

Unidade de Forças Especiais da Umbrella – HUNK


Carta de Confissão

Alexia, minha irmã, é um gênio e possui incomparável beleza. Ela é tudo para mim. Eu enfrentaria qualquer obstáculo e estaria disposto a arriscar minha vida pela dela. Por Alexia, eu devo restaurar a gloriosa família Ashford, que decaiu durante a era de meu pai, Alexander. Juntos, vamos restituir o nome da nossa família.

Assim que conseguirmos, vou construir um palácio, onde apenas nobres poderão se reunir.

Não posso permitir que a ralé veja minha querida Alexia, por quem minha vida é dedicada. Ela reina o mundo como uma rainha, comigo como seu servo.

Esse é meu sonho, e como isso seria bela sua realização. Essa proeza será a prova de meu amor por Alexia. Essa é a razão de minha existência. Todas as outras pessoas são insignificantes, e devem se prostrar aos pés de Alexia e aos meus.

Devotado à minha amada Alexia,
Alfred Ashford


Recorte de Jornal

Uma gênia de 10 anos de idade formou-se, como primeira aluna da classe, em uma prestigiosa universidade.

A corporação internacional, Umbrella, ofereceu-lhe a posição de pesquisadora-chefe.


Anotação sobre a Passagem Secreta

A passagem subterrânea que dá para a mansão, onde Alexia e eu vivemos, sofreu danos. Apesar de não poder permitir que a ralé veja Alexia, não posso continuar usando o canal subterrâneo também.

Talvez eu faça estes prisioneiros construírem uma ponte. Tem que ser uma ponte luxuosa que combinando com a perfeição que é Alexia.
Claro, devo matar todos os que estiverem envolvidos na construção da ponte depois que estiver pronta, assim ninguém saberá sobre a existência de nossa mansão. Eu fiz uma entrada pelo canal de forma que ninguém além de mim possa entrar.


Diário do Trabalhador

30 de Outubro
Quando entrei para a Umbrella Inc., achei que tinha tirado a sorte grande. Quero dizer, estar empregado por esta gigantesca corporação global, o que mais um cara poderia pedir?
Pfft! Que sorte grande!
Eles acabaram me fazendo ser motorista neste lugar esquecido por Deus. Eu pedi uma mudança de função, mas eles me ignoraram. Sinto que estou perdendo tempo! O trabalho é extremamente exigente, e não há nada de divertido nele. É um saco!

3 de Novembro
Maravilha! Minhas tão suadas férias foram canceladas. Ouvi falar que eles falharam em assegurar força braçal suficiente por causa de um erro cometido pelo líder do complexo, Alfred. Que diabos!? Então eu não posso sair de férias porque ele é um idiota?
Sabe, eu poderia ser mais bondoso se o maldito realmente nos tratasse como seres humanos, mas o cara é um imbecil com nota A!

5 de Novembro
Eu ouvi uma história de um cara que trabalha aqui há 8 anos. Ele estava me dizendo sobre um cara que supostamente havia sido trancado no porão ou algo assim por mais de 10 anos. Ele disse que as pessoas aqui o chamam de “Nosferatu” (seja lá o que isto significa) e que todos têm medo dele. Soa como uma história de fantasmas, se me perguntar. Acho que o cara deve ter cheirado muita cola quando criança ou algo assim.

10 de Novembro
À meia-noite eu acordei com um grito rosnado que parecia vir das profundezas do subterrâneo…
Não acredito que estou deixando a história daquele cara me afetar assim. Mas também, acho que qualquer teria dificuldades em manter sua sanidade estando preso em um lugar como este!


Relatório do CODE: Veronica

Após muitos anos de pesquisa, finalmente identifiquei o elemento hereditário que provê a inteligência do homem. Consegui até mesmo manipular o absoluto valor da inteligência artificial, ao recompor o alinhamento básico do elemento. Então, testei o gene de nossa grande antepassada, manipulei seus elementos, e implantei num óvulo não-fertilizado de uma mãe substituta.

O que eu não esperava é que dois gêmeos, um garoto e uma garota, fossem nascer. O garoto tinha uma inteligência fora do normal, mas não tão alta para ser considerado um gênio. No entanto, a garota tem uma incomparável inteligência que facilmente permite classificá-la como gênio. Ela era exatamente o que eu sempre procurei, o renascimento de nossa grande antecessora.

Eu já escolhi seus nomes; o nome da garota deve ser, Alexia, e o nome do garoto, Alfred.
Estou certo de que Alexia elevará o nome da família Ashford à extrema glória.

