The Umbrella Chronicles | Files Traduzidos

Capítulo 2-3: Rebirth


Memorando do Vírus:

Nós nos conhecemos há muito tempo, então espero que você me perdoe por cortar as formalidades. Eu não tenho muito tempo. Devo descrever como usar o item em questão.

A amostra que foi dada a você é de um dos estoques de mutação. Ela possui uma característica exclusiva.

Ela deve ser injetada no hospedeiro pelo menos 5 minutos antes do necessário. Os resultados são quase imediatos, mas são necessários alguns minutos para fazer efeito completo.

Mesmo com a morte, enquanto alguma parte do hospedeiro continuar viva, o vírus pode reconstruir o resto de seu corpo e o trazer de volta à vida.

Durante este processo, há um breve período onde o hospedeiro aparenta, para todas as causas e fins, morto.

Em experimentos com animais, 70% das cobaias ficaram mais poderosas como resultado de sua ressuscitação. Seus sistemas muscular e circulatório superaram o que tinham em vida.

Este vírus foi criado para vencer a morte. 20% voltaram à vida, mas sem efeitos colaterais benéficos presentes no primeiro grupo. Os outros 10% permaneceram mortos.

Em outras palavras, há uma taxa de 90% de ressuscitação. O vírus não foi usado em humanos ainda, mas isto logo mudará.

Não tenho certeza de como isto ajudará, mas sei que você fará bom uso disto!

Boa sorte.


Diário de Alguém:

14 de Nov., 1967
Me sinto tonta depois da injeção que eles me deram.
Não estou vendo a mamãe.
Para onde eles a levaram?
Ela prometeu que nós fugiríamos juntas.
Será que ela fugiu sozinha e me deixou para trás?

15 de Nov., 1967
Eu encontrei a mamãe.
Nós comemos juntas.
Eu estava muito feliz.
Mas ela não era de verdade. Não minha mamãe de verdade.
Mesmo rosto, mas diferente por dentro.
Eu peguei o rosto da mamãe de volta.
Ninguém pode ter minha mamãe além de mim.
Eu grudei o rosto dela em mim assim ela não vai embora.
Porque a mamãe triste quando eu a encontrei sem seu rosto.

17 de Nov., 19 7
de dentro da caixa, cheiro da mamãe.
talvez mãe verdadeira lá.
caixa de pedra dura. Machuca.
corda de aço em cima.
não posso ver mãe porque 4 pedras

19
pappai grudado primeiro
mammãe grudada depois
deNtro vermeLho e viScoso branCo e duRo
não verdadeira mãE onDe
não sei pappai
encontrei mamãe de novo
qunado grudi maMãe
ela não se mexe mais
ela gritando
por que?
Só queria star com ela

4
mãe
onde?
sinto sua falta


Uma Carta para Alguém:

Para minha Lisa,

Dia após dia eu posso sentir minha consciência se apagando aos poucos.

As injeções dadas em mim pelos homens de roupa branca fizeram um pouco da coceira da mamãe ir embora. Hoje eles me deram outra injeção, dizendo ser para “nutrição”.

Quando eles me dão as injeções a mamãe consegue pensar direito, mas a mamãe está chocada e triste, porque a mamãe não consegue pensar em você o tempo todo.

A mamãe está com medo. Com medo de esquecer tudo, especialmente as lembranças de você e do papai… Como são seus rostos, como costumávamos estar juntos…

Todas elas estão começando a desaparecer dentro de algum lugar escuro em minha mente.

Oh Lisa, eu queria poder tocar seu rosto e segurá-la em meus braços agora, assim eu poderia guardar as lembranças maravilhosas de você e do papai.

Lisa, não podemos mais ficar aqui. Temos que fugir!

Preste atenção em mim, Lisa. Nossa chance de fugir será na próxima vez que formos àquele laboratório juntas. Vamos fingir que estamos inconscientes e quando o homem de roupa branca estiver distraído, será nossa chance.

Quando estivermos lá fora, vamos procurar pelo papai juntas. Está bem, querida?

Seja forte, Lisa.

13 de Nov., 1967
Jessica Trevor


Foto de Família:

Há alguma coisa escrita no verso.

Vírus Progenitor administrado
(10 de Nov. de 1967)

Jessica
Vírus administrado: Tipo A
Plasmólise de tecido durante ativação celular.
Fusão do vírus: Negativa
Ação: Eliminada

Lisa
Vírus administrado: Tipo B
Plasmólise de tecido durante ativação celular.
Fusão do vírus: Positiva com função retardada
Modificação corporal: Resultados constantes observados.
Status: Continuar observação atenta.

George
Ação: Exterminado
(30 de Nov. de 1967)


Notas sobre a Família Trevor:

A família de George Trevor, o brilhante arquiteto que criou e acompanhou de perto a construção da mansão Arklay. A construção da mansão durou cinco anos, e quando estava completa, Spencer decidiu que George sabia demais. Ele foi aprisionado dentro da mansão, enquanto sua esposa Jessica e sua filha Lisa foram submetidas a experimentos virais.

Jessica foi considerada incompatível e eliminada, enquanto George se encontrara preso em sua própria criação. A Família Trevor se tornou as primeiras vítimas da ambição cega de Spencer.


Perfil de Lisa Trevor:

Ela fora aprisionada por quase 30 anos na mansão e submetida a contínuos experimentos que a transformaram em um monstro. Numerosos experimentos virais a tornaram imune mesmo à morte e logo levaram Birkin à descoberta do G-Virus.

Lisa tem o hábito perturbador de arrancar os rostos de suas vítimas e colocá-los sobre o dela. Houve diversas tentativas de eliminá-la, mas todas elas falharam. Ela acabou sendo deixada por aí, perambulando pelos salões da mansão.