As últimas novidades (boas e ruins) de Resident Evil Village

1
Resident Evil Village

A gente até tenta ter um fim de ano tranquilo, mas… Parece que é difícil mesmo, né, gente? Bom, neste artigo eu quero trazer as últimas informações que saíram nos últimos dias sobre Resident Evil Village. E, calma, não é o que você está pensando, mas vou explicar direitinho também.

Primeiramente, vamos falar sobre a classificação indicativa de Resident Evil Village, que saiu oficialmente para o nosso país. De acordo com o Gematsu no Twitter, o jogo foi listado no site do Ministério da Justiça no gênero (abrangente) Aventura, e não será recomendado para menores de 18 (dezoito) anos. A violência extrema da classificação lista os seguintes aspectos:

Tendências de Indicação: Ossada ou Esqueleto sem Violência (Livre); Consumo Insinuado de Droga Lícita (Livre); Arma com Violência (10 anos); Linguagem Depreciava (10 anos); Medo (10 anos); Ato Violento (12 anos); Exposição de Cadáver (12 anos); Lesão Corporal (12 anos); Linguagem Chula (12 anos); Presença de Sangue (12 anos); Sofrimento da Víma (12 anos); Morte Intencional (14 anos); Banalização da Violência (16 anos); Mulação (16 anos); Crueldade (18 anos).
 Atenuantes: Parte do conteúdo violento é atenuado pelo contexto fantasioso.
 Agravantes: Exposição de Cadáver agravada por composição de cena e interação; Arma com Violência, Medo, Ato Violento, Presença de Sangue, Morte Intencional e Mulação são agravadas por frequência, relevância e composição de cena.

Classificação Indicativa de Resident Evil Village

Vale citar também que o jogo foi listado, por enquanto, somente para consoles da nova geração (Playstation 5, Xbox Series S/X) e PCs. Provavelmente, isto pode mudar, já que o jogo ainda deve ser anunciado para Playstation 4 e Xbox One (e One S/X), conforme o que foi dito pelos produtores na Tokyo Game Show e em vazamentos.

Nesta terça-feira, dia 15, a IGN gringa divulgou três imagens inéditas de Resident Evil Village e algumas palavras no estilo já conhecido “mais do mesmo” do produtor Peter Fabiano, enaltecendo a imersão e lembrando (como se fosse preciso) que vamos controlar o Ethan Winters no jogo.

Abre aspas para o Peter Fabiano: “Estamos muito ansiosos para que os fãs experimentem Resident Evil Village quando sair em 2021. Sentimos que ele é um acúmulo de todos os melhores elementos dos jogos de Resident Evil dos últimos 25 anos, com tudo que os fãs amam em Survival Horror com toques de ação, além de novas surpresas. É claro, terá muitos puzzles para resolver e mistérios a solucionar.

Esperamos que os fãs curtam explorar a vila desolada e cheia de neve no qual Village se passa, onde inimigos novos para a franquia estão esperando por eles. Os jogadores mais uma vez controlarão Ethan Winters, experimentando mais da história que se iniciou em Resident Evil 7. Novas tecnologias nos permitem imergir os jogadores no jogo de formas que não podíamos antes, naquele que esperamos que seja o melhor Resident Evil já criado até hoje.”

A franquia Resident Evil completará 25 anos no ano que vem, mais precisamente no dia 22 de Março, que foi o dia em que o primeiro Resident Evil foi lançado no Japão, em 1996.

E agora vem a parte chata da notícia: o que temíamos infelizmente aconteceu: os hackers, que haviam atacado os servidores da Capcom e estavam extorquindo a empresa em 11 milhões de dólares, vazaram simplesmente TODO o Resident Evil Village. Todo o enredo, cutscenes etc. O Resident Evil Database repudia totalmente esta atitude e, por respeito em especial aos consumidores e aos fãs da franquia, não iremos revelar nenhum spoiler e nem dizer onde você pode encontrá-los pela internet. Mas, se quiser procurar, é um direito todo seu e não podemos impedir ninguém disto.

Mas o que a gente gostaria, encarecidamente, de pedir a quem viu estes spoilers, é que, por favor, NÃO os propague pela internet, e nem estrague a experiência de outras pessoas que optaram por esperar o jogo sair. Enquanto os hackers vazaram cronograma, algo que é totalmente alterável pela empresa, em especial porque AINDA estamos em meio a uma pandemia, ainda era tolerável e nós até noticiamos (com o aval da própria Capcom, que só nos pediu para não replicar IMAGENS). Mas estragar a experiência dos jogadores, vazando todo o jogo antes do lançamento, foi uma atitude lamentável demais.

E, claro, reforçamos mais uma vez: se encontrar dados vazados de funcionários da Capcom, que também tiveram suas informações expostas em meio a estes arquivos, por favor, NÃO passe adiante, não compartilhe, não torne públicos.

Para finalizar esta explicação, do motivo de não falarmos sobre os vazamentos, lançamos recentemente um vídeo no canal, que é uma CARTA ABERTA aos fãs. Por favor, veja o vídeo até o final para entender nosso ponto, e obrigada pela colaboração. ^_^

COMPARTILHAR
  • Caio Carvalho

    Tem que compartilha essa merda mesmo!!!
    jogos ruim troxe nada de novo para franquia pode excluir da saga q n faz falta!