Personagens | Mikhail Victor

Ano de nascimento: 1953 (não confirmado).
Tipo sanguíneo: A
Altura: 1,78m
Peso: 98kg

Aparições em títulos da série:

Biohazard 3: The Last Escape / Resident Evil 3: Nemesis (1999)


Biografia e Participação na Série:

Mikhail é natural de São Petersburgo, na União Soviética. Antes de se tornar membro da U.B.C.S., o Serviço de Medidas de Contenção Biológica da Umbrella, Mikhail Victor era membro do exército, onde chegou à posição de tenente. Contudo, com o colapso da União Soviética, ele acabou sendo forçado a deixar as forças nacionais, e acabou entrando para a guerrilha de sua esposa, onde participou de diversos atentados terroristas contra a nação instável. Após diversas missões bem sucedidas, ele acabou finalmente sendo capturado pelas autoridades, e foi assim que ele acabou indo parar nas mãos da Umbrella: ou ele aceitava ingressar na U.B.C.S. ou as vidas de seus companheiros de guerrilha estaria em perigo.

Não levou muito tempo para que suas incríveis habilidades e seu instinto de líder nato chamasse a atenção de seus superiores na Umbrella, e ele logo acabou sendo promovido a comandante do Pelotão Delta. Mikhail era absurdamente respeitado e admirado por seus subordinados. A forma como conduzia seus homens era brilhante, e isso acabou criando um esquadrão leal e motivado por um tenente que sabia como despertar o melhor em cada um de seus soldados.

Entre 26 e 27 de Setembro de 1998, Mikhail é enviado com seu esquadrão para contenção do surto de zumbis na cidade de Raccoon. Diferente de Nicholai Ginovaef, apesar de seu alto cargo dentro da U.B.C.S., ele não era um monitor da Umbrella, e por isso se importava com os soldados sob o seu comando. Em meio à batalha contra a horda crescente de mortos-vivos, o tenente fica gravemente ferido, e foge contra a sua vontade com o sargento Nicholai e o soldado Carlos Oliveira, refugiando-se em um vagão desativado do bondinho da cidade. Sofrendo com os ferimentos letais e com o remorso por ter perdido seus homens para os zumbis, ele sofre de delírios, deitado sob um dos bancos do trem. Quando Jill Valentine o encontra, depois de conhecer Carlos e saber do esconderijo dos U.B.C.S. sobreviventes, Mikhail mal se mantém consciente, chamando por seus soldados mortos.

Pouco depois que Jill e Carlos conseguem reativar o bonde para poderem chegar à Torre do Relógio St. Michael, onde fica localizado o ponto de extração da U.B.C.S., Nemesis invade justamente o vagão onde Mikhail está, e Jill corre imediatamente em seu socorro, mas é ordenada pelo próprio tenente a voltar para o vagão seguro, enquanto ele enfrenta Nemesis. Infelizmente, mesmo com sua experiência, seus ferimentos não o tornam páreo  para a arma biológica, e Mikhail fica entre a vida e a morte depois de ser ferozmente atacado pelo Nemesis. No entanto, antes que a criatura conseguisse contaminá-lo com o T-Virus, Mikhail consegue lançar uma granada no vagão, sacrificando-se para que Jill e Carlos tivessem uma chance de fugir sãos e salvos do inferno em que Raccoon havia se transformado.


Reimaginação de 2020:

A participação do tenente Mikhail Victor na versão 2020 de Resident Evil 3 é um pouco diferente principalmente pelo fato de seu ferimento não ser letal a ponto de ele ficar delirando, então ele ainda consegue dar ordens aos seus subordinados. Quando Jill e Carlos se encontram com Mikhail no metrô, que é o ponto de encontro para retirada dos sobreviventes da cidade, ele demonstra conhecer Jill Valentine e posteriormente até a elogia e diz que sua “reputação” é justificada por suas habilidades de sobrevivência, por ela ser uma ex-S.T.A.R.S..

Mikhail deixa claro para Jill que só os seus homens que sobreviveram a um ataque de zumbis não conseguirão religar a energia do trem e tirar os poucos civis que sobraram da cidade. Apesar da relutância, a jovem aceita e sai do local, enquanto Carlos fica tratando o ferimento do tenente na região do abdome.

Quando Jill retorna com o trem finalmente funcionando, descobre que Mikhail deu ordens a Carlos Oliveira e Tyrell Patrick para irem atrás de um médico e cientista da Umbrella chamado Nathaniel Bard, para depois se reencontrarem no parque, destino final daquele metrô. Quando as equipes se dividem e o trem começa a se mover, Mikhail questiona Nicholai Ginovaef sobre como um pelotão acaba sendo atacado de surpresa em um local que outrora estava aberto, mas que teve sua rota de fuga trancada, demonstrando sua desconfiança pelas intenções do colega.

A conversa, no entanto, é interrompida pela chegada do Nemesis no vagão onde estavam os civis, agora mortos. Nicholai foge para outro vagão, trancando Jill e Mikhail, e o tenente é agarrado por Nemesis com seu tentáculo. Mikhail, sabendo que está ferido e que não tem outro jeito, dispara um detonador com dinamites que estava preso em seu corpo, destruindo o Nemesis, ele mesmo e descarrilando o trem. Suas últimas palavras fazem jus à personalidade de Mikhail, ao resmungar “saia do meu trem, seu cocô de passarinho” para o Nemesis.