RUMOR: Data de lançamento de Resident Evil Village e mais!

21
Resident Evil Village

ATENÇÃO: esta notícia pode conter informações importantes que você, fã da franquia, pode considerar como SPOILERS. Portanto, se quiser ler, esteja ciente de que é por sua conta e risco, e que o Resident Evil Database não se responsabiliza por suas ações. Além disso, tudo o que está descrito abaixo deve ser encarado como RUMOR até que haja alguma confirmação oficial.

O Resident Evil Database obteve informações importantes acerca de Resident Evil Village, ou Resident Evil 8, o próximo jogo da franquia, anunciado na última quinta-feira, durante o evento de apresentação do Playstation 5.

De acordo com nossa fonte, a Capcom estaria cogitando lançar o jogo em Maio de 2021, o que nos fez questionar o anúncio do jogo para a nova geração (PS5, Xbox Series X e PC). A fonte acredita que a empresa vai acabar, sim, lançando o jogo para a geração atual. Inclusive, recentemente um dos Ambassadors convidados para testar o jogo confirmou que os testes aconteceram no PS4 Pro. Ou seja, ainda há chances, sim, do jogo sair para a atual geração, dependendo de como correr o desenvolvimento do jogo.

Outra informação que obtivemos é sobre a possibilidade do jogo acabar sendo remodelado para a perspectiva em terceira pessoa. A fonte revelou que reuniões internas não chegaram em um consenso a respeito da câmera, pois, nas palavras dela, “alguns acham um desperdício continuar fazendo jogos em primeira pessoa na RE Engine”. Dado o sucesso recente das reimaginações de Resident Evil 2 e Resident Evil 3, é bem possível mesmo que a empresa esteja reconsiderando a perspectiva do jogo.

E agora, a informação mais sensível: este seria o último jogo de Chris Redfield. O começo do trailer traz a informação de que “a história dele chega a um fim” ou a um “fechamento”, e sim, conforme as informações que obtivemos, esta frase se refere ao protagonista Chris. Além disso, um sucessor do personagem nos seria apresentado neste mesmo jogo, talvez alguém que não tenha aparecido ou não tenha tido seu rosto revelado no trailer. Isto não significa, no entanto, que Chris irá morrer, pois ele pode se aposentar também.

Além disso, os desenvolvedores parecem não estar em consenso com muitas coisas, e isso envolve até nomes e designs de personagens. De acordo com nossa fonte, a garota do trailer de fato se chama Emily, mas a Capcom ainda estaria cogitando alterar não só seu nome, mas até suas feições. A fonte confirma também que novos testes do jogo ainda vão rolar com os Ambassadors, então muitas coisas podem passar por mudanças, inclusive mecânicas.

O mesmo aconteceu com o Resident Evil Resistance, por exemplo, multiplayer lançado simultaneamente com RE3, que passou por testes e mudanças na reta final do desenvolvimento. A própria ferramenta RE Engine permite que alterações sejam feitas rapidamente nos jogos, graças ao processo de “scratch and build” (descarta e constrói) que o motor gráfico proporciona, conforme foi revelado pelo produtor de Resident Evil 2 Remake, Yoshiaki Hirabayashi, durante a BGS de 2018.

Esta nossa fonte nos adiantou no começo deste ano que Resident Evil 8 teria três personagens jogáveis: dois que já estavam na franquia e um novo. Essas informações batem com as do insider Dusk Golem, que diz que estes personagens são Ethan, Chris e a novata Emily. Foi nossa fonte também que adiantou, meses atrás, que RE8 teria um “final amargo”, e muitas peças estão se encaixando agora.

Fiquem ligados aqui no Resident Evil Database e em nosso canal, pois estamos postando MUITA informação sobre Resident Evil Village para vocês!

COMPARTILHAR
  • Jonathan Melo

    que se torne realidade, quero muito um re8 para atual geração, ja que a capcom começou com essa historia no re7 nesse atual geração seria sacanagem deixar o desfeixo somente para nova geração. e sim espero que venha em terceira pessoa, ou com a opção de escolhar entre 1 e 3 .

  • joão vitor Meirelles

    Só ter a opção de primeira e terceira pessoa. Simples assim. Creio que até na edição do 7 para a nova geração deveria ter essa opção. Pra mim resident evil é sobre os personagens, na primeira pessoa perdemos a relação com eles. Enfim. Vamos orar.

  • Mateus Albuquerque

    Esse papo de que os consoles atuais não conseguiriam rodar o jogo é conversa pra boi dormir e preguiça de querer otimizar o jogo.
    Espero que seja mentira.

  • Jo-On GameZoNn

    capcom tonta, bota sistema de seleção de camera, mas tudo depende da gente pedir pra ela ver que a gente quer dupla seleção de camera,assim teremos no ombro e primeirapessoa. duas experiencias de game.

  • Gabriel Kauer

    Eles teriam que basicamente criar dois jogos diferentes. Não é simplesmente alterar a câmera. Coisas que funcionam (por exemplo, sustos) em primeira pessoa, não necessariamente funcionam em terceira, e vice-versa.

