The Umbrella Chronicles | Files Traduzidos

Capítulo 2-1: The Mansion Incident


Diário do Guarda:

9 de Maio de 1998
Joguei pôquer à noite com Scott e Alias da Segurança, e Steve da Pesquisa. Steve foi o grande vencedor, mas acho que ele estava roubando. Trapaceiro.

10 de Maio de 1998
Um dos caras de alto nível me designou à tarefa de cuidar de uma nova criatura.
Parece um gorila sem pele. As instruções de alimentação eram para dar a eles comida viva.
Quando eu joguei um porco, a criatura pareciam brincar com ele… arrancando as pernas do porco e tirando as tripas antes de começar a comê-lo de fato.

11 de Maio de 1998
Por volta de 5 da manhã, Scott me acordou. Me assustou muito também. Estava vestindo uma roupa de proteção. Ele me trouxe uma e disse para vesti-la. Disse que havia ocorrido um acidente no laboratório subterrâneo.
Eu sabia que algo como isso aconteceria. Esses malditos da Pesquisa nunca dormem, nem aos feriados, então era só uma questão de tempo antes que um deles cometesse um deslize.

12 de Maio de 1998
Eu venho usando este maldito traje espacial desde ontem. Minha pele está ficando embolorada e eu sinto coceira por toda parte. Os malditos cachorros têm me olhado de modo estranho, então decidi não alimentá-los hoje. Que se danem eles.

13 de Maio de 1998
Fui para a enfermaria porque minhas costas estavam inchadas e coçam. Eles puseram um grande curativo e me disseram que não preciso mais vestir aquela roupa. Tudo o que quero fazer é dormir.

14 de Maio de 1998
Encontrei outra grande bolha no meu pé essa manhã. Acabei tendo que arrastar meu pé o caminho todo até o cercado dos cachorros. Eles estavam todos quietos hoje, o que é estranho.
Então notei que um deles havia fugido. Talvez este seja a resposta deles por eu não os ter alimentado nos últimos três dias. Se alguém descobrir, eu terei minha cabeça cortada.

16 de Maio de 1998
Rumores correm de que um pesquisador que tentou fugir da propriedade na noite passada foi baleado. Meu corpo todo está quente e coçando, e estou suando o tempo todo agora.
Eu arranhei o inchaço no meu braço e saiu um pedaço de carne podre. O que diabos está acontecendo comigo?

19 de Maio de 1998
Febre se foi mas coça. Hoje fome e comi comida de cachorro.

21 de Maio de 1998
Coça coça Scott veio cara feia então matei ele. Delicioso.
4 //
Coça. Delicioso.


Perfil de Jill Valentine:

Membro da Equipe Alpha dos S.T.A.R.S.. Ela tem muita destreza e é uma especialista em destrancar fechaduras, conquistando seu título incomum de “Mestre do Destrancamento”. Ela não apenas é altamente habilidosa em desarmar bombas, mas é excelente em lidar com qualquer situação e em determinar o melhor curso das ações. Seus anos de treinamento na Força Delta do Exército dos EUA a ajudaram fazer dela uma policial de qualidade.

Após a destruição da cidade de Raccoon, ela e Chris entraram para uma unidade particular de contenção biológica com o objetivo de derrubar a Umbrella de uma vez por todas. Séria, com um forte senso de justiça, ela é muito direta em suas ações. Ela tipicamente demonstra apenas seu lado forte para os outros, mas há momentos em que ela baixa sua guarda e mostra um lado mais delicado.


Perfil de Chris Redfield:

Membro da Equipe Alpha dos S.T.A.R.S., sua habilidade como bom atirador é No.1 entre os atiradores exímios que fazem parte do Alpha. Ele já foi piloto da Força Aérea Americana e foi rigorosamente treinado em combate corpo-a-corpo assim como em combate com facas. Perseguiu a Umbrella e as pessoas por trás dela até mesmo depois da tragédia de Raccoon, ajudando a organizar uma unidade particular de contenção biológica.

Um excelente observador com apurado discernimento, seu senso de certo e errado é inabalável. Isso muitas vezes é a causa de conflitos entre Chris e seus superiores. Ele tem uma irmã mais nova, Claire, com quem é muito protetor.


Perfil de Kenneth J. Sullivan:

Membro da Equipe Bravo dos S.T.A.R.S., é um veterano que pode trazer sua vasta experiência e sabedoria para suas investigações. Ele fica a cargo do reconhecimento e da segurança. Conseguiu chegar à mansão, mas logo foi atacado e se tornou refeição de um zumbi.


