The Darkside Chronicles | Files Traduzidos

Capítulo: Memory Of a Lost City


Leon S. Kennedy

Leon,
4 anos atrás como policial.
Em seu primeiro e único dia como oficial da Polícia de Raccoon, Leon dormiu demais e não conseguiu sair para o trabalho até depois do pôr do sol. Trajando seu recém-terminado uniforme blindado de polícia, ele segue para Raccoon. Ironicamente, ter dormido demais pode ter sido o melhor erro de sua vida.
Em Raccoon, ele encontra a cidade tomada por um pesadelo. Sem conhecer o medo, Leon torna responsabilidade sua fazer o que puder para resgatar os sobreviventes restantes na cidade.


Claire Redfield

Uma estudante universitária ativa que ama motocicletas.
Ela é a irmã mais nova de Chris Redfield e extremamente orgulhosa de seu trabalho como membro dos S.T.A.R.S..
Depois de Chris partir para a Europa, ela ficou preocupada com o bem-estar de seu irmão e seguiu para Raccoon para investigar. Pouco depois de chegar, ela se encontra cercada por horas de zumbis.
Ela tem uma personalidade forte, e pode parecer impulsiva às vezes, mas por dentro ela é meiga e calma.


Ada Wong

A mulher asiática que Leon encontrou no estacionamento subterrâneo do Departamento de Polícia da Cidade de Raccoon.
Ada na verdade vinha trabalhando disfarçada na Umbrella, sendo uma espiã para uma corporação rival.
Para obter pistas, ela tentou encontrar Ben Bertolucci, que estava investigando casos relacionados anteriores ao desastre biológico. Depois da morte de Ben, ela encontrou Annette Birkin enquanto rastreava seu marido William Birkin, que neste ponto havia se transformado em um monstro obcecado. Ada foi resgatada daquela crítica situação por Leon, que arriscara sua vida para salvá-la.
A partir daquele momento, seus sentimentos por Leon mudaram.
Mais tarde, Ada arriscou sua própria vida para ajudar Leon contra o persistente Tyrant.


Sherry Birkin

Sherry é a filha única da figura central no programa G-Virus, William Birkin. Talvez por causa de seus pais serem ambos obcecados pelo trabalho, ela parece ter dificuldade em interagir com outros adultos.
Quando ocorreu o acidente biológico em Raccoon, ela foi para a delegacia pedir ajuda, como instruído por sua mãe, Annette Birkin. Ela foi forçada a fugir e se esconder de muitos policiais zumbis na delegacia. Mesmo estando sob proteção de Leon e Claire, eles se separaram no subsolo da delegacia. Lá, ela foi atacada por seu pai, William Birkin, que se transformara em um monstro conhecido como G, e implantada com um embrião.


Robert Kendo

O dono japonês-americano da Loja de Armas Kendo próxima à delegacia.
Talvez fosse porque ele entregava armas livremente para os cidadãos restantes, mas após a epidemia, não havia boas armas sobrando na loja, e ele não conseguiu se defender com sucesso com o que tinha. Leon, que havia acabado de chegar em Raccoon, testemunhara-o sendo atacado.
Ele tentou salvar Robert, mas não teve sucesso.


Marvin Branagh

O primeiro membro sobrevivente do Departamento de Polícia de Raccoon que Leon s. Kennedy encontra.
Até alguns dias atrás, mesmo com a cidade sob lei marcial, ele vinha fazendo trabalho de rotina, como escrever um relatório de um saque e preparando a festa de boas vindas de Leon.
Após a contaminação biológica, ele e outros oficiais de polícia se abrigaram na asa leste da delegacia. Ele perdeu a maioria de seus colegas quando os zumbis invadiram, e o próprio Marvin foi gravemente ferido.


Ben Bertolucci

Um jornalista freelance do mais alto calibre. Apesar de Ben ser muito ambicioso e altamente preocupado com dinheiro, ele também é disposto a arriscar sua vida e sua pele para expor injustiças. Ben veio para Raccoon depois de ouvir a respeito de vários incidentes horríveis ocorrendo lá. Em sua busca para encontrar a verdade, ele se prendeu e se trancou na cadeia do Departamento de Polícia de Raccoon.
Após o desastre biológico, sua cela se tornou seu refúgio.
Apesar de possuir a chave da cela, ele decidiu que ficar na cela seria mais seguro do que sair com zumbis perambulando do lado de fora. Ele registrara tudo o que descobrira sobre o incidente, e mais tarde foi atacado e morto por uma criatura não-identificada.


