RUMOR: Resident Evil 4 Remake estaria sendo “rebootado”?!

0
Resident Evil 4 Remake

Aviso: todas as informações contidas neste artigo, até serem confirmadas oficialmente pela Capcom, devem ser tratadas como rumores e especulações.

Para quem vem pedindo novidades a respeito do vindouro (porém ainda não confirmado oficialmente) Resident Evil 4 Remake, chegou o seu momento! E, dependendo de como você encara as coisas do desenvolvimento da franquia, as notícias podem ser boas ou ruins, então vamos explicar tudinho abaixo.

O site VideoGameChronicle trouxe, há cerca de quase um ano, a informação em primeira mão de que o Remake de Resident Evil 4 havia sido aprovado pela Capcom, e que estaria nas mãos do estúdio M-Two, que é, hoje, uma espécie de subsidiária da companhia. A M-Two é composta essencialmente de ex-funcionários da Capcom e da PlatinumGames (que por sua vez também era formada de ex-Capcoms, entre elas, Shinji Mikami), ou seja, é o famoso “tá tudo em casa”.

A M-Two é atualmente presidida por Tatsuya Minami, que inclusive já trabalhou em diversas produções da Capcom no passado quando participava do seu quadro de funcionários, entre estes títulos está Resident Evil Survivor e Resident Evil Zero, como produtor. Como subsidiária da Capcom, o primeiro projeto que a M-Two recebeu da empresa foi o desenvolvimento de Resident Evil 3 Remake, lançado em 2020, e que dividiu opiniões. Importante ressaltar, no entanto, que RE3 e Resident Evil Resistance, apesar de serem dois jogos lançados dentro do mesmo pacote, foram desenvolvidos por equipes diferentes (no caso do Resistance, pela NeoBards), mas ambos supervisionados por produtores da Capcom. Estes produtores foram Peter Fabiano (Devil May Cry 5) e Masachika Kawata (Resident Evil 7, entre outros).

Neste exato momento, a situação é a seguinte: ainda de acordo com o site VGC, que mais uma vez traz a informação em primeira mão através de suas fontes internas, o projeto de Resident Evil 4 Remake teve grande parte de seu desenvolvimento colocado agora nas mãos da Divisão 1 da Capcom. Isto significa, portanto, que a M-Two teve a sua participação drasticamente reduzida no projeto.

Jill Valentine em Resident Evil 3 Remake

“Acredita-se que os desentendimentos que levaram à redução do papel da M-Two envolvem o desejo do estúdio de seguir fielmente o jogo original, parcialmente influenciados pela repercussão do Remake de Resident Evil 3, que não incluiu partes significantes do jogo original do Playstation, o que desagradou muitos fãs”, conforme trecho retirado e traduzido diretamente do artigo do site VGC.

A maior crítica em cima de Resident Evil 3 Remake foi a retirada de cenários importantíssimos para a história e icônicos aos olhos dos fãs, em especial a Torre do Relógio (Clock Tower). Para mais detalhes a respeito de RE3 Remake, por favor, confira nossas análises nos links abaixo:

Análise de Resident Evil 3 Remake sem spoilers
Análise de Resident Evil 3 Remake com spoilers

Ainda de acordo com o artigo do site VGC, “a equipe de produção da Capcom, no entanto, teria dito preferir uma direção para RE4 Remake inspirada pelo jogo original, mas com peculiaridades nos atributos, elementos de história e ambientação não necessariamente focados em ser uma cópia do original, assim como foi feito com o Mr.X em RE2.”

Mr. X em Resident Evil 2 Remake

O Mr. X no Resident Evil 2 clássico, no caso, tinha uma participação mais curta e limitada somente aos cenários B de cada personagem. Em Resident Evil 2 Remake, no entanto, ele aparece nas primeiras e segundas jornadas de cada personagem e tem um papel muito maior, virando até um meme nas redes sociais e popularizando o inimigo. Muitas pessoas, inclusive, criaram muitas expectativas em cima do Nemesis no Remake do RE3 por causa do papel do Mr. X no novo RE2. Bom, nem preciso dizer o resultado, né?

A conclusão é que, de acordo com as fontes do VideoGameChronicle, Resident Evil 4 estaria agora sendo parcialmente rebootado, ou seja, estariam descartando e refazendo um monte de coisas nele. Sua data de lançamento, portanto, não seguiria mais o que vinha sendo dito, inclusive com os vazamentos de cronogramas da Capcom pelos hackers que realizaram aquele ataque de ramsonware no ano passado aos servidores da empresa. Sendo assim, acredita-se que RE4 Remake não saia antes de 2023. O site VGC tentou contato com a Capcom, que, em suas palavras, “se negou a comentar”.

Eles ainda ressaltaram em seu artigo que este tipo de desentendimento é comum durante os desenvolvimentos dos jogos dentro da Capcom, de acordo com as suas fontes. E quem acompanha entrevistas com produtores, em especial entrevistas que só estão vindo à tona agora, sabem que isto é verdade. Embates aconteceram entre Shinji Mikami e Hideki Kamiya durante o desenvolvimento do Resident Evil 2 clássico, assim como bate-bocas quentes entre Kamiya e o escritor Noboru Sugimura, contratado para dar um ar mais novelesco à franquia na época do desenvolvimento do RE2, o que levou o projeto a ser descartado depois de (cerca de) 60% pronto. Não se desesperem, não tem novidade nenhuma nisso. ^_~

Não deixe de acompanhar os “próximos capítulos” do diário de desenvolvimento de Resident Evil 4 Remake, então fique ligado aqui no site do Resident Evil Database e também em nosso canal no YouTube!

COMPARTILHAR