Criaturas & B.O.W.s | Drain Deimos / Brain Suckers

Drain DeimosOs Drain Deimos e os Brain Suckers são mutações acidentais ocorridas a partir do contato do T-Virus em pulgas que se alimentaram do sangue de pessoas contaminadas. A diferença estrutural entre as duas criaturas é que o DD possui somente uma cabeça, enquanto os Brain Suckers possuem duas e seus corpos têm aspecto reptiliano.

Enquanto os Drain Deimos se alimentam a partir da drenagem do fluido cérebro-espinhal de suas vítimas, enfiando seus dentes caninos na presa, os Brain Suckers sugam diretamente os cérebros humanos, destruindo o seu crânio enfiando as línguas de suas duas cabeças em seu interior. Os Brain Suckers também possuem a seu favor um veneno tóxico que podem lançar em suas vítimas, o que as deixa desnorteadas e mais vulneráveis para o ataque.

As duas criaturas se reproduzem colocando ovos em grande quantidade, multiplicando-se rapidamente. Eles são encontrados pelas ruas de Raccoon durante a epidemia viral, no final de Setembro de 1998.


Estratégias:

Estas criaturas são extremamente perigosas e seus ataques tiram muita energia, portanto é melhor gastar um pouco mais de munição para tentar se livrar logo delas do que arriscar uma esquiva. Geralmente, eles não estão sozinhos, Brain Suckerse atacam em duplas, o que pode complicar uma fuga.

Opte por armas mais fortes e rápidas, como Grenade Launcher, Shotgun ou Magnum. Como Resident Evil 3 é um jogo onde a munição não é tão escassa assim, graças à possibilidade de criá-las com as pólvoras, permita-se gastar algumas balas com estas criaturas para evitar apuros maiores.

Na reimaginação de Resident Evil 3, lançada em 2020, os Drain Deimos não dividem mais tela com os Brain Suckers e, no aparecem basicamente na subestação de energia, onde criaram um ninho gigantesco. Sua única função é “atrapalhar” Jill na hora de ativar os 4 geradores espalhados pelo cenário, mas eles são bem fracos e morrem com alguns tiros de pistola ou até um tiro de espingarda pode matar mais de um, se estiverem juntos. Também existem pequenos geradores que podem ser usados para eletrocutá-los.