Brian Irons

Chefe do Departamento de Polícia de Raccoon, e o homem responsável pelas terríveis mortes de seu próprio pessoal. Enquanto fingia ser um chefe de polícia de bom coração, preocupado primeiro e acima de tudo com a segurança da cidade, ele na verdade só estava preocupado em encher seus bolsos.
Nos últimos cinco anos, Chefe Irons vinha aceitando subornos da Corporação Umbrella para encobrir suas diversas atividades ilegais. Durante os anos de faculdade, ele fora preso duas vezes por violência doméstica contra sua esposa, e ordenado a passar por avaliações psiquiátricas anuais, das quais se esquivava.
Estas questões psicológicas obscuras viriam à tona quando o incidente em Raccoon aconteceu.
Todas as máscaras que ele criara para si mesmo ao longo dos anos caíram e o último fragmento de sua sanidade se estilhaçou.
Ele trancou a delegacia, condenando aqueles lá dentro à morte. Ele caçou e matou a filha do prefeito, e em um último ato de insanidade, planejava fazer dela um troféu.


Annette Birkin

Annette é a mãe de Sherry Birkin, e esposa do homem responsável pela criação do G-Virus, William Birkin. Annette dera à luz sua filha Sherry dois anos antes de William descobrir o G-Virus. Mesmo depois de se tornar mãe, ela se lançou de volta à pesquisa por amor ao seu marido. Pouco antes do desastre biológico se espalhar por toda a cidade, ela contatou sua filha e a instruiu a buscar abrigo na delegacia.
A caminho para se encontrar com Sherry, ela encontrou Ada, a mulher que estava atrás do G-Virus de seu marido. Annette também suspeitava que Leon fosse um espião por ele proteger Ada, mas quando ela descobre que o William transformado está procurando por Sherry, ela dá informação a Leon para ajudar Sherry, e resolve se certificar de que William seja impedido.


William Birkin

William foi o descobridor do G-Virus, e também o responsável por seu desenvolvimento. Um dia tendo sido o orgulho da Corporação Umbrella, ele começou a discordar das políticas e procedimentos da empresa enquanto estava trabalhando no G-Virus. Foi neste momento que ele contatou o Exército dos EUA para negociar um acordo. Contudo, apesar de William planejar monopolizar o vírus para si mesmo, seu plano foi arruinado por um ataque das Forças Especiais da Umbrella. Pouco antes de sua morte, ele se injetou com o G-Virus, que o transformou na forma de vida conhecida simplesmente como G.


HUNK

Membro das Forças Especiais da Umbrella, uma unidade particular sob a autoridade dos executivos da Umbrella.
Durante a calamidade biológica em Raccoon, HUNK, da Equipe Alpha, recebeu ordens por Christine, da filial da França, para infiltrar no laboratório subterrâneo junto com seus colegas de equipe e obter uma amostra do G-Virus de William Birkin, por quaisquer meios necessários.
Eventualmente perdendo todos seus colegas de equipe, ele conseguiu sozinho se defender da criatura G que costumava ser William Birkin, coletar o G-Virus e concluir sua missão.


Cidade de Raccoon, 29 de Setembro de 1998

Uma cidade a meio-oeste americana situada em uma bacia cercada por montanhas com uma população de mais de 100.000.

Setembro de 1998.
Começando com uma cadeia de assassinatos canibais que ocorreram vários meses atrás, a agitação se espalha entre os cidadãos de Raccoon até que, em uma noite, a violência irromper pela cidade, enfraquecendo a infra-estrutura de transporte da cidade.

Cidadãos chegaram a um estado de pânico, com todas as linhas vitais cortadas. Apesar dos esforços de resgate por parte da Polícia de Raccoon e dos bombeiros, a situação continuou piorando.

A cidade eventualmente fica tomada por hordas de zumbis, chamados de “mortos ambulantes”.

É onde a luta entre a Corporação Umbrella, a causa deste pesadelo, e Leon começa.


Notas sobre o Departamento de Polícia de Raccoon

O prédio do Departamento de Polícia de Raccoon era originalmente um museu de arte e é localizada no centro da cidade.
Apesar de seu tamanho relativamente pequeno, o Departamento de Polícia de Raccoon é renomado por sua equipe de oficiais de elite conhecidos como S.T.A.R.S..