Alexander Ashford


Relatório de Pesquisa do Vírus

O trabalho continua no vírus “T-Veronica”, que extraí de uma formiga rainha. Quanto mais eu o pesquiso, mais impressionada fico com o potencial que ele tem. Finalmente implantei o vírus em meu corpo, e descobri como utilizar completamente seu poder.

Evitarei cometer o erro que cometi com meu pai. Vou reter a atividade do vírus a uma temperatura ultra baixa, assim minhas células se alterarão vagarosamente.

Meus cálculos indicam que levará 15 anos até que meu corpo ganhe imunidade, e torne-se capaz de coexistir com o vírus. Até lá, não tenho outra escolha a não ser confiar a cápsula em que estarei àquela formiga guerreira inepta porém leal que é meu irmão.

Para obter poder ilimitado, é preciso correr alguns riscos. Quando eu despertar, serei a rainha… E o vírus “T-Veronica” será espalhado pelo mundo todo por meus filhos. Toda e qualquer criatura na Terra existirá para servir a mim. A partir de então, o mundo alcançará o perfeito ecossistema, assim como um formigueiro, mas em maior escala.

Alexia Ashford


Mensagem de Wesker

Uma mensagem talhada pelo próprio Wesker.

Lê-se: Eu venci este jogo.


Notas sobre os Zumbis do Cemitério

Declarados mortos após serem infectados pelo T-Virus, estes zumbis prisioneiros mutaram rapidamente após a água da chuva ajudar o T-Virus a penetrar fundo no solo onde estavam enterrados.


Notas sobre os Guardas Zumbis

Estes zumbis um dia foram guardas da segurança que trabalhavam sob jurisdição da família Ashford.


Notas sobre os Prisioneiros Zumbis

Estes zumbis um dia foram prisioneiros confinados na Ilha Rockfort que ficaram infectados com o T-Virus.


Notas sobre o Morcego

Morcegos encontrados na Ilha Rockfort, que foram infectados pelo T-Virus após a epidemia, e intensificou a qualidade do som. Eles atacam em bandos, circulando os céus como um organismo, e mergulham seus dentes afiados na presa e sugam seu sangue.


Notas sobre o Hunter II

Baseado em dados vazados de B.O.W. da Umbrella, o Hunter II é uma B.O.W. desenvolvida por uma companhia rival. É comandada para atacar unicamente alvos designados. Acredita-se que certo indivíduo esteja por trás do ataque do Hunter II na Ilha Rockfort, mas não foi determinado um motivo. Há uma subespécie desenvolvida com uma pele avermelhada chamada de Sweeper.


Notas sobre o Bandersnatch

Um novo tipo de B.O.W. protótipo feita de um indivíduo humano. Seu modo principal de transporte é o de se agarrar às coisas com seu braço direito extensível e se lançar. Devido ao seu status de protótipo imperfeito, seu corpo inferior recaiu e seu braço esquerdo é inexistente, forçando-o a confiar exclusivamente em seu braço direito. Uma das maiores falhas é a de que ele deve usar seu braço direito para cobrir sua cabeça, que é um ponto fraco inerente a B.O.W.s humanoides.


Notas sobre o Pai Zumbi

Esta criatura é o resultado de um experimento humano falho de fundir o pai de Steve Burnside com um vírus. Assim como qualquer outro zumbi, ele tem bem pouca inteligência.


Notas sobre os Zumbis Treineiros

Antes de serem transformadas em zumbis, estas pessoas, um dia, estavam em treinamento nas forças especiais da Umbrella. Algo ou alguém os atacou e os infectou com o T-Virus.


Notas sobre a Gulp Worm

Uma arma biológica criada ao manipular DNA de minhoca com o T-Virus. Normalmente, ele fica dormindo bem abaixo da terra, mas quando sente cheiro de presa se aproximando, vem correndo ao solo para atacar. Esta minhoca está, na verdade, no estágio de protótipo, e foi usada como um oponente prático para as equipes anti-B.O.W. em treino na Ilha Rockfort. Suas principais características são seu enorme tamanho e fortes órgãos digestivos. Seu estômago também é grande o bastante para engolir um ser humano adulto totalmente crescido.


Notas sobre o Tyrant (Tipo T-103 Produzido em Massa)

O Tyrant tipo T-103 produzido em passa que fora visto em Raccoon foi entregue na Ilha Rockfort para treinamento das forças especiais da Umbrella. A única diferença do Tyrant T-103 anterior é que seu limitador foi removido e suas garras são menores do que as do T-103 padrão. Possui a mesma força e resistência dos tipos anteriores de Tyrant.


Notas sobre a Mariposa

Ao contrário das mariposas gigantes nos esgotos de Raccoon, as asas destas mariposas cresceram em perfeita proporção com seus corpos. Isto dá a estas mariposas incrível capacidade de condução. Elas buscam a área próxima aos seus ninhos atrás de presas, nas quais elas colocarão seus ovos parasitas.