Perfil de Forest Speyer:

Membro da Equipe Bravo dos S.T.A.R.S., suas habilidades de exímio atirador quase rivalizam com as de Chris. Ele fugiu para a mansão, mas foi atacado por um monstro e morreu no terraço, onde seu corpo mais tarde foi encontrado.


Notas sobre os S.T.A.R.S.:

Serviço de Resgate e Táticas Especiais, ou S.T.A.R.S., foi fundado no Departamento de Polícia de Raccoon e é dividido em Equipe Alpha e Equipe Bravo. Este grupo de elite foi criado para reagir ao terrorismo, ao crime organizado e a emergências muito complicadas para a polícia normal resolver.

Entre seus membros há um grupo de especialistas selecionados a dedo, os melhores dos melhores. Seus patrocínios vieram em sua maioria de empresas privadas, sendo a mais notável a Corporação Umbrella.


Notas sobre a “Mansão” Complexo de Pesquisas Arklay:

Complexo de pesquisas da Umbrella construído no meio da Floresta de Raccoon. As instalações principais ficam bem ao subsolo, enquanto as duas partes da mansão que fica na superfície servem como uma fachada. A construção da mansão inclui um monte de armadilhas e dispositivos perigosos criados pelo arquiteto George Trevor.


Notas sobre o Cerberus:

O Cerberus é uma B.O.W. criada pela administração do T-Virus em grandes Dobermans usados no exército. Sua pele está severamente decomposta, apesar de sua velocidade e resistências serem consideravelmente aumentadas. Quando encontra sua presa, segue-a com outros cães em bando e eles a atacam repetidamente.

Eles são os suspeitos de serem a principal causa dos numerosos corpos mutilados encontrados na Floresta de Raccoon.


Notas sobre o Crimson Head:

Um zumbi que passou por uma súbita mutação, deixando-o com uma ferocidade que supera a do zumbi comum. O processo de mutação exige que o zumbi fique primeiramente inabilitado.

Neste momento, o tecido do corpo da criatura é reconstruído a nível celular, resultando em atividade renovada, além também de sua notável coloração avermelhada, que dá ao Crimson Head (Cabeça Escarlate) tal nome. Possui garras longas e afiadas e persegue a vítima incansavelmente com uma velocidade jamais vista em outros zumbis.


Notas sobre o Hunter:

O Hunter é uma B.O.W. de batalha criada a partir de um óvulo humano fertilizado misturado ao DNA de réptil, com ajuda do T-Virus. É extremamente mortal em combate e possui garras longas e afiadas. É inteligente o bastante para seguir comandos básicos e pode arranhar sua presa com assombrosa agilidade e pulos poderosos, fazendo-o ser verdadeiramente merecedor do nome Hunter (Caçador).


Notas sobre o Neptune:

Uma nova forma de B.O.W. criada usando o Grande Tubarão Branco como base. Foi desenvolvido como um experimento para provar que o T-Virus se combinaria bem com criaturas do mar.

No entanto, a introdução do T-Virus causou apenas um mínimo aprimoramento à força preexistente do tubarão, e o resultado dificilmente o coloca como uma verdadeira B.O.W.. No mar, não há inimigos para ele, mas em terra firme, ele não tem poder algum.


Notas sobre a Vespa:

Estas vespas foram infectadas em segundo grau pela ingestão de insetos portadores do T-Virus. Como resultado disso, elas tiveram grande crescimento. Essas vespas são insetos que vivem em sociedade que habitam colméias. Apesar de ser possível escapar de uma ou duas, qualquer vítima azarada ao ser atacada provavelmente se tornará presa de um grande número dessas criaturas quando elas atacarem em bandos.

Seus ferrões podem liberar grandes doses de seu veneno natural misturado ao T-Virus.


Notas sobre a Serpente:

Estas pequenas cobras venenosas foram infectadas em segundo grau pelo T-Virus, levando a uma mutação com habilidade avançada de atacar sua presa. Tem a habilidade de se multiplicar com incrível velocidade e seu já veneno potente foi depois aprimorado pelos efeitos do vírus. A picada da serpente também tem potencial para espalhar mais o T-Virus.


Notas sobre a Aranha (Web Spinner):

Uma nova B.O.W. desenvolvida de experimentos primários com artrópodes. Seu nome é derivado de suas origens como aranha, mas a criatura mutada agora usa seu veneno ácido para capturar a presa e não se prende mais em teias. Com suas habilidades aracnídeas de escalar paredes e tetos, levou-se em consideração como arma útil, mas a impossibilidade de exercer controle sobre ela encerrou a linha de pesquisa.


Notas sobre a Black Tiger:

Uma aranha dispensada da pesquisa que mutou e se tornou maior e mais mortal. Pode ser diferenciada de uma Web Spinner pelas marcas pretas em seu corpo. Sua habilidade de criar teias e ninhos voltou, funcionando como uma ferramenta adicional para encurralar presas grandes.


