Podcast #13: Analisando os Chronicles de Resident Evil

3
Podcast #13: Analisando os Chronicles de Resident Evil

Em mais um episódio do Face Your Fear, o podcast oficial do Resident Evil Database, convidamos mais uma vez nosso grande amigo e especialista em horror, Makson Lima (@MaksonLima), do canal Mas Que Horror!, para uma análise especial de Resident Evil The Umbrella Chronicles e Resident Evil The Darkside Chronicles. Os títulos Chronicles de Resident Evil recontam histórias de perspectivas especiais e trazem novos capítulos importantíssimos para a história da franquia!

O que achou deste podcast e das informações que trouxemos?
Deixe sua opinião (sempre respeitosa!) nos comentários!

Conteúdos relacionados:


Quer a continuidade do nosso podcast?

Nosso podcast não nos gera quaisquer lucros. Na verdade, ele acaba sendo bastante custoso, já que exige o pagamento de uma hospedagem de confiança, e muitas vezes têm custos de edição. Sem falar no tempo que levamos gravando e postando, que poderia ser revertido para atividades mais lucrativas do canal (vídeos e lives, por exemplo).

Você pode considerar apoiar nosso podcast das seguintes formas abaixo:

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Joguei esses jogos em um bundle de PS3, Foi como eu consegui apresentar o Resident Evil para a minha filha. O umbrella chronicles como jogo eu não gostei muito, achei travadão, difícil explicar pois faz alguns anos que joguei, agora o darkside chronicles joguei muito, muito divertido e como falado a diversão maior era jogar com um parceiro. (Joguei com controle, imagina o nível de dificuldade)

  2. Eu comprei os Resident Evil The Umbrella Chronicles e Resident Evil The Darkside Chronicles e baixei ano passado ainda, mas até o presente cast nunca havia experimentado a gameplay, mesmo já sabendo que a série tem importância para a Lore. Mas fiquei mais motivado após escuta-los nesse cast.

    Então o jogo é estilo rail shooter / on-rails shooter (tiro em trilhos), huh? A última vez que joguei esse gênero foi naqueles tempos de fliperama mesmo, jogando House of Dead e o Virtua Fighter.

    Ótimo saber que a série contribui para a lore de forma igualmente significativa que Revelations, indo além de só preencher lacunas, apresentando fatos e personagens inéditos (abarcando de RE1 até o RE4, certo?). E fica interessante a perspectiva personalista e tendenciosa, ver os eventos em primeira pessoa na pele dos personagens, com a história sendo contada sob a narração de um determinado personagem.

Comments are closed.