Após o “Incidente da Mansão Arklay”, Chris Redfield e os poucos membros dos S.T.A.R.S. que conseguiram sobreviver começaram uma investigação a fundo para tentar chegar ao fundo do que aconteceu. Contudo, a investigação deles foi impedida pelo chefe de polícia Brian Irons.

O Chefe Irons, encarando crescente suspeita de ter ligações duvidosas com a Corporação Umbrella, fez o melhor para encobrir os resultados da investigação.

Mais tarde, Chris decidiu conduzir sua própria investigação sobre a Umbrella e viajou para a Europa – para a principal filial da Corporação Umbrella.

26 de Setembro
Raccoon perdeu todas as suas funções municipais e estava agora tomada por zumbis.

A polícia da cidade trabalhou impetuosamente para restaurar a ordem.
Contudo, diante de circunstâncias inimaginavelmente anormais, seus esforços se mostraram ineficientes e quase todos eles foram mortos.

Naquele dia era o primeiro dia de trabalho do novato Leon S. Kennedy. Por ter dormido demais e por demoras no trânsito intenso, ele não chegou à cidade até o pôr-do-sol. Ele, então, se viu firmemente plantado no meio do caos.

Ele conhece Claire Redfield que viera a Raccoon para encontrar seu irmão, também membro da força policial de Raccoon.
Os dois seguem em direção ao destino que compartilhavam, o Departamento de Polícia de Raccoon.


Notas sobre a Corporação Umbrella

A Corporação Umbrella é a maior corporação farmacêutica da Europa. Têm filiais em países por todo o mundo, e é uma fornecedora onipresente de uma seleção de medicamentos domésticos.

De farmácias a lojas de conveniência, suas rotas de distribuição são de grande alcance e a Umbrella é um nome familiar.

Há um complexo de pesquisas de larga escala e uma usina de fabricação lá. Para todos os efeitos, Raccoon está basicamente sob o controle da Umbrella. Até mesmo a mídia e o governo central da cidade encontrariam dificuldades em se opor à corporação gigante.


Notas sobre o Complexo Subterrâneo de Pesquisa

Construído bem abaixo da superfície de Raccoon, este laboratório foi construído para fazer testes clínicos especiais e desenvolver medicamentos. Com seu complexo de rígida quarentena, experimentos podem ser desempenhados em vários níveis virais. Empregados gerais da Umbrella sequer sabem da existência deste complexo, quanto mais teriam oportunidade de entrar. É onde fica o laboratório de nível de contenção física P4. Muitos vírus de alto nível capazes de causar uma ameaça biológica são manuseados aqui. Para entrar nesta área, é necessário passar por três ou quatro divisões de segurança adicional. Mas, como as pessoas que trabalham aqui usam estes vírus para seus experimentos diariamente, eles gradualmente deixaram se preocupar com os perigos que os cercam.


Notas sobre o G-Virus

O poderoso vírus inventado pelo cientista da Corporação Umbrella e gênio Dr. William Birkin.

Ele dá às células do hospedeiro, ao qual é administrado, magnífica vitalidade e capacidade de regeneração. Exposição incompleta resultará no hospedeiro se transformando em um “organismo G” que é nulo de capacidade de raciocínio e autoconsciência. Um “organismo G”é levado unicamente por instintos de sobrevivência.

A Corporação Umbrella traça um plano para forças cientistas cujas visões para a companhia não estão de acordo com a sua própria, de formar equipes de resgate e capturar Gs. Estes cientistas, no entanto, se revoltam e administram o G-Virus neles mesmos e passam pela transformação do G-Virus.

Estes cientistas transformados em monstros, em sua retaliação, quase destroem a Corporação Umbrella. Esta disputa mais tarde desencadearia o começo da explosiva epidemia do T-Virus, que infectaria toda a Raccoon.


Boletim do R.P.D.

AOS CIDADÃOS DE RACCOON:

ESTE É UM BOLETIM IMPORTANTE DO DEPARTAMENTO DE POLÍCIA DE RACCOON.
INCIDENTES DE TUMULTOS E ROUBOS ESTÃO SENDO RELATADOS PELA CIDADE A UMA TAXA CRESCENTE.
ESTAMOS FAZENDO TUDO O QUE PODEMOS PARA RESTAURAR A ORDEM, MAS RECOMENDAMOS QUE OS CIDADÃOS EVACUEM A ÁREA IMEDIATAMENTE PARA GARANTIR SUA SEGURANÇA.
POR FAVOR, SIGAM TODAS AS ORDENS E, ACIMA DE TUDO, FIQUEM CALMOS.