Notas sobre a Plant42:

A Plant42 foi criada acidentalmente durante o vazamento do T-Virus. Pesquisadores que descobriram a planta a estudaram com grande interesse, pois seu crescimento ultrapassava o de outras plantas.

Apesar de não poder mexer seu tronco, ela pode balançar seus cipós parecidos com tentáculos para agarrar presas e drenar o sangue delas como nutrientes. Ela também criou muitos outros mecanismos de autodefesa para se proteger de possíveis ataques.


Trecho do Relatório de Wesker sobre o Plano Tyrant:

Uma “Arma Biológica de Combate” altamente sofisticada – com inteligência, que obedeceria a ordens programadas e agiria como um soldado. Este era o monstro que tentávamos criar e o chamamos de “O Tirano” (“The Tyrant”).

Mas, desde o começo, havia um grande obstáculo – era quase impossível conseguir um indivíduo vivo na qual pudéssemos basear o Tyrant. A quantidade de seres humanos geneticamente aptos a Tyrant era extremamente limitada.

Isso é devido à natureza do “T-Virus”.

A variante do “T-Virus” ideal para criar zumbis e Hunters era adequada para a maioria dos humanos, mas causava danos cerebrais ao portador.

Para transformar o portador em um Tyrant, precisávamos manter certo nível de inteligência do portador.

Para resolver esta questão, Birkin buscou extrair uma variante que causasse menos dano ao cérebro quando adaptada perfeitamente ao portador.

Contudo, humanos com um código genético compatível com esta variante eram extremamente raros.

O relatório de simulação da equipe de Análise Genética nos informava que apenas um em um milhão seria infectado e se transformaria em um Tyrant, com o restante se tornando zumbis.

Talvez fosse possível desenvolver um tipo mais progressivo do T-Virus, que transformasse mais humanos em Tyrants.

Contudo, para levar a pesquisa adiante, primeiramente precisávamos de cobaias humanas com perfeita compatibilidade genética à nova variante.

Havia poucas chances de que tal espécime nos fosse fornecida, porque mesmo se procurássemos nos Estados Unidos inteiros, só conseguiríamos encontrar aproximadamente 50 deles.

De fato, naquele momento, mesmo com todos os esforços, só conseguimos coletar uns poucos espécimes com compatibilidade aproximadamente.

Desde o começo, nossa pesquisa estava estacionada.


Correspondência para o Chefe de Segurança:

CONFIDENCIAL
A/C: Chefe da Segurança
Data: 22 de Julho de 1998 2:13

O Dia X está se aproximando. Execute os seguintes procedimentos dentro de uma semana. Ações imediatas são exigidas.

  1. Atraia os S.T.A.R.S. para a propriedade, e obtenha material de dados de combate das B.O.W.s contra os S.T.A.R.S..
  1. Colete dois embriões de cada espécime mutada como amostras, exceto o Tyrant. Livre-se do Tyrant.
  1. Garanta completa eliminação do Laboratório Arklay, incluindo toda a equipe e os animais de teste. Disfarce suas mortes como tendo sido acidentais.

Quando os procedimentos acima forem executados, relate ao quartel-general para novas instruções.


Carta do Pesquisador:

8 de Junho de 1998

Minha queridíssima Ada,

No momento em que você ler esta carta, eu já não serei mais a pessoa que você um dia conheceu. Os resultados de meu teste saíram hoje, e como eu suspeitava, deram positivos.

Sinto que estou oscilando na beira da razão, só pensando em meu destino iminente. Eu daria qualquer coisa para não me tornar um deles.

Até onde eu sei, você não está infectada. Sinceramente espero que as coisas não cheguem a um ponto desesperador, mas se por um acaso você for agora a última pessoa viva restante, quero que pegue o material da Sala de Dados Visuais.

Então, ative o Sistema de Autodestruição na Sala de Controle, e fuga daqui. Por favor, faça tudo o que estiver no seu poder para trazer à tona este acidente.

Se tudo estiver funcionando normalmente, você conseguirá liberar as trancas usando o Sistema de Segurança.

Eu configurei o terminal na pequena sala de segurança para que você possa entrar no sistema usando meu nome e o seu nome como senha.

Você precisará de uma outra senha para abrir a porta no Porão Nível Dois onde está localizada a Sala de Dados Visuais.

Como medida de segurança, eu codifiquei esta senha em uma imagem de raio X; uma radiografia. Eu te conheço, e tenho certeza que você conseguirá resolver isso sem problemas.

