Shinji Mikami e o diretor John Johanas falam sobre The Evil Within 2

0
528

Em entrevista ao site IGN, Shinji Mikami e John Johanas falaram sobre o desenvolvimento de The Evil Within, e Mikami garantiu que o primeiro game foi o seu último título como diretor. Em The Evil Within 2, ele assumirá o cargo de produtor executivo. Mikami diz que quer que a Tango Gameworks, estúdio desenvolvedor do jogo, seja um lugar onde criadores jovens e talentosos possam ter uma chance de ter sucesso, e este é o caso de Johanas.

Ele também revelou que o desenvolvimento de The Evil Within começou em Março de 2015, e que apesar de ter começado num ritmo bastante comum para novas criações, os estágios de desenvolvimento do meio em diante têm sido muito intensos.

A dupla também falou um pouco sobre a atual gama de jogos de terror, onde o foco é se esconder e não poder enfrentar as ameaças, como acontece em Outlast ou Alien Isolation. John disse que este tipo de terror, apesar de ser divertido, pode ficar um pouco monótono se dura por muito tempo, mas que The Evil Within 2, assim como no primeiro, também terá os seus momentos onde você deve pensar se a melhor escolha é a de se esconder e fugir ou encarar e lutar.

Em 2014, o objetivo de Mikami era o de “trazer o Survival Horror de volta”, com o lançamento de The Evil Within, e ele disse que se tiver uma nova ideia que seja suficientemente assustadora para ele, que voltará a fazer outros jogos de terror. Ele, inclusive, garante que se mantém atualizado com o gênero, e elogiou Resident Evil 7, como algo criado com esmero.

A dupla garantiu que a história de The Evil Within 2 também será mais simples de entender do que a do primeiro jogo. De acordo com eles, a premissa deste jogo é mais simples, justamente porque no primeiro Sebastian também foi pego de surpresa pela situação, e agora ele tem uma motivação para adentrar no STEM, um sistema de inconsciente coletivo, em busca de sua filha. Johanas confirmou também que o jogo terá um mapa maior, mas que isto não fará do jogo um mundo aberto, apenas um lugar maior para exploração, e que isto não tirará a linearidade do jogo num todo.

Uma novidade interessante sobre The Evil Within 2 é que ele não terá a resolução letterbox, com faixas pretas em cima e embaixo da tela, como foi no caso do lançamento do primeiro jogo. Na verdade, esta visão foi tão mal aceita que o jogo posteriormente recebou uma atualização que deixava o jogo sem as faixas, e assim abria bem mais a visão da tela. Johanas diz que apesar de eles internamente gostarem e quererm seguir por esta direção, eles não vão incluir a letterbox na sequência do game.

Para finalizar a entrevista, quando perguntado se Mikami consideraria este como “um jogo de Shinji Mikami”, assim como foi divulgado o primeiro The Evil Within, ele afirmou que será possível notar a sua influência em alguns pontos, mas que o trabalho é, na verdade, um esforço de toda uma equipe, com John no comando e ele apenas na supervisão.

The Evil Within 2 tem previsão de lançamento em 13 de Outubro deste ano, numa sexta-feira 13, para PS4, Xbox One e PC.