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA DE RACCOON
DELEGADO-CHEFE RAYMOND DOUGLAS


Bilhete Para Leon

Para Leon S. Kennedy.

Parabéns por sua entrada no Departamento de Polícia de Raccoon.
Estamos ansiosos para tê-lo como parte de nossa equipe e prometemos cuidar bem de você.
Bem vindo a bordo!

De todos os rapazes do R.P.D.


Relatório de Operação 1

– Relatório de Operação –

26 de Setembro
O Departamento de Polícia de Raccoon foi inesperadamente atacado por zumbis. Muitos foram feridos. E mais ainda foram mortos. Durante o ataque, nosso equipamento de comunicação foi destruído e o contato com o exterior da cidade foi perdido.
Nós que restamos decidimos criar nosso próprio plano de contingência com a intenção de resgatar quaisquer possíveis sobreviventes, assim como prevenir que este desastre se espalhe além de Raccoon.

27 de Setembro
1:00 PM. A barricada oeste foi derrubada e outra troca se seguiu. Abrigamos temporariamente os feridos na sala de confiscação no primeiro andar.
Mais doze pessoas foram feridas na batalha.

Relator: David Ford

– Relatório Adicional –
Contudo, sua característica mais distinta é sua língua em formato de lança que é capaz de perfurar até mesmo uma vestimenta tática de policial. Sua quantidade, assim como suas localizações continuam desconhecidas.
Demos o nome experimentalmente a esta criatura de “Licker” e estamos atualmente no processo de desenvolver medidas para lidar com esta nova ameaça.


Relatório de Operação 2

– Relatório de Operação –

28 de Setembro – 2:30 AM
Zumbis invadiram a sala de operações e nós perdemos mais quatro pessoas, incluindo David. Estamos reduzidos a quatro pessoas agora, incluindo eu. Falhamos ao proteger o depósito de armas e qualquer esperança de fuga continua diminuindo.
Não conseguiremos durar muito mais assim…

Todos nós concordamos em arriscar e tentar fugir pelos esgotos. Há um caminho subterrâneo levando da delegacia para a usina de eliminação dos esgotos. Nós poderíamos acessar os esgotos por lá. O problema aqui é de que não há garantias de que a usina de eliminação seja mais segura.
Sabemos que estamos assumindo um grande risco, mas qualquer coisa é melhor do que simplesmente esperar aqui para morrer. Eu apenas espero que este relatório seja útil a quem possa encontrá-lo.
Gostaria que houvesse mais que eu pudesse oferecer, mas se você está lendo isso, já sabe como a situação está horrível.

Relator: Elliot Edward


Relatório de Patrulha

20 de Setembro – 9:30 PM
Relator : Sgto. Neil Carlsen

Recebemos um relato de um indivíduo suspeito andando pelos esgotos nos arredores de Raccoon. Procurei na área e localizei o indivíduo, mas ele fugiu antes que eu pudesse questioná-lo.

Recuperei os seguintes itens:
* Uma pequena quantidade de explosivos plásticos C4
* Um detonador eletrônico
* Munição 9×19
* Visor infravermelho (quebrado)


Diário de Chris

8 de Agosto
Eu tentei falar de novo com o chefe hoje, mas ele apenas foi indiferente comigo. Eu tenho certeza de que a Umbrella conduzia pesquisa do T-Virus naquela mansão.
Mas o complexo inteiro foi pelos ares na explosão, junto com qualquer evidência incriminadora. Como a Umbrella emprega muita gente na cidade, ninguém está disposto a falar sobre o incidente. Parece que estou ficando sem opções.

17 de Agosto
Temos recebido muitos relatos locais sobre criaturas estranhas sendo vistas pela cidade. Parece que a Umbrella ainda está por aí.

24 de Agosto
Com a ajuda de Jill e Barry, eu finalmente obtive a informação que precisava. Descobrimos que a Umbrella começou sua pesquisa de uma variante do T-Virus que eles chamam de “G-Virus”.
Nós três conversamos, e concordamos que a única maneira de acabar com isto de vez seria tomando medidas com nossas próprias mãos. Vamos fazer uma visitinha ao Quartel General da Umbrella localizado na Europa.
Eu não posso contar a Claire o que estou planejando. Se eu contar a ela, ela se preocuparia e provavelmente iria querer vir conosco. Eu não posso arriscar.
Tenho certeza de que ela entenderia.