Há somente mais uma coisa… e este é o meu último pedido. Espero que você nunca tenha que me ver neste estado, mas se acontecer de você me encontrar em minha forma oculta, eu imploro que me tire deste sofrimento. Espero que compreenda.

Obrigado, Ada.

Atenciosamente,
John


Notas sobre a Chimera:

Esta grotesca B.O.W. foi criada pela combinação dos genes de um ser humano com os de uma mosca. Apesar da forma geral ser humanóide, ele possui várias características de mosca, como a habilidade de andar nas paredes e suas garras afiadas.

Sua inteligência é equivalente a de um inseto, e seu corpo contém numerosas partes em decomposição. Sua aparência provoca medo nos humanos que a vêem.


Notas sobre o Tyrant (T-002):

Um produto do Complexo de Pesquisas de Arklay, a forma de vida mais poderosa, baseada na estrutura do corpo humano masculino. Suas proezas de combate é o maior entre as B.O.W. e ele foi nomeado com o vírus que o criou. Possui faculdades mentais para executar ordens e é extremamente durável.

Ainda havia problemas quanto aos mecanismos de controle, portanto eram necessários dados de combate contra oponentes reais para fazer aprimoramentos futuros. Se ele sente que sua vida está em perigo, removerá seu limitador de poder e se transformará em um Super Tyrant ainda mais poderoso.


Notas sobre B.O.W.:

Uma Arma Biológica Orgânica, ou B.O.W., é um organismo modificado usando o poder do T-Virus desenvolvido pela Umbrella. Há numerosas variedades de B.O.W.s todas desenvolvidas para diferentes objetivos, de combate a contaminação viral. Considerado a melhor das B.O.W.s está o humanóide Tyrant.

B.O.W.s incluem todas as armas orgânicas criadas intencionalmente pela Umbrella, mas não incluem monstros criados como resultado de infecção secundária pelo T-Virus.


Resident Evil Resumo 1:

A Equipe Bravo dos S.T.A.R.S. foi enviada para investigar a causa dos assassinatos cruéis que estão acontecendo nas Montanhas Arklay, mas todo o contato com eles foi perdido durante a missão.

A Equipe Alpha foi então mandada para investigar.

Enquanto procuravam por seus colegas, a Equipe Alpha foi atacada por monstros e foi forçada a correr para dentro de uma mansão misteriosa.

Os sobreviventes, Chris, Jill, Barry e Wesker continuaram a busca pela Equipe Bravo, mas descobriram que a maioria deles já havia sido morta por zumbis.

A mansão estava cheia de portas com armadilhas e estranhos dispositivos e abrigava monstruosos cães, corvos, aranhas e plantas sugadoras de sangue. Os mistérios acerca da velha residência vinham à tona enquanto a equipe lutava contra seus habitantes malignos.

A mansão se revelou como sendo uma fachada para um complexo secreto de pesquisas da Umbrella. A Equipe Alpha conseguiu localizar os sobreviventes da Equipe Alpha – Rebecca, Richard e Enrico – Mas Richard morreu pouco depois e Enrico foi assassinado enquanto tentava alertá-los sobre um traidor entre eles.


Resident Evil Resumo 2:

Jill e Chris seguiram pelo subsolo da mansão e encontraram o moderno complexo de pesquisas da Umbrella.

Eles encontraram Wesker na câmara de cultivação e descobriram que ele era o traidor. Sendo um ex-pesquisador da Umbrella, ele viu no acidente biológico a oportunidade de atraí-los para a mansão e coletar dados da efetividade das armas biológicas contra soldados altamente treinados. Wesker também tinha planos futuros de trair a Umbrella.

Com o incrível poder do Tyrant completo em suas mãos, ele não precisaria mais seguir as ordens dos outros.

Contudo, depois de libertar o Tyrant, este atacou e perfurou o corpo de Wesker com sua garra gigante.

O Tyrant perseguiu Jill e Chris, enquanto um mecanismo de autodestruição era inicializado. A dupla fez contato com Brad, o piloto do Alpha, e seguiram para o helicóptero para fugir.

O Tyrant os seguiu e começou a se aproximar deles a cada passo.


Perfil de Brad Vickers:

Membro da Equipe Alpha dos S.T.A.R.S.. Ele fica responsável pelos produtos químicos e também trabalha como piloto do helicóptero da equipe. Ele é conhecido por sua covardia, traço mais notável demonstrado quando ele fugiu e deixou sua equipe correndo risco de morte na mansão. Sua consciência culpada acabou forçando-o a voltar para tentar salvar os sobreviventes que restavam.

Apesar deste único momento de coragem, ele nunca conseguiria mudar sua verdadeira natureza. Por fim, ele foi perseguido e morto pelo Nemesis.