    E a gente sabe que a CAPCOM vai fazer caca se eles criarem duas versões.

  • Jo-On GameZoNn

    criar dois jogos diferentes? eles so teria que criar 2 algoritmos diferentes, um para cada estilo de camera. e nao botar aquelas idiotices de quando o cara é mordido a camera aproxima, isso levaria a mais linhas de codigo. na boa mano, um “amador” fez isso., Rod Lima brinca com o fan remake que ele fez, inserindo novas mecanicas, pra capcom nao faazer ? e vem dar essa desculpa de criar dois jgos diferentes?
    e sinceramente acho maior perda de tempo esses lance de aproximar a camera quando é mordido etc. e mano, estamos falando da capcom, uma gigante com varios programadores a disposição dela, pra ela, o infinito é o limite, ainda mais com PS5. com PS5 a troca de sistema de camera poderia inclusive ser feita ingame com um mero apertar de botao.

  • Bruno Ribeiro

    Isso é complexo. Não é apenas mudar a câmera e pronto. As dinâmicas são completamente diferentes.

  • Bruno Ribeiro

    Espero muito que lancem para a geração atual. RE8 roda fácil no PS4. Vão acabar perdendo vendas se mantiverem essa estratégia.

  • Jessé Claudino

    Será que o Cris vão ser chefe da BSAA e ele está se aposentando das ações em campo

  • Rúben Mól Ribeiro

    OS “SUSTOS” do 7 só funcionam pq a esmagadora maioria é jumpscare barato, A parte que a Marguerite Baker quebra a janela gritando por exemplo, assusta tanto em 1ª quanto segunda pessoa. Agora a Marguerite saindo de trás da parede teleportando pra frente do jogador só funciona em 1ª pessoa pq é jumpscare barato. A tensão do JACK BACKER vindo pra cima de você funciona tanto em 1ª quanto em 3ª, isso é muito fácil de perceber com o MR.X e NEMESIS cagando o pessoal de medo, e ambos são 3ª pessoa.

    O que faz realmente dar medo é a atmosfera e ambientação do jogo, isso o RE2 Remake mostrou mt bem. Eu me caguei 1000x andando na delegacia escura com 1 lanterninha em 3ª pessoa do que aquela camera 1ª pessoa balangando no RE7.

  • Rúben Mól Ribeiro

    Concordo, eu não sei pq, mas 1ª pessoa não me faz me sentir mais “imerso” no jogo, na vdd acontece o contrário, eu me sinto apenas 1 câmera flutuante kkkkk. 3ª pessoa a gnt consegue ver o local onde o personagem ta sendo mordido / atacado / sangrando / machucado / sujo. Isso nos faz “se importar” mais com o personagem.

  • lucas S

    Pois é, pelo trailer dá pra ver que é quase idêntico ao RE7, esse papo de nao rodar em PS4 e XONE é estranho.

  • Bruno Ribeiro

    Pode ser que seja estratégia para forçar as pessoas a comprarem os novos consoles. Espero muito que eles voltem atrás.
    Pandemia, crise econômica, recessão. Poucas pessoas vão ter dinheiro para comprar o PS5 e o Xbox X. Aqui no Brasil vai vir facada.

  • Bruno Ribeiro

    A ambientação do RE7 também é espetacular. Não achei os jumpscares tão clichês assim.

  • Rodrigo Zika!

    Seria uma boa isso da câmera, não tenho nada contra câmera em primeira pessoa, porém OTS chama mais jogadores mesmo que não curtam tanto a franquia, e isso e fato, de resto espero que revejam lançar pra essa geração, ate porque com a crise da pandemia os consoles next gen podem vender bem abaixo do que deveria mundialmente.

  • Gabriel Ferraz

    Demoraram para aposentar o Chris.

  • Thiago Rocha

    O Trailer de Resident Evil Village foi muito bom, a única coisa que assusta é que este seria”o último jogo de Chris Redfield”. Se for pra se aposentar, tranquilo, mas se acontecer algo ruim ao personagem será um tiro no pé da franquia, Visto que se trata de um personagem importante. Quanto a câmera, seria muito bom seguir o caminho de RE 2 remake, RE 3 remake, e o RE4 remake…(Em produção).

  • Jo-On GameZoNn

    eu acho jumpscare tao forçado, RE7 so causa medo a alguns pelo lance bizarro. o que pra mim é forçado. medo é vc sair de uma porta e dar de cara com nemesis pronto pra te perceguir, sem ter uma camera colando na cara feia do monstro como ocorre muito em RE7 e RE2R e 3

  • Jo-On GameZoNn

    nao cliche, mas forçado.

  • Bruno Ribeiro

    Talvez por ser a primeira experiência deles em um jogo com essa dinâmica, alguns momentos podem terem sido abaixo do desejado. Mas agora com RE8 eles podem melhorar esse aspecto.

  • Expectativa para o game em si!!!!