Correspondência para Chris

Departamento de Polícia Federal dos Estados Unidos
Relatório de Investigação Interna

(Enviada por fax ao escritório dos S.T.A.R.S. em 29 de Setembro)

Sr. Chris Redfield
– Depto. de Polícia de Raccoon –
Divisão dos S.T.A.R.S.

Conforme seu pedido, conduzimos nossa investigação interna e descobrimos as seguintes informações:

1) Em relação ao G-Virus atualmente sob desenvolvimento pela Umbrella Inc.
Por enquanto não foi confirmado que o G-Virus sequer exista.
Continuaremos com nossa investigação sobre este assunto.

2) Em relação ao Sr. Brian Irons, chefe do Depto. de Polícia de Raccoon.
O Sr. Irons aparentemente recebera várias quantias de dinheiro da Umbrella Inc. durante os últimos cinco anos.
Pelo que pudemos descobrir, parece que o Sr. Irons esteve diretamente envolvido no incidente da mansão Arklay junto com vários outros incidentes no qual a Umbrella parece ter envolvimento direto.
O quanto ele estava envolvido nestas questões, não conseguimos nos certificar totalmente deste ponto.
Aconselhamos ter extremo cuidado ao lidar com este indivíduo.

Chefe de Seção – Investigação Interna –
Departamento de Polícia Federal dos Estados Unidos
Jack Hamilton


Filme B

Foto tirada em frente ao alfaiate Arukas. Transformou-se em um zumbi em duas horas.

O sujeito repetidamente reclamava de agitação severa na epiderme, além de sensações de náusea.

Foto tirada por Ben Bertolucci.


Memorando de Marvin

Esta delegacia era originalmente usada como museu de arte. Ele fechou no fim dos anos 80 e foi comprado por um preço barato pelo RPD para uso como delegacia, por causa de sua localização central e amplo espaço de estacionamento.

Dizem que o próprio Chefe Irons foi o mediador da negociação. Os dutos de ar condicionado usados durante a época do prédio como museu não foram mais usados depois da reforma, mas ainda estão intactos. Eles podem servir de saída.

É claro, se confiássemos nos S.T.A.R.S. – Não, esqueça… Não adianta lamentar. De qualquer forma, deve haver alguma chance de sair com a ajuda deles. Talvez eu dê uma olhada. Eu certamente não quero ficar aqui e morrer.


Revelação de Ben Bertolucci

Sem esperança de sobrevivência, eu escrevo com a esperança de que alguém poderá usar esta informação…
As bestas estão em todos os lugares…
Eu posso ouvi-las na escuridão enquanto espero… por libertação.

O Chefe é o único responsável. Ele conspirou com a Corporação Umbrella… Ele sabia de seus experimentos e fingiu ser cedo… por um preço, sem dúvida.

A delegacia e o laboratório no nível inferior da Umbrella são ligados pelos esgotos.
É por lá que eles transportam cobaias… Eu suspeito de que foi assim que o vírus se espalhou tão rápido pela cidade.

Relator, Ben Bertolucci, Set. de 1998.


Fax do Controlador do Esgoto

– Lista do usuário do Complexo de Conexão –
Nas primeiras e terceiras Quartas-Feiras do mês, Angelica Margaret, chefe da manutenção, usará as instalações. Esteja certo de reduzir o nível de misturas no complexo ao ativar o ventilador, já que o equipamento que ela estará usando é suscetível aos efeitos do vapor de água.

No dia 28 de cada mês, o transportador químico Don Weller usará as instalações.
Os produtos químicos que ele estará transportando são extremamente voláteis. Extremo cuidado deve ser tomado durante o transporte.

Nos dias 6 e 16 de cada mês, o chefe de polícia Brian Irons visitará o complexo para encontros freqüentes que acontecem no laboratório.

Na quarta Sexta-Feira de cada mês, William Birkin usará o complexo para conduzir um seminário de treinamento para o setor de Chicago da Umbrella Inc.. Como a probabilidade de um ataque ao Dr. Birkin será alta, tome todas as medidas concebíveis para proteger sua vida.

Você será informado sobre todos os outros visitantes de potencial e o horário em que precisarão vir. Guie esses indivíduos para seus destinos com segurança. Não esperamos nada, além do seu melhor.

Chefe de Segurança do Quartel-General Umbrella
Charles Coleman


Diário do Controlador do Esgoto

23 de Junho
Já fazia um tempo, mas eu vi o Don hoje e conversamos um pouco depois de terminarmos nosso trabalho. Ele me disse que não vinha se sentindo bem recentemente.
Acho que ele pegou algo bem ruim. Não é muito surpreendente pelo longo tempo em que ele trabalha aqui e no que ele trabalha.
Ele estava suando muito e ficava se coçando todo. Eu perguntei se ele estava bem, mas ele não me respondeu.

