REflexão: Perdemos mais uma voz icônica de Resident Evil…

0
Gary Krawford foi a voz de Kendo e Irons em Resident Evil 2 (1998)

Texto postado originalmente em nosso feed do Instagram, no dia 14/01/2021:

Eu detesto usar deste espaço para falar de coisas tristes, mas acho que às vezes se faz necessário. Ontem eu soube por meus amigos do Crimson-Head que o dublador Gary Krawford, voz de Robert Kendo e Brian Irons em Resident Evil 2, faleceu no fim do ano passado, no dia 9 de Dezembro. Não soube qual foi a causa da morte, mas sinceramente falando… a causa não importa mais. A gente perdeu mais uma voz da franquia.

A gente já havia perdido anos atrás, quando as notícias não se propagavam tão rapidamente, Tony Rosato, responsável pelas vozes do Nemesis e de Dario Rosso em Resident Evil 3 Nemesis. E, no ano passado, perdemos nosso primeiro Leon, o Paul Haddad, o Leon S, Kennedy do Resident Evil 2.

Falar da morte do Paul ainda é muito difícil pra mim, pois a gente mantinha um certo contato, mas não o suficiente para saber dos problemas gravíssimos que ele estava passando de saúde física, mental e financeira. Ele só revelou tudo isso publicamente depois de bastante tempo, pedindo ajuda para uma cirurgia, mas eu já não acompanhava o Facebook tão assiduamente quanto antes. Então eu sinto como se tivesse, entre milhões de aspas, falhado com ele. Porque, apesar de ser um portal pequeno, eu podia ter ajudado nem que com 1%, sabe? Ele conseguiu fazer a cirurgia e infelizmente foram complicações dela que o levaram, mas nem sempre é com dinheiro que a gente ajuda, mas com uma palavra de conforto. E eu infelizmente não soube a tempo.

Paul Haddad
Paul Haddad, o primeiro dublador do Leon, nos deixou em 2020.

Enfim, fica para nós a reflexão de que o tempo é implacável, nossos ídolos estão indo embora, mas deixando seu legado. O que vamos fazer com este legado? Como vamos honrá-lo? E, claro, fica a reflexão para nós… Como podemos aproveitar melhor a nossa passagem por este mundo, e deixar um legado tão bacana quanto o deles?

Desculpem pelo textão, mas se fez necessário. Prometo trazer notícias mais felizes nos próximos posts. Ou, pelo menos, tentar…

COMPARTILHAR