Notas sobre os Parasitas

Larvas de mariposa. Quando os ovos que foram colocados no corpo de um organismo eclodem, eles se nutrem do hospedeiro e crescem rapidamente. Após crescerem até certo tamanho, eles saem do corpo do hospedeiro para encontrar outra presa.


Notas sobre o Trabalhador Zumbi

Antes de serem transformadas em zumbis, estas pessoas eram trabalhadoras encarregadas em separar e armazenar cargas na base da Antártida. Algo ou alguém os atacou e os infectou com o vírus.


Notas sobre o Nosferatu

A forma final e mutada de Alexander Ashford, o líder da sexta geração da família Ashford. Foi mandado para o complexo da Umbrella na Antártida e trancafiado pelos últimos 15 anos, mas logo depois de ouvir os gritos de Alfred caindo no precipício na sala de mineração, ele mostrou extraordinária força e escapou. Apesar de seus dois braços estarem presos atrás de suas costas por um dispositivo parecido com uma capa, ele tem três tentáculos que cresceram em seu corpo, que ele usa para se mover. Seu coração é exposto, saltado de sua caixa torácica. Seu corpo também produz um veneno que se transforma em uma névoa mortal ao entrar em contato com o oxigênio.


Notas sobre a Viúva Negra

Uma B.O.W. baseada em aranha. Foram especialmente desenvolvidas e treinadas como B.O.W.s antes de serem enviadas para a Ilha Rockfort.


Notas sobre o Pesquisador Zumbi

Antes de se transformar em zumbis, estas pessoas eram pesquisadoras estudando os vírus na base da Antártida. Algo ou alguém os atacou e os infectou com o vírus.


Notas sobre as Formigas

Alexia Ashford usava estas formigas em seus experimentos com o vírus T-Veronica. Injetando nelas o vírus levou a crescimento e hostilidade enormemente aumentados. As formigas infectadas começaram a atacar quaisquer presas que pudessem encontrar com pinças perigosas. Estas crianças de Alexia construíram uma colônia dentro do Alexia-Pod, que cresce embaixo da sala de controle. Alexia é a rainha delas.


Notas sobre o Steve Monstro

Steve Burnside após ser injetado com o vírus T-Veronica por Alexia Ashford. Seu corpo foi incapaz de coexistir pacificamente com o vírus, e ele se tornou um monstro. Devido aos efeitos do vírus em seu cérebro, ele perdeu todo o senso de razão ou de si. Agora ele existe apenas para atacar, sem conceito de amigo ou inimigo. A sua nova força de monstro é impressionante, permitindo que ele destrua uma estátua de pedra com um único balanço de seu machado. Atacar seu coração exposto o deixará mais lento, mas sua grande velocidade torna a fuga impossível.


Notas sobre o Tentáculo

Um tentáculo do Alexia-Pod que fica no centro do Complexo da Antártida. Alexia-Pod é um organismo similar à planta com o qual Alexia compartilha uma relação simbiótica. Em sua base fica o ninho de suas formigas filhotes. Alexia pode controlar os movimentos do tentáculo à vontade. O tentáculo é capaz de se atingir e atacar a presa a vários quilômetros de distância. Ele não consegue funcionar sozinho, mas se for substancialmente ferido, retrairá sozinho.


Notas sobre a Primeira Forma de Alexia

Ela ainda mantém muito de sua forma humana, e seu sangue agora arde em chamas ao entrar em contato com o ar. A resistente pele de planta que cobre seu corpo, com a exceção de metade de seu rosto, é extremamente dura, e pode esquivar balas.


Notas sobre a Segunda Forma de Alexia

Seu corpo inferior é uma gigantesca trompa de falópio. Ela é incapaz de se mover do ponto onde está, mas seus tentáculos assim como as larvas de formigas que produz ainda podem atacar persistentemente. O grande ponto fraco está protegido por uma membrana em forma de lente que, mesmo quando destruído, se regenerará depois de certo período de tempo. Causar danos fatais à Alexia ainda é quase impossível sem o uso da Linear Launcher deixada por Alexander.


Notas sobre a Terceira Forma de Alexia

Continuando o processo de evolução. Alexia separa seu corpo superior da gigante trompa de falópio, e com suas asas recém desenvolvidas, ela agora pode voar. Zunindo pelo ar, ela ataca jogando seu sangue e o deixando arder em chamas. Ela continuará se movendo rapidamente, enquanto sua força permitir, mas sua velocidade diminuirá ao sofrer dano. Assim como sua segunda forma, causar danos fatais à Alexia é quase impossível sem o uso da Linear Launcher deixada por Alexander.