7 de Julho
O Chefe Irons tem visitado o laboratório com muita freqüência ultimamente. Eu não sei o que ele está fazendo lá, mas com certeza não parece feliz, seja lá o que for. Ele parece mais irritado do que o normal, e isto indica algo…
Meu palpite é por causa dos pedidos impossíveis do Dr. Birkin. O chefe tem minha simpatia.
Depois de tudo o que ele fez pela cidade, não merece isso.

21 de Julho
Não tem muita coisa acontecendo ultimamente. Não vejo Don há semanas. Fico pensando no que ele está fazendo. Espero que o cara esteja bem.

16 de Agosto
O Chefe Irons chegou tarde hoje, parecendo mais áspero do que o seu normal. Eu tentei fazer uma piada com o cretino para animá-lo, mas aparentemente ele não gostou.
O filho da mãe apontou a arma e ameaçou atirar em mim! Por sorte eu consegui acalmá-lo, mas sério, que diabos foi isso!?
O cara obviamente tem algum problema SÉRIO em controlar a raiva.
O que aconteceu com o “proteger e servir”!
Ele que aponte aquela droga para mim de novo e a próxima pessoa para que ele vai poder fechar a cara será para meu advogado.

21 de Agosto
William me informou de que a polícia e a mídia começaram uma investigação nos assuntos da Umbrella. Ele disse que a investigação será na cidade toda e que há a possibilidade até de eles procurarem pelos esgotos.

Ele me pediu para suspender todas as operações do complexo dos esgotos da Umbrella até a investigação ser concluída.

Os esgotos ainda serão usados como passagem, mas ele salientou que eu tenho que ser extremamente cuidadoso e que eu perderia meu emprego se alguém descobrisse o que acontece lá embaixo.


Manual de Segurança do Laboratório

– Medidas de Segurança em Caso de uma Emergência –

Na ocorrência de uma epidemia biológica que não possa ser contida, todas as medidas de segurança serão direcionadas ao complexo subterrâneo de transporte. Se quaisquer anormalidades forem detectadas no carregamento em trânsito, todos os materiais serão automaticamente transportados da zona de carregamento para o trem de transporte de contaminação designado.

Neste ponto, todos os materiais serão isolados e eliminados imediatamente. Na ocorrência de uma emergência de Classe 1, o trem inteiro será expurgado e eliminado.

Na ocorrência do laboratório ficar contaminado, a rota mais ao norte, atualmente usada para transportar materiais para e do complexo, será designada como uma rota de fuga emergencial. Esta rota assegurará passagem ao ponto de abastecimento fora dos limites da cidade.

A divulgação de qualquer informação a respeito da pesquisa conduzida aqui, os da existência deste complexo, é estritamente proibida. Como é principal prioridade manter toda a pesquisa confidencial, o acesso de fuga pode ser negado sob certas circunstâncias extenuantes.


Síntese da Vacina

Antígeno do G-Virus
G-VACCINE, CO-DENOMINADA “DEVIL”

Quaisquer indivíduos infectados pelo G-Virus tentarão se reproduzir através da impregnação de um embrião dentro de outro ser vivo que ainda não esteja infectado com o G-Virus.

A não ser que seja rejeitado pelo hospedeiro, o embrião iniciará um processo gradual de invasão celular, infectando as células do hospedeiro a nível molecular, como que reescrevendo seu DNA. Uma vez que a metamorfose estiver completa, o hospedeiro recém-infectado será capaz de completar seu ciclo de auto-reprodução.

O tempo de duração para que o processo complete seu curso variará de indivíduo para indivíduo.

Nos estágios anteriores de divisão celular, é possível congelar o progresso de metamorfose, através da administração do antígeno G-Vaccine.

O seguinte procedimento detalha sua síntese. A criação da vacina exige a base da vacina.

Como a síntese do DEVIL é um processo de extremamente delicado, a qualidade pode variar até mesmo com pequenas alterações no ambiente e na temperatura.

Manuseá-la com cuidado é necessário para ter os resultados apropriados.


Notas sobre os Zumbis Policiais

Estes zumbis uniformizados foram, um dia, oficiais do Departamento de Polícia de Raccoon. Seus números são muitos porque até mesmo oficiais livres do ofício foram mobilizados para acalmar os tumultos causados pela doença do canibalismo.


Notas sobre os Cães Zumbis

O Cerberus é uma B.O.W. criada ao administrar o T-Virus em um grande Doberman. Esta criatura, a qual foi dado o código de número MA-39 pelos pesquisadores, é extremamente violenta. Em resposta ao vírus, sua pele fica severamente decomposta, apesar de sua velocidade, altura de pulo, resistência e agressividade serem consideravelmente altas. Ele retém a dinâmica de grupo de sua espécie e possui a habilidade de atacar um único alvo em grupos.


Notas sobre o Corvo

Corvos que comeram carne e/ou insetos infectados pelo T-Virus e se infectaram. Eles raramente atacam, contanto que seu território não seja perturbado, mas quando atacam, bicam com força e repetidamente seus alvos com seus bicos afiados.


Notas sobre o Licker

Um zumbi evoluído com estrutura muscular maior e habilidades atléticas ampliadas. Eles foram chamados de “Lambedores” (Lickers) pelos membros do Departamento de Polícia de Raccoon por suas línguas incrivelmente longas. Lickers perderam totalmente o uso de seus olhos e rastreiam sua presa usando sua audição altamente desenvolvida. Seus cérebros expostos e estrutura muscular recém reformada os permitem fazer coisas que zumbis normais não podem fazer. Suas garras permitem facilmente que escalem pares e se pendurem nos tetos, e são uma arma perigosa contra qualquer presa nos arredores.


Notas sobre o Tyrant T-103

Este misterioso inimigo subitamente foi lançado de um helicóptero. À primeira vista, ele parece humano, mas pode resistir a ser derrubado de grandes alturas, ou coberto com tiros. Também parece agir com um objetivo, contudo, seu objetivo não fica claro. Tem capacidades opressoras de combate, e com a exceção de sua cabeça desprotegida, seu corpo é impenetrável por pequenas armas de fogo.


Notas sobre o Organismo G Jovem

Pequenos organismos cuspidos da boca de um Organismo G Adulto. Eles se contorcem no chão, e saltam e atacam sua presa. Individualmente eles são fracos, mas quando atacam em grupos, podem ser ameaçadores. Matá-los rapidamente é muito importante. Organismos G Jovens não tem a habilidade de se reproduzir.


Notas sobre o Organismo G Adulto

Um novo tipo de criatura, nascida de um organismo rejeitando geneticamente o G-Virus. É o resultado de reprodução forçada e falsa na parte das células G, destruindo o corpo do hospedeiro e tornando-o inútil.

O Organismo G Adulto que nasceu do chefe de polícia Brian Irons tinha um grande braço esquerdo com um olho nele, uma característica única do G. Esta criatura também reproduzirá Organismos G Jovens através de sua boca.

Estas são pequenas reproduções do G sem habilidade de se reproduzir.


Notas sobre as Aranhas Gigantes

As aranhas gigantes nasceram do desastre que assolou toda a cidade de Raccoon. Acredita-se que foram criadas quando o T-Virus passou pelos esgotos onde elas vivem. Apesar de seu grande tamanho, elas usam a escuridão dos esgotos para capturar sua presa.


Notas sobre as Aranhas Pequenas

As aranhas filhotes das gigantes. A aranha gigante mãe carrega números incontáveis de pequenas aranhas dentro de seus abdomens. Se a mãe morre, as aranhas pequenas saem de sua carcaça e atacam o ofensor. Elas são pequenas o suficiente para que você possa matá-las com uma faca, mas quanto maior seu número, maior sua ameaça.


Notas sobre o Lurker

Uma B.O.W. nascida de experimentos primários com o T-Virus feitos com base em sapos anfíbios. Seus olhos e ouvidos evoluíram bastante nesta forma, mas sua habilidade de sentir a presa evoluiu a um nível quase sobrenatural. Suas línguas ficaram fortes o bastante para de fato empalar um alvo humano com pouco esforço. Seu sistema digestivo também se desenvolveu ao ponto de poderem engolir um humano inteiro. Apesar de conterem propriedades ofensivas formidáveis, a razão para os Lurkers (Espreitadores) não poderem ser empregados como B.O.W.s de verdade é por causa de sua grande falta de inteligência.


Notas sobre as Baratas Gigantes

Eram baratas normais que viviam nos esgotos até serem infectadas com o T-Virus e crescerem severamente 7-8 vezes seu tamanho natural. Seu tamanho foi aumentado ao ponto de poderem comer os ratos que espalham o vírus. Para capturar sua presa, elas andam e atacam em grupos, o que pode explicar sua explosão populacional.


Notas sobre o Crocodilo

Um filhote de crocodilo que foi mantido como bicho de estimação antes de ser solto nos esgotos de Raccoon, onde foi infectado pelo T-Virus. Os efeitos do vírus incluem agressão ampliada e um aumento no tamanho para mais de 10 metros de extensão. Normalmente habita o depósito de lixo, onde há comida disponível mais facilmente. Esta criatura é um caso especial, nascida por acidente em vez de planejada, e não houve relatos de criaturas baseadas em crocodilos na Umbrella antes ou desde então.


Notas sobre o Licker Evoluído

Um Licker aprimorado encontrado no laboratório subterrâneo de Raccoon. Ele difere do Licker normal em cor, durabilidade e tamanho das garras, mas ataca da mesma maneira.


Notas sobre a Hera (Ivy)

Oficialmente chamadas de Plant 43, esta B.O.W. foi desenvolvida ao analisar os dados da Plant42. Foi seletivamente criada para se mover sozinha. Ataca a presa com os dois tentáculos de hera que dão a ela seu nome, e infligem ferimentos fatais ao cuspir enzimas digestivas por sua cabeça em forma de flor.


Notas sobre os Filhotes de Mariposa

As larvas da Mariposa Gigante. Seus corpos têm aproximadamente apenas 30 centímetros de extensão, e seu poder de ataque é bem fraco. Elas são atraídas por organismos de sangue quente.


Notas sobre a Mariposa Gigante

Mariposas gigantes são o produto de mariposas que eram usadas em experimentos nos laboratórios da Umbrella. Elas escaparam e cresceram em grandes proporções devido ao T-Virus. Por alguma razão, as asas das mariposas gigantes não cresceram em proporção com o resto do corpo, então elas só podem voar alguns metros longe do chão, e apenas por curtas distâncias.


Notas sobre a Primeira Forma do G

Ainda é evidente pela metade esquerda de seu corpo de que este monstro foi humano um dia. Seu braço direito engolido, e o cano de chumbo que carrega em sua mão podem provocar ataques extremamente mortais, mas talvez por causa de seu corpo assimétrico, seus movimentos são lentos, e há grandes intervalos entre seus ataques.


Notas sobre a Segunda Forma do G

Foi nisto em que se transformou o Dr. William Birkin, o criador do G-Virus. Assim que o vírus toma conta do corpo, a aparição de novos órgãos, um fenômeno único do G, é aparente. Suas mutações se espalham para incluir novas estruturas ósseas e de pele, e um novo cérebro para a nova cabeça. Outras mutações envolvem garras gigantes saindo da mão direita, e uma versão maior do olho no ombro direito.


Notas sobre a Terceira Forma do G

Outro avanço do G. Ele criou dois novos braços e os braços largos quase parecidos com asas mudaram para as costas. Mudanças também começaram no coração e em outros órgãos. Conforme o vírus se espalha pelos músculos na parte inferior do corpo, ele se torna capaz de se mover extremamente rápido. Quanto aos seus braços, ele agora tem um olho na coxa esquerda.


Notas sobre a Quarta Forma do G

Após sofrer uma ameaça à sua vida na terceira forma, o G cura seus ferimentos enquanto continua sua mutação para algo bem distante de sua forma original. Ele se torna uma besta que rasteja nas quatro patas. Sua agilidade aumentou consideravelmente, como demonstrada por suas habilidades de andar nas paredes e pular muito alto. Depois de encurralar sua presa, ele usa sua cabeça e seu peito, que agora se transformou em uma grande mandíbula, para devorá-la.


Notas sobre a Quinta Forma do G

Comendo cada organismo vivo em seu caminho, ele se transforma no que parece ter uma massa de carne e dentes. Seu corpo macio e maleável o permite se comprimir em corredores estreitos e os restos de criaturas ainda não digeridas totalmente podem ser vistos. Sua resistência e durabilidade estão no mesmo nível da quarta forma, e é difícil causar danos a ele, mesmo com armamento pesado.


Notas sobre o Super Tyrant

Este Tyrant perdeu seu casaco limitador após ser lançado em uma caldeira vaporosa por Leon, e subsequentemente se transformou em um Super Tyrant. O poder tremendamente destrutivo de suas garras, sua brutalidade e sua agilidade fazem dele uma B.O.W. ideal merecedora de seu nome.